Diversos

Cabo da PM invade Governadoria em Natal, diz que não sairá do local e inicia greve de fome

Um cabo da Polícia Militar, em ato de desespero, invadiu a sede da governadoria, no Centro Administrativo em Natal nesta sexta-feira(05) e informa que está iniciando uma greve de fome. E que não sairá do local enquanto uma solução definitiva da categoria não forma tomada.

Em áudio emocionado que circula no Whatsapp, o cabo desabafa fala: “Estou aqui por vocês, por mim e pela minha família. Tenho dignidade e exijo respeito do Governo”.

Por fim, o cabo da PM fala em um outro áudio que não admite mais nenhum companheiro de farda morrer “por conta da injustiça do sistema, por conta dos governos e autoridades que fazem vista grossa”.

No início desta manhã, servidores foram surpreendidos com policiais cercando o acesso da governadoria, em solidariedade ao companheiro que invadiu o local. Situação depois foi normalizada.

 

Opinião dos leitores

  1. Polícia Militar prorroga suspensão de cursos de formação até 30 de abril
    Além da adaptação de algumas disciplinas à modalidade EAD, os alunos dos Cursos de Formação foram atingidos pela suspensão das aulas presenciais
    Quando a PM parar por falta de pagamentos e salários atrasados não venha governadora em cima de uma escavadeira pedir para voltar , pois estes cursos era a única esperança e motivação da tropa. E se ameaçar a TROPA PARA .
    Manutenção do calendário de promoções a PM do RN merece .

  2. Não faço parte de nenhuma das forças de segurança, nem tenho parentes nas mesmas. Porém todos os dias acordo pensando nesses pais de família que estão há pelo menos 1 mês sem receber seus salários. Penso em como estão sanando os débitos com os cartões, a escola dos filhos, o aluguel, o combustível do automóvel, e por fim a alimentação de suas famílias. Penso nos mais de 500 milhões que dispõe em caixa oTJRN, dinheiro esse de nós contribuintes e que ultimamente tem servido para fazer a farra dos já esnobes de nossa digníssima justiça. Sou um cidadão que estou revoltado com o que tenho visto e, que mesmo prejudicado pela falta de policiamento nas ruas apoio as atitudes desses homens e mulheres que todos os dias saem de suas casas e, que muitas vezes das suas vidas para proteger a sociedade. Em 2018 não vamos eleger esses senadores que aí estão, esses Deputados federais e estaduais. O poder de fazer diferente está em nossas mãos…

  3. Sabemos que a situação é grave, mas não pode perder a razão, está se tentando uma solução e ela virar, estou em situação semelhante, pior são os que estão ameaçados de demissão. Calma tudo passa.

  4. Enquanto uns não tem o que comer, outros ganham 4700 de auxílio moradia. Mas o TCU e o MPF estão lá em Brasília, só no bem bom.

  5. Ao corpo político do RN pedimos que cumpram suas obrigaçoes , a justiça do RN pedimos que horrem e cumpram a lei. CVS todos sao nossos empregados, façam-se cumpridores de suas tarefas… Cumpram a Obrigaçao que lhe fui posta com justiça, pq o que vcs estao fazendo com os servidores é de uma magnitud tao grave que muitas cabeças vao rilar. Olha o GCR está na porta de entrada, segura-se vcs politicos e gestores de todas as amplitudes estao encurralados sem saida. .. Lamento por vcs serem estas bostas que nos envergonharam. .. Vai todos ser condenados 1 por 1 aguardem faltam pouco pra vermos estes bandidos no xilindro e outros mortos. Se ex príncipes estao sendo mortos imagine estes politicos ladroes vagabundos. Intervençao militar ja. GCR fazendo a varredura.

    1. Como se um competente tivesse uma carinha de condão e gerasse 500 milhões na hora…

    2. O governo poderia economizar dispensando o verdadeiro exército de fakes que povoam as redes sociais defendendo o governador e tentando dividir com as demais autoridades a sua completa incompetência.

