‘Bolsonaro não entendeu que alguns quadros são suprapartidários’, diz deputado do Centrão sobre saída de Levy

O presidente da Comissão Especial da Reforma da Previdência, deputado Marcelo Ramos (PR-AM), afirmou neste domingo, 16, que a demissão de Joaquim Levy do BNDES joga contra os interesses do País. Embora reforce que não haverá impacto na tramitação da reforma da Previdência, Ramos afirmou que o episódio desconsidera o fato de que há quadros capazes de contribuir com qualquer governo.

“O presidente Bolsonaro não entendeu que alguns quadros são suprapartidários. Eles não contribuem com um ou outro governo. Contribuem com o País”, disse Ramos ao Broadcast Político, por telefone. “É uma pena. No fim das contas, quem perde é o Brasil”, emendou.

Ramos afirmou que o Congresso seguirá trabalhando para “blindar a pauta econômica” e impedir que eventuais crises no governo Bolsonaro impactem na tramitação de projetos importantes, entre eles a reforma da Previdência.

Estadão Conteúdo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ricardo disse:

    Ainda bem que esse Levi caiu fora!
    Passou pelo PT fica batizado, so tem corruptos e demagogos

  2. Antônio disse:

    E o que é que ele entende?

  3. Lino disse:

    Não vai ter problema nenhum.
    Qualquer coisa, chama o Meirelles!
    Kkkkkkk

  4. Amo os Minions disse:

    Brasil acima de tudo!? Nada de viés ideológico hehehehe

    • Walsul disse:

      Certo lindo, mas dia 30 vamos apoiar o moro e a lava jato

    • Amo os Minions disse:

      Vai lá lindo! Apoie para depois podermos zoar com a cara de vocês hehehehe. Permanece a ideologia da conveniência para depois repetirem a frase "não tenho bandido de estimação", só há uma quadrilha bem articulada. O governo agora, enquanto não houver mudança de partido, é do PSL e seus olavídes. Lula está preso huhuhuhu!

  5. Patrulha do Vaporwave disse:

    O Levy que não entendeu o que o PR Bolsonaro quis. CAIXA PRETA do BNDES!!

COMENTE AQUI