Campanha contra Jogadora Carol por “Fora Bolsonaro” pede cancelamento de patrocínio que não existe. CBV repudiou atitude da atleta

Talita e Carol Solberg - Divulgação

Com um top amarelo com o símbolo do Banco do Brasil, Carol Solberg pegou o microfone e gritou: “Fora, Bolsonaro”, ao vivo pelo SporTV. O vídeo, transmitido no domingo cedo, viralizou nas redes sociais. Em perfis que fazem oposição ao governo Jair Bolsonaro (sem partido), a fala ganhou respaldo. Já em perfis bolsonaristas, o tom foi de clamor pelo fim do patrocínio do banco estatal à jogadora.

Isso não será possível porque não existe qualquer patrocínio do Banco do Brasil à Carol. Ela usava um top com a marca do banco estatal porque, no Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia, como é usual na modalidade, a parte de cima do uniforme é fornecido pelo organizador (no caso, a Confederação Brasileira de Vôlei) e de uso obrigatório para as duplas. Em Saquarema (RJ), foram distribuídos modelos nas cores amarelo, branco, azul, verde e dourado.

Se o top é padronizado, com os patrocinadores do torneio, o resto da vestimenta pode receber patrocinadores privados. Aí entram a parte de baixo do biquíni, a viseira e as faixas no braço. Carol só exibe um patrocinador pessoal: o isotônico natural e orgânico Jungle. Sua atual parceira, Talita, é sargento no Exército e apoiada pelo Bolsa Atleta. Carol, não.

O Banco do Brasil patrocina a Confederação Brasileira de Vôlei desde 1991, no governo Fernando Collor, e foi renovado por outros seis presidentes: Itamar Franco, FHC, Lula, Dilma e Temer. O contrato mais recente foi firmado em 2016, durante o governo Temer, com reserva de R$ 218 milhões por quatro anos de um acordo que termina ao final deste ano. Existe um temor grande, nos bastidores, que o contrato não seja renovado.

Paralelamente, o Banco do Brasil tem a tradição de patrocinar as duas melhores jogadores de vôlei de praia do país, a partir de critérios do próprio banco. No final de 2018, por exemplo, foram firmados contratos com Alison (R$ 232 mil por nove meses), André Stein (R$ 145 mil por 12 meses), Ágatha (R$ 265 mil por 12 meses), Duda (R$ 150 mil por 12 meses), Evandro, Vitor Felipe, Bárbara Seixas, Fernanda Berti (R$ 224 mil por 12 meses, cada). Atualmente, são patrocinadas, no feminino, as duplas Ágatha/Duda e Ana Patrícia/Rebecca.

UOL

CBV

protesto de Carol Solberg contra o presidente Jair Bolsonaro repercutiu nas redes sociais e criou um mal-estar para a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV). A entidade divulgou uma nota de repúdio contra o ato da jogadora, transmitido ao vivo pela televisão, durante a premiação da etapa de Saquarema do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia. Carol Solberg e sua parceira Talita terminaram na terceira colocação. No momento dos agradecimentos, Carol disse no microfone: “Só para não esquecer: Fora, Bolsonaro!”.

“A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), vem, através desta, expressar de forma veemente o seu repúdio sobre a utilização dos eventos organizados pela entidade para realização de quaisquer manifestações de cunho político. O ato praticado neste domingo (20.09) pela atleta Carol Solberg durante a entrevista ocorrida ao fim da disputa de 3º e 4º lugar da primeira etapa do Circuito Brasileiro Open de Volei de Praia – Temporada 2020/2021, em nada condiz com a atitude ética que os atletas devem sempre zelar”, diz trecho da nota.

A CBV anunciou ainda que tomará providências para que episódios como este não se repitam. A entidade, contudo, não diz que medidas serão estas e nem se incluirão qualquer tipo de advertência a Carol Solberg.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. odonil jose vieira disse:

    regulamento e para todos o que diz o regulamento ?

  2. odonil jose vieira disse:

    tem regulamento nessa jossa ou nao
    e so seguir o regulamento.

  3. Vera disse:

    Valeu Carol! Você representou a vontade de milhões de brasileiros.

  4. Fernando disse:

    Parabens Patricia Fonseca , seu comentário foi ótimo.

  5. Fernando disse:

    Melhor comentario e mais sensato e sem vies ideológico , na minha opinião foi da Patricia Fonsenca , parabens!