  6. Os trabalhadores e a sociedade apoiam a luta dos policiais civis e militares por melhores condições de trabalho e dignidade, agora os outros trabalhadores que também estão passando pelo mesmo problema só pedem a esses policiais, que muitas vezes partem com extrema violência contra outras classes de trabalhadores quando estão nos seus direitos de também buscar o melhor para sua classe, que reflitam e vejam que quem manda bater nos outros trabalhadores são esta classe de privilegiados que estão sempre no poder e mamando do dinheiro do Estado. Somos todos trabalhadores e merecemos respeito também.

  7. Total desrespeito do governo para com aqueles que arriscam a vida para defender a sociedade.
    E eles fazem isso em troca de um salário miserável, que está deixando de ser pago.

  8. Sabe o que se chama isso? Desespero por ter não ter dinheiro para ele pagar as suas contas e nem colocar o pão na sua mesa, para esse policial falta o básico. Imagino o estado de nervos dessa classe, que já trabalha no limite, por ter não ter condições dignas de trabalho e muito menos humana, pois lhes é negado tudo isso e muito mais, e quem paga o preço mais alto é a sociedade como um todo, pois o Governador e sua família está rodeado de seguranças por todos os lados e onde quer que eles vão, e tudo pago com o dinheiro do povo, pois não é pago com o dinheiro dele não. É lamentável que isso esteja ocorrendo com esse policial, talvez ele tenha acordado hoje sem ter o que comer na sua mesa, talvez a sua despensa esteja vazia, as suas contas todas atrasadas, água e luz cortadas quem sabe até, ninguém sabe o que passa um ser humano desse por não ter como cuidar de si e de sua família, aí ele não tem a mínima condição psicológica de cuidar da segurança de uma sociedade que vive com medo de tanta violência. Continuo sem acreditar, assim como tantos outros que não é falta de dinheiro não, é falta de gestão, é falta de fazer o necessário e cortar drasticamente o desnecessário. Acorda RN! Acorda Brasil! Estamos em um DESgoverno por todas as partes. Total apoio a esse policial que se encontra em desespero, pois um ato desse é de quem está profundamente descontrolado emocionalmente pelo dano que o Estado lhe causou, essa é a mais pura verdade. Fico indignado, revoltado, por ver que esse cidadão está passando por isso, não sei nem quem é, mas é um homem que foi posto pra nos defender e hoje é ele quem tá precisando de defesa e de nosso apoio.

  9. Tem policial armado na Governadoria. Os funcionários estão sendo avisados pelas redes sociais para nao não se dirigirem ao local.
    Situação caótica. Acabou o diálogo. Governo perdendo o controle da situação.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Joice Hasselmann anuncia saída do PSL e diz que partido se ‘prostituiu’

Foto: Agência Brasil

Ex-líder do governo e atual opositora do presidente Jair Bolsonaro, a deputada Joice Hasselmann (SP) decidiu agora romper também com seu partido, o PSL. A parlamentar, que foi a candidata à Câmara mais votada do País em 2018, diz que o presidente da sigla, deputado Luciano Bivar (PE), entregou novamente a legenda para Bolsonaro “em troca de um cargo na Mesa Diretora da Câmara”. “Para mim, o nome disso é prostituição”, disse Joice em entrevista exclusiva ao Estadão/Broadcast.

Bivar foi alçado ao posto de 1.º secretário da Câmara ao apoiar a eleição de Arthur Lira (Progressistas-AL), nome do Palácio do Planalto ao comando da Casa. “Eu não posso estar em um partido amorfo que virou um balcão de negócios”, afirmou a parlamentar, que disputou a eleição para a Prefeitura de São Paulo em 2020 representando o partido.

Aliada do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), a deputada não revela para qual sigla deve ir: “Tenho três propostas muito interessantes. Não vou fazer leilão”.

A parlamentar pretende protocolar nesta segunda-feira, 14, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), um pedido de desfiliação por “justa causa”.

Por que a sra. decidiu sair do PSL?

Estou saindo de mala e cuia. É uma decisão que já tomei há tempos. Não posso estar em um partido amorfo, que virou um balcão de negócios. O PSL hoje é um partido que se entregou ao bolsonarismo, ao próprio presidente da República, para que o presidente da legenda (Luciano Bivar) ganhasse um cargo na Mesa Diretora da Câmara. Para mim, o nome disso é prostituição. Não é uma questão de ter mudado de lado por bandeiras políticas. É um partido de cacique. Acabou isso de ser um partido liberal, de que quem manda é a bancada. É tudo mentira.

