Bolsonaro rebate matéria sobre aumento de gastos do cartão corporativo

Jair Bolsonaro foi ao Twitter neste domingo rebater a matéria do Globo, repercutida  neste site, sobre o aumento de 24% nos gastos do cartão corporativo da Presidência da República.

“Os gastos com cartões incluem as despesas do Presidente e do Vice. Como Temer não tinha Vice, obviamente no meu governo os gastos são um pouco maiores”, afirmou.

Como publicamos, os gastos no cartão de Bolsonaro estão na mira da ala bivarista do PSL. Depois que o presidente defendeu que seja aberta a “caixa-preta” do partido, Delegado Waldir e outros parlamentares ligados a Luciano Bivar cobraram transparência em relação aos gastos do cartão.

O ANTAGONISTA

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Márcio disse:

    Onde estão os números oficiais dos gastos com cartão corporativo durante os anos de 2010 a 2016 QUANDO A PUBLICAÇÃO DESSES GASTOS FOI PROIBIDA?
    Até onde se tem OFICIALMENTE informação dos GASTOS com CARTÕES no período de 2010 a 2016, NÃO HAVIA CONTROLE DE QUEM POSSUÍA O CARTÃO, muito MENOS quanto ERAM OS GASTOS.
    Repentinamente, do nada, aparece uma notícia do ISENTO GRUPO GLOBO sugerindo que os gastos com cartão corporativo aumentou? Cadê as provas? Qual a fonte se não tem esses números oficiais durante 06 anos?
    Essa é a diferença, uns são amantes desesperados da mentira e delas fazem alimento, outros tem compromisso com o Brasil e a verdade

  2. Marcia disse:

    Esse é o tal do "mito". Realmente, vai ficar na história como um grande fiasco…

    • Miguel disse:

      O fiasco, ou melhor, chefe da maior quadrilha da história, está preso em Curitiba.

COMENTE AQUI