Campanha de Trump já sofreu 30 derrotas na justiça tentando invalidar votos desde 03 de novembro

A derrota para invalidar os votos na Pensilvânia, foi o caso mais recente que buscava invalidar ou bloquear os votos necessários para virar o estado a favor de Trump. A decisão do juiz Brann é ao menos a 30ª derrota ou retirada de um caso da campanha de Trump e seus aliados desde o dia 3 de novembro, principal dia da eleição nos EUA. Os republicanos obtiveram somente duas vitórias nos tribunais, com relação a um número muito pequeno de votos.

“Os requerentes pedem que esta Corte prive de seus direitos quase sete milhões de eleitores. Este tribunal não conseguiu encontrar qualquer caso no qual um requerente buscou um recurso tão drástico no contexto de uma eleição, em termos de grande volume de votos pedidos para serem invalidados”, escreveu o juiz.

Os condados da Pensilvânia devem certificar os resultados das eleições na segunda-feira. Brann afirmou que qualquer outra consideração sobre o assunto “iria atrasar indevidamente a resolução dos problemas” relacionados à certificação, e encerrou o caso.

Ele destacou ainda que a campanha de Trump não pode tentar voltar com suas reivindicações em uma versão reformulada da ação judicial. Mesmo assim, os republicanos anunciaram na noite desse sábado que vão apelar da decisão, com a intenção de levar o caso à Suprema Corte.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Braulio Pinto disse:

    É porque ele não tem um Aras, um Toffolli ou um Gilmar para ajudá-lo.

  2. Apir Pertinente disse:

    Não sei qual dos dois é mais AGARRADO ao poder, se é Trump ou Bolsonaro.

    • Paulo disse:

      Falou o adorador de Fidel Castro, Lula, Evo Morales.
      O sistema eleitoral é corrupto.
      Diante dps indícios de fraude, dizrm que é melhor deixar quieto.
      O sistema trabalhando contra o melhor presidente da historia dos Estados Unidos.
      Nível de desemprego foi o menor da história: 4%.
      Mas maconheiros, defensores do movimento LGBT, baderneiros, imprensa de extrema esquerda e outros grupos não respeitam a democracia.

  3. Calígula disse:

    Hô Galegão arroxado, é isso aí Galegão, conte, recobre os votos, que sofra 30, 40 ou quantas derrotas forem necessárias, mas não desista. Hô Galegão invocado sério o Donald Trump.

  4. Vaqueiro Analista Político disse:

    Esse filme vai se repetir em 2022 com o miliciano.
    Vai perder no voto, depois vai falar que houve fraude nas eleições.

    • Obama e biden desmascararam luladrão disse:

      Luladrão foi exemplo de maucaratismo em procrastinação de processo. Agora todos os canalhas também querem o imitar.

COMENTE AQUI