O PSL foi algum dia isso, uma legenda liberal que ouvia a bancada?

Quando eu estava lá, como líder, era mais animado. Eu me impunha como líder do governo (na Câmara) para o próprio presidente, mas a duras penas. Formamos um grupo chamado “PSL Raiz”. Era equilibrado, meio a meio. De um lado “Raiz” e de outro “Bolsonaristas”, os loucos radicais. Depois deu uma virada e ficamos em um número muito menor, porque o governo cooptou, dando emenda, cargo, e o presidente do partido ofereceu mundos e fundos, milhões de fundo eleitoral para a próxima eleição. O pessoal foi tudo no barquinho lá do trem da alegria.

Como foi essa negociata?

O governo não interferiria e ajudaria a eleger o Bivar na Mesa (da Câmara). Major Vitor Hugo (deputado alinhado a Bolsonaro) seria candidato contra o Bivar (para o cargo de 1.º secretário), mas ele retirou a candidatura em troca de entregar a liderança do PSL dentro da Câmara. Ele (Bivar) entregou (o cargo de líder da sigla) para um capacho do presidente da República, um cupincha, colocou os radicais mais ensandecidos nas principais comissões. Cerceou o microfone, que é a alma de qualquer parlamentar de verdade. Agora, eu tenho essas pessoas que me perseguiram, que fazem parte do gabinete do ódio, comandando o partido.

Quem são essas pessoas?

Major Vitor Hugo (GO), Bia Kicis (DF), Carla Zambelli (SP). Esse time, que na verdade são todos asseclas do Eduardo Bolsonaro (SP), um apêndice do pai. O PSL está condenado a ser o mesmo partidinho que começou, uma legenda de aluguel.

Sair do partido agora não é deixar as portas abertas para Bolsonaro voltar a se filiar?

Todo mundo diz que, até então, fui o paredão que impediu a volta do Bolsonaro, porque ele sempre exigiu minha saída. Só que legalmente o partido não tem como me expulsar porque eu só defendi a legenda. Mas eu não posso transformar a minha atuação parlamentar em muro para picareta. Se eles querem legalizar a picaretagem, legalizem, eu vou atuar contra isso. Mas não posso estar em um ninho de escorpião.

Bolsonaro volta para o PSL?

Acho que não, mas tudo é possível. O desenho que estou vendo é colocar um vice. O que o Bolsonaro quer? Dinheiro, fundo partidário.

A sra. comunicou o partido sobre seu pedido de saída?

Não. Minha última conversa com Bivar foi quando eu saí do grupo de WhatsApp, dia 6 de março. Foi uma longa troca de mensagens no grupo “Raiz”. Eu fui para cima dele por essas negociatas e disse que o que ele fez foi entregar a cabeça dos que defenderam o partido em troca de um cargo. Ele me disse que as portas estavam abertas para mim.

A sra. já sabe para qual partido deve ir?

Tenho três propostas muito interessantes. Não vou fazer leilão. Tenho conversado sobre o que eu posso contribuir com essa nova legenda porque quero fazer um trabalho de capacitação nacional para mulheres, de graça e independentemente dela estar filiada ou não. Ter uma legenda que proporcione estrutura para isso é importante. Preciso ter um alinhamento com um partido de centro-direita ou uma direita racional.

Quais são os critérios para escolher o novo partido?

Não pode ser de esquerda e quero um posicionamento claro de que esse partido não estará com Bolsonaro nem com uma arma na cabeça. Eu sou liberal de cérebro, com uma alma do progressismo europeu, muito diferente do progressismo nosso. É aquele da Angela Merkel (primeira-ministra da Alemanha).

Como a sra. avalia hoje a atuação do governo?

O presidente, hoje, paga aluguel para ser presidente. Esse aluguel, na negociação, se você somar todos os cargos, espaços públicos, custou R$ 200 bilhões (soma dos Orçamentos de órgãos públicos comandados por siglas do Centrão). Só que essa grana é pública e essa teta pode secar. Quando não tiver mais dinheiro para pagar o aluguel, o impeachment vem, porque em qualquer país sério já teria vindo.

