Bolsonaro lembra que cartórios têm 24 horas para informar casos de óbitos

Sancionada no último dia 18 de junho, a nova lei 13.846/19 (Combate à Fraude) determina que os cartórios devem informar a relação de óbitos até 24 horas após seu registro. Antes esse prazo era de 40 dias.

O presidente Jair Bolsonaro aproveitou para lembrar os cartórios desse prazo, lembrando que com o prazo anterior, pelo lapso de tempo, o falecido tinha depositado em sua conta mais 2 salários. De acordo com o presidente, a nova lei tem uma previsão de gerar uma economia de R$ 1,7 bilhão ao ano.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. paulo disse:

    BG
    Atendimento ao público PÉSSIMO poucos funcionários atendendo, serviços CARÍSSIMOS. Aqui mesmo em Natal tem um que nem parece ser um cartório, agora o dono todo boçal anda esbanjando em veículos de alto luxo e o cidadão pagando essas benesses destes indivíduos, tem que acabar com essa farra.

  2. Tarcísio Eimar disse:

    A única coisa q cartório faz em menos de 24h e cobrar e arrecadar

COMENTE AQUI