China diz que não ter intenção de travar ‘guerra fria ou quente’

Foto: Carlos Garcia Rawlins/Reuters

O presidente da China, Xi Jinping, disse nesta terça-feira à Assembleia-Geral das Nações Unidas que Pequim “não tem intenção de travar uma guerra fria ou quente com qualquer outra nação”, à medida que as tensões entre a China e os Estados Unidos aumentam.

“Continuaremos a reduzir as diferenças e resolver disputas com outros por meio do diálogo e da negociação. Não buscaremos desenvolver apenas a nós mesmos ou nos envolver em um jogo de soma zero”, disse Xi em discurso gravado para o encontro anual virtual de líderes mundiais durante a pandemia de coronavírus.

A fala de Xi Jinping ocorreu logo após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sugerir, na mesma assembleia, que a China tem responsabilidade pela disseminação do coronavírus, o qual chamou de “vírus chinês”.

Segundo ele, o país asiático proibiu viagens domésticas, mas continuou permitindo voos para o exterior.

R7