Se tivermos Bolsonaro e Lula no segundo turno em 2022, de que lado a sra. fica?

É a mesma coisa que se você perguntar “quer tomar cicuta ou veneno de cobra?”.

Anula o voto?

Sempre fui contra isso, mas é uma possibilidade. Não posso optar por arrebentar meu País. Precisamos desaguar todos os votos da direita, que não seja extrema, até a centro-esquerda em um único nome. Existe sim a chance de uma terceira via. Esse governo vai continuar fazendo lambança. Veja o que o Bolsonaro fez em dois anos e meio. Nós falamos do governo do PT 14 anos. Vamos fazer uma projeção exponencial, já pensou ele 14 anos no poder? Acabou o País. Só não virou Venezuela isso aqui porque é grande. Se fosse pequeno, ele já teria dado um golpe.

A sra. já defendeu antes o voto impresso, continua defendendo?

Já defendi muito, mas, hoje, eu acho uma furada.

O que a fez mudar de ideia? E por que Bolsonaro quer tanto?

A eleição dos Estados Unidos e toda aquela judicialização. Imagina aqui? Não vai acabar a eleição nunca. Vai virar uma loucura. Bolsonaro quer judicializar e fazer voto de cabresto. Para uma democracia que ainda é jovem, como é no Brasil, com essa loucura de fake news, é complicado.

A sra. já foi crítica dos movimentos feministas. Sua visão mudou desde que chegou à Câmara?

Acabei sempre tendo preconceito com o feminismo porque sempre foi abraçado como uma pauta de esquerda. Acabou que esse recorte fez meu julgamento todo, mas quando você volta na linha do feminismo, a liberdade da mulher, a questão do voto, os espaços de poder e avança um pouco vê que é uma coisa sensacional se tirar a ideologia. O que precisamos é tirar a ideologia, dane-se se é direita ou esquerda, não interessa. O que interessa é trabalhar por mulheres nos espaços de poder e dar liberdade econômica. Nós, mulheres, que chegamos nos espaços de poder, como eu, Tabata Amaral, Benedita da Silva, temos uma obrigação que é tornar o caminho das que vêm mais fácil.

Estadão

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Arena das Dunas mantém padrão de excelência na sua segurança

Manter o padrão de excelência na segurança da Arena das Dunas é um desafio. Porém, extremamente necessário. E tem sido com muita dedicação, profissionalismo e parcerias que o trabalho de manter um ambiente seguro vem se concretizando desde a sua fundação. A Arena conta com um plano de segurança integrado ao plano de reposta e emergência, atrelado a equipamentos modernos de monitoramento, bem como também com sua própria equipe patrimonial. A estrutura também contribui na formação de novos profissionais de segurança pública.

VÍDEO ABAIXO:

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Com 38 esposas e 89 filhos, indiano com ‘a maior família do mundo’ morre aos 76 anos

Foto: Reprodução/Twitter

Morreu no domingo o indiano Ziona Chana, aos 76 anos. Conhecido como líder de uma seita que prega a poligamia, ele tinha 38 mulheres, 89 filhos, 36 netos e um bisneto, e era apontado no país como o “pai da maior família do mundo”. A informação foi confirmada pelo ministro-chefe do estado de Mizoram, Zoramthanga, no Twitter. Ele lamentou o ocorrido e ressaltou que a região se tornou uma atração turística por causa de Chana e sua família.

Segundo o jornal India Today, Chana estava doente desde o dia 7 de junho e tinha problemas crônicos de saúde, incluindo diabetes e hipertensão. O idoso teria ficado inconsciente no dia 11 de junho, quando foi constatado que precisaria de uma transfusão de sangue urgente. Ele foi então internado em um hospital, e morreu por volta das 15h.

O grupo já chegou a ser formada por mais de 180 pessoas e se tornou uma sensação no país, marcando presença em programas de televisão. Apesar do título, não há registro oficial de qual seria a maior família do mundo.