  6. Patrícia Fonseca disse:

    Liberdade de expressão deve ser utilizada sim, é direito, esta na constituição! Porém prudência e sensatez é dever e esta nos valores de cada indivíduo, independente da preferência política da referida atleta, ela deveria ter tido uma postura profissional, pois, ela estava trabalhando, estava com uniforme do trabalho, todos tem direito de protestar, porém existem momentos adequados para isso, e com toda certeza não é no horário de trabalho!

  7. Cristiano disse:

    A falta de pão com mortadela deixou o povo nervosinho, liberdade de expressão é o mais novo mimimi esquerdista! Acho justo o banco do Brasil dar explicação SIM ou agora a desconhecida aí fala em nome dos acionistas do Brasil inteiro? Chega de concessões, patrocínios globais, Petrobrás na fórmula 1 e etc…
    Chega de 27% de imposto para pagar incompetência alheia, privatização geral, nacionalismo sim e viva a nação brasileira que luta e sofre na mão dessa minoria.

    • Divina Rocha Corte disse:

      Cristiano

      Quando o Bolsonaro solta palavrão e outras palavras abjetas é liberdade de expressão aí quando falam contra não é?

  8. Fabinho disse:

    Gostaria de ver essa patricinha morando em CUBA ou VENEZUELA

  9. Edna disse:

    Só para não esquecer….
    #FORABOLSONARO?

  10. Mpj disse:

    Era só o que faltava, e cadê o direito constitucional a liberdade de expressão? Se fosse manifestado apoio ao presidente, poderia. Absurdo isso

  11. Marcos Benício disse:

    Ora, ela é uma cidadã brasileira que deve está insatisfeita com o governo e expressou essa insatisfação gritando essa linda frase.
    FORA BOLSONARO!

  12. Papo_Reto disse:

    Se ela falasse que Amava Bolsonaro qual seria qual seria a atitude do patrocinador ?

    Onde fica a liberdade de expressão ?

  13. Maria disse:

    Não adianta notinhas de repúdio, exigimos o corte para que sirva de exemplo. O Brasil e o presidente merecem respeito e não ser achincalhado dessa forma por uma simples atleta de terceira categoria.

  14. Ivan disse:

    E o Brasil virou Venezuela, Cuba? Pensei que só nesses países não há liberdade de expressão.

  15. Brasil disse:

    Corta a verba …manda quem pode e obedece quem tem juízo , quer fazer campanha política? Suba em cima de palanque , esse país está bagunçado por causa dessa raça desgraçada PTralha …não há respeito

  16. Anti-Político de Estimação disse:

    Afinal de contas, existe ou não existe liberdade de expressão no Brasil ?

    • Brasil disse:

      Para a raça desgraçada PTralha , liberdade é uma criança tocar um pelado na sala de cultura , fazer apologia a droga , tocar fogo em pneus , destruir um estudo de anos na EMBRAPA …e por aí vai ….vá aprender a trabalhar , nesse país não se respeita pai , professor , polícia …modelo PT ..tudo pode , liberdade de expressão

    • Anti alienados políticos extremistas disse:

      Concordo ! quer dizer que do Lula pq e ex ladrão e o atual Ladrão tem direito a liberdade de expressão e falar oque quer e bem entende contra qualquer um e se tivesse sido ele falado contra ela , torcendo para o adversário seria liberdade de expressão e direito dele de torcer por quem bem entende !!! E imoral a hipocrisia e e fanatismo por uns seres que não estão nem ai para os que os defendem !! A não ser que sejam da família ou amigo como eles deixam bem claro que ao querem so defender o interesse deles !!!! So falta agora quererem que quem não concorda com eles e tem conta nesse banco tenham suas contas bloqueadas !!!! Cade que esse povo se preocupar em acabar com os privilégios e fazer cumprir a constituição onde todos são iguais perante a LEI ??? Vamos foca no que precisa !! Fim dos previlegios, dos salários vitalício, fim dos altos salários, fim dos montes de auxílios ou que seja igual aos que são pagos a população de quem e de direito de fato, e o uso do SUS ou de planos de saude do mesmo padrão da população que. Quiser melhor que pague do seu bolso e que acabe junto com o cargo!!! Enquanto o povo briga por besteira eles dão risada que os projetos para acabar com Isso mofam nas gavetas e eles só estão interessados em deixar amos seus bem e o resto que os sustentem !!!

    • Francisco Lima disse:

      O jeito é perguntar ao STF.

  17. Joaquim disse:

    Ninguém conhecia essa jogadora, agora

  18. Lula na cadeia já disse:

    Muito interessante esse apoio à Carol!
    É uma pena que o tratamento não foi o mesmo quando o jogador Felipe Neto, após a realização de uma partida de futebol, declarou apoio ao candidato a presidente Jair Bolsonaro.

COMENTE AQUI