Segundo a imprensa local, todos vivem juntos em uma casa de quatro andares e cem quartos chamada “Chuuar Than Run”, ou Casa da Nova Geração, na vila Baktawng Tlangnuam, a cerca de 55 quilômetros da capital de Mizoram, Aizawl. Todas as mulheres compartilhavam um dormitório próximo do que era o quarto privado de Chana. Segundo a Reuters, Chana nasceu em 1945 e conheceu sua primeira mulher, três anos mais velha, quando tinha 17 anos.

A seita Chana Pawl tem cerca de 2 mil seguidores e todos vivem ao redor da casa. O grupo foi fundado pelo avô de Chana em 1942.

O Globo

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clima

Instituto Nacional de Meteorologia emite alerta amarelo de baixa umidade para 71 cidades do RN

 Foto: Reprodução/Inmet

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta amarelo de baixa umidade, com grau de severidade “perigo potencial”, para 71 cidades do Rio Grande do Norte. O alerta começou às 12h é válido até 18h desta segunda-feira (14).

Segundo o órgão, a umidade relativa do ar deve variar entre 30% e 20%, que causa baixos riscos de incêndios florestais e riscos à saúde. Como precaução, o Inmet indica que se beba bastante líquidos, que se evite o desgaste físico e exposição nas horas mais secas e quentes do dia.

Em caso necessário de apoio, a recomendação é acionar a Defesa Civil (telefone 199) ou o Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Além do Rio Grande do Norte, a baixa umidade atinge parte da Paraíba, Pernambuco, Bahia, Piauí e Ceará.

Veja cidades do RN AQUI em reportagem do G1-RN.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

FOTOS: Ação Pela Vida SESI vacina industriários em Natal registra mais de 120 da Guararapes imunizados nesta segunda-feira

Fotos: Divulgação

Em apenas 1 hora, 120 funcionários da Guararapes foram atendidos e receberam a primeira dose do imunizante contra a Covid-19, na manhã desta quarta-feira, 14, no posto de atendimento do projeto Ação Pela Vida, promovido pela FIERN, SESI, SENAI e IEL, no Ginásio do SESI Clube, em Natal. A vacinação dos industriários, teve início na sexta-feira passada, 11 e está disponível exclusivamente no posto de atendimento do projeto Ação Pela Vida, no SESI-RN, para pessoas a partir dos 45 anos.

Para Maria Elisabeth Cruz de Carvalho, 54 anos, funcionária da Guararapes há 24 anos, que atualmente trabalha na área de controle de qualidade, o momento era de felicidade. “Glória a Deus! Fiquei sabendo na sexta-feira, quando a encarregada falou com a gente. É uma felicidade muito grande”, disse ela que é a primeira vacinada da família.

Apesar da timidez e das poucas palavras, Sidatan Félix da Silva, 49 anos, não escondia a felicidade em receber a primeira dose. Funcionário da Guararapes há 17 anos, também foi informado com antecedência sobre a oportunidade de se vacinar contra a Covid-19. “Eu já estava na expectativa, agora é só aguardar a segunda dose”, disse.

O Plano de Vacinação Contra a Covid-19 da Indústria Potiguar, elaborado pelo programa Mais RN, assegurou as informações e dados necessários para a parceria — entre FIERN, Prefeitura de Natal e Governo do Estado — que garantiu o início da vacinação dos trabalhadores da indústria. Para o planejamento da imunização dos trabalhadores do setor, foi desenvolvido um detalhado atlas da indústria do Rio Grande do Norte, com quantitativos por municípios, números de colaboradores e segmentação por faixa etárias, gênero e o código CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas) das empresas industriais. Esse código é importante neste levantamento para a programação da vacinação, porque comprova que a empresa está registrada como atividade empresarial.

Os trabalhadores das indústrias são reconhecidos oficialmente como prioritários no PNI (Plano Nacional de Imunização). Mas, para que sejam incluídos entre os grupos que são vacinados prioritariamente, a imunização deve ser planejada e as doses estarem asseguradas na programação do Estado, que faz a distribuição, e dos municípios, que aplicam as vacinas. “O industriário é considerado prioritário na política nacional de vacinação do Ministério da Saúde. Com esses documentos, os municípios podem planejar se têm as condições para vacinar, definindo a faixa etária e como pode avançar nesta programação”, diz Pedro Albuquerque, assessor técnico do Mais RN.

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Mossoró vacina pessoas com 49 anos ou mais sem comorbidades

Mossoró avança na vacinação de mais uma faixa etária. A partir de agora, pessoas com 49 anos ou mais sem comorbidades já podem receber a primeira dose do imunizante no ginásio do Sesi. Abaixo o anúncio no Instagram da Prefeitura:

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Introdução de bactéria no Aedes aegypti reduz em 77% transmissão de dengue na Indonésia

Foto: frank600/Getty Images

Cientistas que estudam uma abordagem promissora contra a propagação do vírus da dengue acabam de obter resultados animadores. No teste mais completo realizado até agora, a transmissão da doença foi reduzida em 77% em uma cidade da Indonésia após a introdução de mosquitos infectados com uma bactéria do gênero Wolbachia.

A dengue chega a nós a bordo de fêmeas do mosquito Aedes aegypti e infecta de 100 a 400 milhões de pessoas a cada ano, principalmente em regiões tropicais e subtropicais do planeta (como o Brasil). A doença não tem um tratamento específico, e a vacina é recomendada apenas para quem já foi infectado antes.

Uma iniciativa que tenta combater o problema é o projeto australiano World Mosquito Program (WMP). Eles desenvolveram uma abordagem experimental para combater a propagação da dengue, que consiste na introdução da bactéria Wolbachia em mosquitos Aedes aegypti.

A bactéria retarda a reprodução do vírus da dengue no organismo do mosquito. Melhor ainda é que ela é passada de geração em geração: uma vez introduzida na população, todos os Aedes nascerão com ela. Assim, é menos provável que o inseto se transforme em um vetor da doença e a transmita para nós.

Os cientistas infectam os mosquitos e os liberam em locais de teste. Eles já realizaram esse experimento em vários lugares – como aqui no Brasil e em Queensland, na Austrália (onde a dengue foi basicamente erradicada). Mas o sucesso na Indonésia foi inédito.

“Este resultado demonstra como a Wolbachia pode ser uma descoberta empolgante – uma nova classe de produto segura, durável e eficaz para o controle da dengue é exatamente o que a comunidade global precisa”, disse o pesquisador Cameron Simmons, diretor do Centro da Oceania no WMP.

A cidade de Yogyakarta, de 26 km2, foi dividida em 24 regiões pelos pesquisadores. Entre março e dezembro de 2017, eles introduziram mosquitos infectados com a Wolbachia em 12 desses grupos – chamados de grupos de intervenção. Os outros 12 grupos não receberam os Aedes aegypti infectados e se tornaram grupos de controle – que servem para fins de comparação com os grupos de intervenção.

A Indonésia registra cerca de 8 milhões de casos de dengue por ano – por lá, a doença é endêmica. Em todos os grupos de estudo, as medidas locais de controle de mosquitos não foram interrompidas durante a pesquisa.

Ao longo de 27 meses após a liberação dos mosquitos infectados, os pesquisadores recrutaram pessoas com idades entre 3 e 45 anos que apareceram com sintomas suspeitos nas unidades básicas de saúde da cidade. Então, eles testavam essas pessoas para identificar se estavam ou não com a doença. Foram 8.144 pessoas testadas no total.

Os resultados mostraram que apenas 67 pessoas nos grupos de intervenção foram diagnosticadas com dengue – 2,3% da população desses locais. Já nos grupos de controle, 318 casos da doença foram identificados – o que representa 9,4% da população.

No geral, a introdução dos Aedes aegypti infectados com a Wolbachia reduziu a propagação da dengue em 77,1% e não apresentou resultados muito diferentes entre os quatro subtipos de dengue existentes.

Os pesquisadores também notaram que, entre os grupos de intervenção, 86% menos pessoas acabaram no hospital por complicações da doença. Foram registradas 13 hospitalizações nessas áreas, enquanto os grupos de controle tiveram um total de 102.

“Este é um grande sucesso para o povo de Yogyakarta”, afirma Adi Utarini, pesquisadora do WMP. “O sucesso do teste nos permite expandir nosso trabalho por toda a cidade de Yogyakarta e pelas áreas urbanas vizinhas. Acreditamos que há um futuro possível em que os residentes das cidades indonésias possam viver livres da dengue.”

Super Interessante

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trânsito

Cruzamento da Trairi com Hermes da Fonseca dá novo acesso a Petrópolis

Foto: Alex Régis/Secom

A Prefeitura do Natal, por meio da STTU, instalou um semáforo sincronizado com faixa de pedestre no cruzamento da rua Trairi com a avenida Hermes da Fonseca. Esta mudança melhora o acesso dos motoristas ao bairro Petrópolis que vêm de Mãe Luiza e Via Costeira. O semáforo está funcionando desde esse domingo (13).

No local foi feita toda parte de acessibilidade e abertura do canteiro, tornando uma travessia segura e acessível para os pedestres. Este, era um pleito antigo dos motoristas que sentiam dificuldade de acessar o bairro de Petrópolis vindo da Via Costeira e Mãe Luiza.

Durante a semana os agentes de mobilidade da STTU estarão no local junto com a equipe técnica observando o comportamento da operação.

Opinião dos leitores

  1. Isso vai facilitar a fuga para Mãe Luiza… Agora ficou mais fácil assaltar em Petrópolis. Parabéns Paulo César, novo chefe da STTU.

  2. Secretaria de IMOBILIDADE urbana. Ano após ano, moradores do Tirol (lado do parque das dunas) são cerceados por essa secretaria. Para cruzar a Hermes somos obrigados à rodar quase um quilômetro, isso quando conseguimos sair da rua. Parabéns aos envolvidos.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Turismo

Vão faltar hotéis e aviões na temporada de verão, diz presidente da CVC

Foto: CVC/Divulgação

A CVC já está com a cabeça na temporada de verão. Após a promessa de estados como São Paulo e Rio de Janeiro de vacinar todos os adultos com ao menos uma dose até setembro e outubro, cresce a expectativa do turismo pela retomada do setor. “A volta à normalidade vai coincidir com a alta temporada. Na minha visão, vão faltar hotéis e aviões porque vai haver um boom de viagens”, acredita Leonel Andrade, presidente da CVC. A empresa, assim como as companhias aéreas, afundou, em abril do ano passado, em função da pandemia. A CVC, que já chegou a valer 10 bilhões de reais, em 2019, viu seu valor de mercado despencar para menos de 1 bilhão, em 2020. Hoje, com uma recuperação mais sólida, já está avaliada em quase 6 bilhões de reais.

O tom para a retomada internacional, contudo, é mais cauteloso, já que muitos países só permitem a entrada de brasileiros depois de uma quarentena e outros sequer aceitam brasileiros ainda. “Vai acontecer a mesma coisa no turismo internacional, mas seis meses depois do doméstico. O maior desafio é reabrir as fronteiras, é um problema político que o governo precisa resolver”, diz o comandante da CVC. Os preços, que despencaram com a pandemia, devem acompanhar a demanda e subir, voltando aos patamares de 2019 até o final do ano, segundo o executivo.

Na última terça-feira, 8, a CVC informou ao mercado que contratou os bancos Citi e BTG Pactual para realizar uma nova oferta de ações. É a terceira oferta. A companhia já captou 700 milhões de reais em duas ofertas, realizadas em setembro de 2020 e em fevereiro de 2021. A dívida da CVC, que já foi de 1,6 bilhão de reais, caiu para cerca de 600 milhões no primeiro trimestre do ano.

Radar Econômico – Veja

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Prefeitura de Ceará-Mirim paga R$ 2,3 mi da primeira parcela do Décimo nesta terça-feira

Mantendo a agenda de compromisso com os servidores, a Prefeitura de Ceará-Mirim anunciou que a primeira parcela (40%) do 13º salário será paga nesta terça-feira (15). A confirmação foi dada pelo prefeito Júlio César Câmara, nesta segunda-feira. Serão injetados na economia local aproximadamente R$ 2,3 milhões.

De acordo com o gestor, o pagamento do Décimo inclui os funcionários contratados da saúde, o que não ocorria no passado. “ O pagamento do Décimo é uma ótima notícia. É fruto de muito trabalho e da economia que a gente tem feito ao longo da nossa gestão. Isso acaba resultando em benefícios para os nossos servidores. A luta continua e o trabalho não para”, concluiu o chefe do Executivo municipal.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *