VÍDEO: Sopa de morcego pode ter relação com surto de coronavírus na China, alerta estudo

Foto: Reprodução/Twitter

Um estudo conduzido por cientistas chineses e publicado no Jornal de Virologia Médica levanta suspeita de que o surto de coronavírus no país asiático possa ter relação com uma iguaria local: a sopa de morcego.

“Os resultados obtidos em nossas análises sugerem que o 2019‐nCoV [nome oficial do novo vírus] parece ser um vírus recombinante entre o coronavírus de morcego e um coronavírus de origem desconhecida”, afirmam os autores.

O novo coronavírus já infectou cerca de 600 pessoas desde o fim de dezembro, sendo que 17 delas morreram. Os principais sintomas são febre e problemas respiratórios, incluindo pneumonia.

Imediatamente, pessoas se manifestaram nas redes sociais afirmando que em Wuhan, cidade onde o surto iniciou, a sopa de morcegos silvestres é um prato comum.

Sabe-se que os coronavírus são transmitidos de animais para humanos e, posteriormente, a transmissão pode ocorrer de pessoa para pessoa.

O local onde os primeiros casos foram relatados foi um mercado de frutos do mar e de animais vivos em Wuhan.

Imediatamente, o espaço foi interditado e desinfetado por autoridades sanitárias, o que não impediu que o número de pessoas infectadas continuasse a aumentar.

Um estudo anterior, de 2017, publicado no China Science Bulletin, ressaltava que “os morcegos estão conectados ao crescente número de vírus emergentes e re-emergentes que podem quebrar a barreira das espécies e se espalhar para a população humana”.

“Os coronavírus são um dos vírus mais comuns descobertos em morcegos, que foram considerados a fonte natural de coronavírus recentes suscetíveis a humanos, como SARS-CoV e MERS-CoV.”

A SARS (síndrome respiratória aguda grave), surgida na China em 2002, e a MERS (síndrome respiratória do Oriente Médio), com origem na Arábia Saudita, em 2012, tiveram surtos parecidos com o atual.

A primeira registrou cerca de 8.000 infectados, com algo em torno de 800 mortes. A segunda teve 2.200 casos e 790 óbitos.

R7

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Nica disse:

    🤢🤢🤢🤢🤢🤢🤮🤮🤮🤮🤮🤮🤮

  2. Silva disse:

    Enquanto isso a uma comitiva chinesa veio checar a produção de melão no RN kkkkkkkkkk

  3. Car Rupert disse:

    Comer sopa de morcegos, é melhor comer merda logo.

Maior empresa de petróleo da China estuda se instalar no RN

Foto: Assecom RN

A maior empresa privada de petróleo da China está pleiteando se instalar no Rio Grande do Norte. A governadora Fátima Bezerra recebeu, em audiência, representantes da empresa chinesa Kerui Petroleum. O encontro aconteceu nessa quarta-feira (18) na sede da Governadoria.

A visita foi um desdobramento da missão à China, na qual a Chefe do Executivo Estadual, convidada e custeada pelo Banco da China, esteve no país asiático no período de 26 de novembro a 2 de dezembro prospectando investimentos para o estado.

“Eles são muito bem-vindos ao Rio Grande do Norte. Mais uma vez expresso nossa gratidão pela acolhida na China”, disse a governadora ao cumprimentar e dar boas-vindas aos membros da Kerui Petroleum, Max Ma e Zhou Yi.

Durante a missão, Fátima Bezerra se reuniu com alguns empresários do setor de petróleo e gás, dentre eles, com o presidente da Kerui Petróleo, John Pan, que, na oportunidade, manifestou interesse em instalar uma Unidade de Processamento de Gás no estado.

“Voltamos da China motivados e com a esperança de que vamos ampliar os investimentos com o país. Seja do Brasil com a China, do Nordeste com a China e, principalmente, do Rio Grande do Norte com a China. Essa reunião é o resultado da agenda missão China”, disse Fátima Bezerra.

A empresa foi a primeira companhia privada chinesa a obter um contrato de infraestrutura com a Petrobras. Em 2018, contrato para construção de uma UPGN no Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), em parceria com a empresa brasileira Método Potencial, que é o maior projeto de tratamento de gás natural do Brasil e representa investimento de aproximadamente 600 milhões de dólares.

Acompanharam a governadora na audiência o Secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado; Larissa Gentile, presidente da Companhia Potiguar de Gás (Potigás); o Diretor Técnico do Sebrae, João Hélio Cavalcante, além de representantes da Sedec e Potigás.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Wellington Izac disse:

    Excelente para o desenvolvimento do RN.

  2. Rafael Pinheiro disse:

    Essa governadora ainda não fez nada para o RN, e ainda vai entregar nossas riquezas para os estrangeiros? O chineses vão correr daqui quando souberem o "pedigree" da nossa (des)governadora. O pobre RN indo cada vez mais fundo para o buraco!
    FORA FÁTIMA

    • Marcos disse:

      A riqueza era nossa, mas, o excelentíssimo presidente da república preferiu jogar tudo para o Rio de Janeiro. Eu prefiro a Petrobrás, mas, vocês parecem não saber o que querem. Se a Petrobrás sai, aplaudem, se vem outra empresa, criticam. A população bitolada por uma bandeira somente. Pensem no melhor ao país, não em suas ideologias partidárias.

  3. Pedro disse:

    Será que os China sabem que essa figura não é de confiança? Macaco velho não enfia a mão em cumbuca. O estado está quebrado, ela não tem credibilidade, mentirosa contumaz, falsa, mal educada, pilantra……vai ver que ninguem disse nada a eles, ou entao tudo não passa de falácia.

  4. Nica disse:

    Esses caras de rato só nos fazem de otário.

  5. Netto Concurseiro disse:

    Nossa governadora entrgando as nossas riquezas para estrangeiros?

  6. MARGARETE disse:

    A melhor foi e sempre sera VILMA DE FARIA…..

  7. natalsofrida disse:

    Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkklllkkkkkklklkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  8. PAULO disse:

    Até agora não fez NADA……….

  9. Assis porto disse:

    Grande governadora

  10. Fabio disse:

    Fátima está caminhando p ser a melhor governadora da história do RN!

Trump diz que “grande acordo” com a China está próximo

Foto: Reprodução/Twitter

Donald Trump acaba de publicar uma mensagem no Twitter em que anuncia que o acordo comercial com a China está perto de ser concretizado.

“Chegando muito perto de um GRANDE ACORDO com a China”, escreveu o presidente dos Estados Unidos.

E completou: “Eles querem, e nós também!”.

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Mauro Filgueira disse:

    Acordo com Comunistas?
    Minha Bandeira não é Vermelha!
    kkkkkkkkkkkkkkk
    Quando os interesses econômicos falam mais alto, as falsas ideologias usadas pra manter os idiotas do gado alienado falando besteira ficam em segundo plano.
    Usamos o Comunismo comobdesvukoa pra atacar nossos adversários aqui dentro do país, e nos aliamos a eles lá fora quando precisamos deles.
    Adoramos Trump, que diz que odeia o Comunismo, e ele faz acordos milionários com eles.
    Não esqueçam que a China e a Rússia são dois regimes comunistas de sucesso que lutaram contra o Nazismo.

    • José Vanilson Juliao disse:

      A China foi ocupada pelos japoneses. Nunca esteve no Teatro de operações europeu.

Em busca de novos investimentos para o RN, Fátima chega à China nesta terça

Foto: Reprodução/Twitter

Após cinco dias de missão do Consórcio Nordeste pela Europa, a Governadora Fátima Bezerra chega, nesta terça-feira (26), à China para participar do Seminário de Comunicação e Cooperação Financeira Internacional, “Um Cinturão, Uma Rota”. Promovido pelo Bank of China, o evento é realizado na capital Pequim e é direcionado para os países de língua portuguesa.

Convidada e custeada pelo Bank of China, Fátima Bezerra fará o discurso de boas-vindas na abertura do evento. Ela foi a única governadora do Brasil chamada a participar do seminário, que tem por finalidade promover a cooperação comercial e o intercâmbio cultural entre os povos, bem como, explorar os potenciais e as oportunidades de negócios para cooperação no futuro. “Depois de dias intensos na Europa, onde apresentei as potencialidades do RN para grupos de empresários da França, Itália e Alemanha, participando de reuniões com ministros europeus, é hora de me sentar com os chineses para dialogar e pleitear novos investimentos e, assim, impulsionar ainda mais o desenvolvimento econômico do nosso Estado”, declarou Fátima Bezerra.

O Rio Grande do Norte vem estreitando laços com o país asiático e, em outubro deste ano, fechou acordo para abertura do mercado chinês à produção de melão potiguar. Os primeiros contêineres com frutas produzidas no RN devem ser enviados à China a partir de fevereiro, consolidando a exportação plena a partir da safra 2020-2021, reforçando ainda mais a posição de liderança do Estado no segmento, gerando mais empregos e renda à população. A expectativa do setor é de que o potencial do mercado resulte na geração de 10 mil novos empregos diretos no estado nos próximos três anos.

Em julho deste ano, uma missão formada por diplomatas e empresários chineses visitou as plantações de melão no Oeste Potiguar. A visita foi articulada pelo Governo do Estado, por meio da secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec), junto à embaixada chinesa no Recife-PE para aproximar as relações e buscar novos negócios.

Acompanham a governadora nesta viagem o titular da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico (Sedec), Jaime Calado e o Assessor Técnico da Sedec, Pedro Henrique Lima, com despesas também custeadas pelo Banco.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Issoaquiaí disse:

    Me engana que eu gosto.

  2. Jesus vive! disse:

    Os que torcem pra dá certo fica calado, os q acham q quanto pior melhor não arredar o pé. Se Deus permitir vai dá tudo certo, é o q precisamos

  3. Fabiano Duarte disse:

    Eu quero é que ela pague meu décimo terceiro salário de 2018 E o meu salário de dezembro 2018 que está atrasado!

  4. Brasil e RN acima de tudo disse:

    A galera aqui gosta de torcer contra, parece até que se der tudo errado no RN, só vão se lascar quem votou nela. Pessoal vamos descer do palanque que a política acabou, gostando ou não ela é nossa governadora, assim como Bolsonaro é nosso presidente.

  5. Humilde Iconoclasta disse:

    Enquanto ela viaja o número de decisões erradas diminui. A cadeira que ela senta toma decisões melhores. Fique por aí, Fátima. Não precisa voltar.

  6. Santanense disse:

    É GOPI

  7. Cidadão disse:

    #moluscoSolto 😂🐴

  8. Silva disse:

    enquanto ela brinca de socialista na Europa, o povo do RN sem sorte sofre nos hospitais. Essa viagem não tem nada e concreto para o nosso estado. O melão já estava acertado por meio do governo Federal. Viagem de puro faz de conta e a imprensa paga faz o favor de dar crédito.

    • Rômulo© disse:

      Se o Bozo quisesse "acertar" nossa produção de melão e outras frutas, não teria paralisado o andamento da obra da transposição do Rio São Francisco que faria as águas chegarem ao RN para irrigar as culturas. Mas Minion é assim… Acredita no que quer!

  9. AF disse:

    Fátima Bezerra está fazendo um pós doutorado em "enrolation". Quem acredita mais nessa criatura? Turismo pago com dinheiro dos nossos impostos. O que esse consórcio nordeste trouxe de concreto para a nossa região? Que acordos reais foram assinados? É muita cara de pau. Tomara que ela ao invés de lambuzar a cara de óleo de peroba, se engane, e ingira o vidro todo.

  10. Almir Dionisio disse:

    E os salários atrasados ninguém sabe, ninguém viu… e os sindicatos, tdos calados e os Órgãos de Controle….. silêncio geral e os servidores amargando contas atrasadas e dividas em crescimento.

  11. joaozinho disse:

    foi vender queijo pra os franceses, maiores produtores de queijo de qualidade do mundo. agora deve ter ido vender artesanato pros chineses. Foi um sucesso!!!!!!!!! e bote exclamação nisso.

    • Fernando disse:

      Deixa de ser gopi, vá pá China ômi

    • Silvio. disse:

      Pois é!!
      Pura enganação.
      Parece até que é fácil entrar com um produto perecível na Europa.
      As Leis na União europeia são extremamente rigorosas, por tanto a governadora Ta aplicando um migué no povo, pra ir turistar.
      Na China, só pode ir atrás das placas de energia solar do governo Robinson. Kkkkk
      Vamos aguardar pra vê o quais, quais, quais. Hehehehe.

Estudantes do IFRN são premiados em torneio de Matemática na China; resultado credencia equipe para Olimpíada Mundial na Tailândia e no Japão

João Arthur Barros, Klaus Reineger, Romana Galvão e Isabela Gomes estiveram sob coordenação do professor Dayvid Marques. Foto: Divulgação

“Quando nós voltarmos, traremos uma bagagem de conhecimentos que vai ampliar nossa forma de ver a matemática”. A frase da estudante Isabella Gomes não poderia ser mais acertada. Junto a Isabella, os alunos Romana Galvão, João Arthur Barros e Klaus Reiniger – além do professor Dayvid Marques – trazem na bagagem duas medalhas de prata, uma de bronze e uma menção honrosa (veja quadro no final da matéria), além de uma placa de honra ao mérito para a equipe da instituição, por terem participado do evento. De onde? Do 10° World Mathematics Team Championship (WMTC), torneio internacional para avaliação de conhecimentos matemáticos que aconteceu, entre 21 e 25 de novembro, em Pequim, na China. Os quatro estudantes frequentam cursos do Ensino Médio Integrado ao Técnico no Campus Natal-Central do Instituto Federal do Rio Grande do Norte.

Nadja Gomes, mãe da aluna Isabella, diz-se impressionada – além de feliz – com a premiação. “Algo que parecia impossível diante da grande quantidade de participantes, do cansaço que atingia a equipe e dos efeitos nocivos de uma situação conhecida como Jat Lag, que desestabilizou o relógio biológico de todos. Nessas situações, em comparação com as equipes asiáticas, os brasileiros estavam em tremenda desvantagem no momento da realização das provas. Eles estavam destruídos na hora das avaliações. Tinham acabado de chegar de uma longa viagem que durou 2 dias. Enfrentavam um fuso horário de 11 horas de diferença. Para eles era como competir durante toda a madrugada. Enquanto a gente aqui dormia, eles fizeram provas superdifíceis, com dor de cabeça, e disseram que estavam todos como se estivessem com uma virose”, complementou Nadja. Só haviam três equipes representando o Nordeste (Piauí, Pernambuco e Rio Grande do Norte), e apesar de ser uma das menores equipes a compor a delegação do Brasil, os alunos do IFRN obtiveram resultado proporcional espetacular, competindo no nível avançado. Na competição eram 1.055 “matematletas”, dos quais 164 estudantes brasileiros, de 22 escolas públicas e privadas.

WMTC

O World Mathematics Team Championship é uma iniciativa do China International Culture Exchange Centre (CICEC), junto ao ‘The World of Mathematics and Physics Journal’ e da Hope Cup Mathematics Competition (maior competição de Matemática da China). Podem participar estudantes de qualquer ano do Ensino Fundamental e do Ensino Médio.

Durante a competição, os estudantes são desafiados a resolver questões matemáticas em diferentes graus de dificuldade, com provas em grupos, de revezamento e individuais em três níveis: Junior, para menores de 12 anos, Intermediário, menores de 15 anos, e Avançado (menores de 20 anos).

A delegação brasileira foi escolhida a partir da Olimpíada Internacional Matemática Sem Fronteiras, competição criada pelo Ministério de Educação da França em 1989. No Brasil, os dois campeonatos são organizados com exclusividade pela Rede do Programa de Olimpíadas do Conhecimento (Rede POC), instituição de intercâmbio científico juvenil, cuja missão é promover a excelência na educação através do estímulo ao interesse pela Ciência, Tecnologia e Inovação.

Longa jornada

Para participar da World Mathematics Team Championship os estudantes enfrentaram uma verdadeira maratona, mesmo antes de começarem as disputas. Fizeram arrecadação coletiva, venderam camisetas e realizaram sorteio de brindes. Além disso, pais, familiares e amigos ajudaram a cobrir os quase R$ 60 mil necessários para os custos da empreitada. O IFRN, que enfrentou cortes em seu orçamento até meados de novembro, conseguiu assegurar valores para a inscrição no evento e ajuda de custo – para gastos com alimentação, por exemplo – no trajeto entre Natal e Pequim, estimado em quatro dias de viagem (ida e volta) com conexões em São Paulo e países da Europa.

Agora começa a longa viagem de volta. Os estudantes e o professor Dayvid chegarão a Natal somente na madrugada da próxima quinta-feira, dia 28. O retorno contudo, não é o fim das disputas para os “matematletas” do IFRN, pois a premiação na China os credenciou a um novo desafio em terras asiáticas: devido ao excelente desempenho proporcional da equipe, eles já estão habilitados a participarem da Olimpíada Mundial de Matemática da Tailândia ou para a Olimpíada Mundial de Matemática do Japão, ambas em 2020.

Premiação por ordem alfabética

Com informações do IFRN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ivonete disse:

    parabéns a essa turminha fera 👏🏻👏🏻 agora rumo a medalha de ouro 🥇.

  2. Afonso disse:

    Tenho orgulho desses jovens pelo foco, determinação, orgulho pelo professor, por duas filhas fazerem parte da instituição. Menos política, Mais educação sempre.

  3. Gustavo. disse:

    Parabéns a todos envolvidos, principalmente aos alunos, a quem eu dou meus parabéns. Continuem assim, o nosso Brasil precisa de jovens assim como vocês.

  4. Avante Brasil disse:

    Parabéns aos jovens e aos professores.

  5. Diogo disse:

    A matemática venceu a balbúrdia.

Temer revela que aconselhou Bolsonaro, após eleito, sobre relações com China e Congresso e sustenta que ele está dando sequência ao seu governo

Foto: Divulgação/O Antagonista

O ex-presidente Michel Temer recebeu O Antagonista em seu escritório de advocacia, em São Paulo, e revelou detalhes de sua relação com Jair Bolsonaro.

Temer contou, pela primeira vez, que, dias após o segundo turno da eleição presidencial no ano passado, Bolsonaro o procurou no Palácio do Jaburu para “pedir conselhos”.

“Logo em seguida que foi eleito, ele me visitou no Palácio para pedir conselhos. Ele me disse: ‘Presidente, que conselho o senhor me dá?’ Eu disse: ‘Olha, você foi eleito. Eu não vou dar conselho para quem teve quase 60 milhões de votos. Se você quiser que eu dê uns palpites, eu dou’.”

Temer, então, transpareceu sua preocupação com declarações de Bolsonaro sobre as relações com a China, os países árabes e o Mercosul.

“Eu dei palpites referente à China. Eu disse que a China é um grande parceiro comercial nosso. Porque ele tinha umas palavras… você, sabe não é? Disse a ele: ‘Se nós perdermos essa parceria, será um desastre aqui para nós. Segundo, os países árabes, Bolsonaro. Eu vou dizer para você: você andou dizendo umas coisas aí… Essa gente, os árabes, compram 40% da nossa carne de frango. Então, nós temos que ser multilateralista, Bolsonaro. Nós não podemos ser unilateralista, nem os Estados Unidos podem. Os Estados Unidos têm poder político, econômico. Nós não temos. Nós temos que nos dar bem com todo mundo. Porque nós vivemos dessas exportações’. Argentina, por exemplo, ele tinha dito uma palavra… Eu disse: ‘Nós temos um superavit extraordinário, nós não podemos perder a Argentina. E o Mercosul, para nós, é importante. Foram os palpites que eu dei.”

No mês passado, Bolsonaro visitou a China e países do Oriente Médio para tratar de oportunidades de investimento e aprofundamento das relações comerciais.

Temer também disse ter aconselhado o então presidente eleito sobre a relação com o Congresso.

“Eu disse: ‘E a relação com o Congresso. Você passou no Congresso tanto tempo como eu passei. A relação com o Congresso é fundamental. Precisa acabar com essa bobagem, com a devida vênia, de presidencialismo de coalizão, de cooptação. Existe o presidencialismo estabelecido na Constituição. E é o seguinte: quem governa é o Executivo junto com o Legislativo. Eu fiz isso, Bolsonaro. Quando eu ia fazer reunião de líderes, eu tinha o presidente da Câmara de um lado e o presidente do Senado de outro lado. Isso que me permitiu governar, fazer as reformas’.”

Em pelo menos outras duas ocasiões, os dois se falaram: quando Bolsonaro foi internado em São Paulo para a retirada da bolsa de colostomia e quando da Assembleia Geral da ONU.

“Ele me telefonou na ONU, quando foi falar na ONU. Ele me telefonou para cumprimentar. Eu disse: ‘Muito sucesso. Fica tranquilo. Boa sorte a você aí’. Acho que ele quis fazer uma espécie de agrado a mim, porque eu falei bem dele, do governo dele’.”

Temer sustenta que Bolsonaro tem “dado sequência” ao seu governo.

“Ele tem sido até correto comigo, confesso. Porque ele tem reconhecido muitas vezes a modernização trabalhista. Sobre a Previdência, ele disse: ‘Lá atrás, quem enfrentou isso foi o Temer’. Ele está dando sequência ao que eu fiz. O que é interessante no nosso país é que cada governo que entra quer desmoralizar o governo anterior. Ele não fez isso com o meu governo. Você pode perceber que ele está dando sequência ao meu governo. No ângulo econômico e nos demais planos também. Ele tem uma boa relação com o Congresso, interessante. Ele foi mais ao Congresso do que eu fui. De vez em quando, ele sai andando e vai para o Congresso. Acho que ele encontrou mais com o Rodrigo Maia e com o [Davi] Alcolumbre do que eu me encontrava com os presidentes [da Câmara e do Senado].”

O Antagonista

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Antonio Turci disse:

    Temer teve seus méritos. Entretanto, jamais e em tempo algum os petralhas o reconhecerão.

  2. Rosi Sampaio disse:

    Pergunte para os brasileiros se alguém tem saudade do governo dele? Traíra, X9, rejeitado! Só sendo mesmo piada de mal gosto pedir conselhos a ele. O que tem a dizer um governo que a nação queria ver bem longe??? Desse nós nos livramos! Amém.

  3. Gilvan disse:

    Governo que ninguém tem saudades.96 por cento de rejeição.

Brasil fecha acordo e melão produzido no Rio Grande do Norte pode ser exportado para a China

Foto: Divulgação

Nesta semana o Ministério da Agricultura divulgou a concretização do acordo que dá início ao processo de exportação de melão brasileiro para o território chinês.

O acordo já estava sendo encaminhando há alguns meses. Em outubro deste ano, a Ministra da Agricultura, Tereza Cristina, viajou até a China para discutir as novidades no mercado agropecuário brasileiro, estreitando o laço para a finalização do acordo.

A novidade agradou os produtores potiguar e é importante salientar que o Rio Grande do Norte é o maior produtor de melão do país e segue mantendo o alto padrão de qualidade exigido pelos países importadores.

O Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária, IDIARN, é responsável pelo processo de fiscalização do plantio de melão do Estado, assim como também, pelo monitoramento da área livre de moscas-das-frutas, atualmente composta por 13 municípios e em processo de ampliação para mais 08, perfazendo mais de 15.077 km² de área.

As moscas das frutas (Amastrepha grandis e Ceratitis capitata) são uma praga que preocupa produtores e agricultores. A presença dos insetos nas plantações pode trazer uma redução significativa na produção devido ao ataque da praga.

O IDIARN também é responsável pelo funcionamento das barreiras fitossanitárias (fixas e móveis), fiscalização da execução de boas práticas fitossanitárias pelos produtores de cucurbitáceas, fiscalização do comércio interno e a Certificação Fitossanitária de Origem (CFO), ações que beneficiam o trabalho no campo.

Guedes diz que conversa com chineses sobre formação de área de livre comércio: “Brasil já perdeu tempo demais”

Foto: Fátima Meira/Futura Press/Estadão Conteúdo

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta quarta-feira (13) que o governo brasileiro tem intenção de formar uma área de livre comércio também com a China.

No fim de julho, o Brasil iniciou oficialmente as negociações para o fechamento de um acordo comercial com os Estados Unidos, após o Mercosul ter fechado, semanas antes, um acordo de livre comércio com a União Europeia.

“Estamos conversando com a China sobre a possibilidade de considerarmos uma ‘free trade area’ [área de livre comércio]. Estamos buscando um alto nível de integração. É uma decisão. Queremos nos integrar às cadeias globais. Perdemos tempo demais, temos pressa”, afirmou o ministro, em seminário do banco dos Brics, em Brasília.

A capital federal recebe a partir desta quarta o encontro de cúpula do grupo, que reúne líderes de Brasil, China, Índia, Rússia e África do Sul.

Guedes afirmou que, por 40 anos, a economia brasileira ficou isolada do comércio mundial, com participação muito pequena. E acrescentou que nos próximos anos buscará caminhar mais rapidamente em termos de abertura da economia. “Vamos fazer 40 anos em quatro”, declarou.

O ministro da Economia afirmou ainda que não interessam ao Brasil guerras ou tensões comerciais – como as protagonizadas nos últimos meses entre os Estados Unidos e a China, as duas maiores economias do mundo.

“Ao contrário, we want to be friends with everybody’ [queremos ser amigos de todos]”, disse. E completou, ainda em inglês: “we are open for business [estamos abertos aos negócios]”.

Segundo ele, o governo Bolsonaro chegou com uma “clara decisão” de buscar um caminho de prosperidade, por meio da integração do país ao comércio global, “que os países que deram certo no mundo sempre utilizaram”.

Situação da América Latina

O ministro avaliou, ainda, que parte da Europa, e a Ásia, estão saindo da pobreza por meio da integração ao comércio global, e às chamadas cadeias globais de produção.

“Os chineses, indianos, malaios, filipinos, está todo mundo subindo o padrão de vida. A metade de lá. Enquanto isso, do lado de cá, particularmente a América Latina, o Mercosul, fez o contrário: cabeça de avestruz, enfiamos a cabeça no chão. Ficamos fechados. Nosso padrão de vida está piorando”, declarou.

Ele disse, também, que a situação está confusa na América do Sul, com “movimento, agitação, reclamação, cai presidente, ditadura”. Nas últimas semanas, Bolívia e Chile têm vivido dias de tensão política. No caso chileno, manifestações de rua pedem melhorias nas condições de vida da população. Na Bolívia, a crise política culminou com a renúncia do então presidente Evo Morales.

“Está uma confusão danada aqui na América do Sul, enquanto do outro lado do mundo sobe sem parar o padrão (…) A África é o continente da esperança, cresce mais do que a América Latina, pois está se integrando às cadeias globais”, afirmou.

De acordo com Paulo Guedes, o Brasil negociava com a China um volume de comércio de cerca de US$ 2 bilhões ao ano 20 anos atrás, que já saltou para mais de US$ 100 bilhões nos dias atuais. Disse, porém, que, com a Índia, outro parceiro dos Brics, o comércio ainda está ao redor de US$ 4 bilhões por ano.

“Estamos bem atrasados nas possibilidades com a Índia. O maior ‘upside’ [possibilidade de crescimento] de comércio é com a própria Índia, pois o comércio é limitado. Há um enorme espaço. Não temos nada ainda realizado em termos de comércio”, declarou.

O ministro anunciou a intenção de aumentar os investimentos entre as economias do Brics e também as trocas tecnológicas entre os parceiros.

G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Humilde Iconoclasta disse:

    Quem mais reclama é quem mais se beneficia. Chora bando de petralhas escrotos. Melhor vocês chorando aqui do que fazendo merda no governo.

  2. Anderson disse:

    A ignorância é perversa mesmo!

  3. Rivanaldo disse:

    Achei inovador esse lance de taxar o seguro desemprego. Imposto sobre as grandes pobrezas. Impressionante.

Em combate ao vício, China impõe limite de 90 minutos diários de videogame para crianças e adolescentes

Foto: Tencent

Os chineses são loucos por videogames. Em qualquer jogo on-line eles são conhecidos por serem os mais poderosos, pelo grande investimento de tempo e dinheiro. Mas essa realidade está prestes a mudar. Nesta quinta-feira, o governo chinês publicou novas regras para combater o vício em jogos eletrônicos, impondo limites para crianças e adolescentes.

“Esses problemas afetam a saúde física e mental das crianças, assim como o aprendizado e a qualidade de vida”, afirmou em comunicado a Administração Geral de Imprensa e Publicações, órgão do governo chinês responsável pela regulação de publicações impressas e na internet.

A partir de agora, menores de 18 anos poderão jogar apenas por 90 minutos nos dias úteis. Nos fins de semana, o limite é de três horas diárias. E eles não poderão virar a madrugada vidrados em telefones e computadores, os jogos são liberados apenas entre 8h e 22h.

E os jogadores que investem dinheiro na compra de bens virtuais, para mudar o visual dos avatares ou avançar mais rapidamente nos jogos, também terão limites. A partir de agora, menores de 8 anos não podem mais fazer compras. Entre 8 e 16 anos, o limite é de 200 yuans por mês, cerca de R$ 115. Jovens entre 16 e 18 anos podem gastar até 400 yuans.

Para garantir a aplicação da lei, desenvolvedores terão que implantar sistemas de registro que exijam o uso de nomes reais e números de identificação. Para analistas, as novas regras são restritivas para os cerca de 170 milhões de jovens conectados, 20% do total de usuários de internet na China. Contudo, a indústria não deve ser muito afetada, pois as principais desenvolvedoras, como Tencent e Netease, já estavam se ajustando proativamente a possíveis sanções.

“Menores respondem por uma pequena porcentagem do gasto total, então teremos um impacto pequeno no gasto total em videogames na China por causa dessas mudanças”, avaliou a consultoria Niko Partners.

Em 2017, a Tencent impôs limites de uma hora diária para menores de 12 anos, e de duas horas para jovens entre 12 e 18 anos. Desde então, a empresa percebeu o uso de diversas táticas usadas por crianças e adolescentes para burlar o sistema de verificação. Por isso, a empresa adotou um sistema de reconhecimento facial no seu principal título, “Honor of Kings”.

— Mas sempre haverá brechas — afirmou Daniel Ahmad, analista da Niko Partners, ao “New York Times”.

O Globo

Fifa confirma Mundial de Clubes de 2021 com 24 times na China

Gianni Infantino presidente da Fifa — Foto: Reuters

A Fifa confirmou na manhã desta quinta-feira que o Mundial de Clubes de 2021 será realizado mesmo na China e terá a inédita participação de 24 clubes. A decisão, oficializada durante a reunião do Conselho da entidade em Xangai, foi comemorada pelo presidente Gianni Infantino, que ressaltou a importância de pela primeira vez ser de fato disputada pelos melhores time do planeta na temporada correspondente.

– É uma decisão histórica para o futebol, porque o conselho da FIFA decidiu hoje, por unanimidade, nomear a China como sede da nova Copa do Mundo da FIFA. O novo (torneio) será uma competição que toda pessoa … qualquer um que ama futebol, está ansioso por ver. É a primeira Copa do Mundo real e verdadeira onde os melhores clubes competirão. Ela contará com 24 equipes e será realizada entre junho e julho de 2021 – destacou Infantino em entrevista coletiva.

O plano para a implementação de de uma nova Copa do Mundo de Clubes foi aprovado em uma reunião do Conselho da FIFA em Miami, em março, e a indicação da China aguardava apenas a confirmação. O reformulado torneio, passaria a ocorrer de quatro em quatro anos entre junho e julho, substituindo no calendário a Copa das Confederações, disputada sempre um ano antes do Mundial de seleções. As edições de 2019 e 2020 da Copa do Mundo de Clubes serão ambas realizadas no mês de dezembro no Catar, ainda com a habitual presença de seis times representando seus respectivos continentes (além de uma equipe local), com a grande final sendo jogada em Doha.

 

Globo Esporte

 

Trump ataca Irã, China, Venezuela, ONGs, imigração e socialismo em discurso na ONU

Foto: Don Emmert/AFP

O presidente Donald Trump fez uma defesa do patriotismo e do direito de cada país lutar pelos próprios interesses ao fazer seu discurso na abertura da Assembleia Geral da ONU, em Nova York, nesta terça-feira (24). Ele também fez críticas ao Irã, à Chna e a ONGs que defendem migrantes

“O futuro não será dos globalistas. Será dos patriotas”, disse. “Se você quer liberdade, tenha orgulho de seu país. Se quer democracia, defenda sua soberania. Se quer paz, ame sua nação.”

Trump também criticou a imigração e disse que a vinda de estrangeiros ilegais “mina a prosperidade do país” e acusou as ONGs que ajudam migrantes ilegais: “Suas políticas são cruéis e más, e ajudam a minar os direitos humanos”.

Ele prometeu combater as redes de tráfico internacional, e se dirigiu às pessoas que querem imigrar de forma ilegal. “Não pague coiotes. Não se coloque em perigo. Se você chegar até aqui, será rapidamente enviado de volta para casa. Enquanto eu for presidente, vamos reforças nossas fronteiras.”

O presidente acusou outros países, especialmente a China, de se beneficiarem das regras do comércio global de modo a prejudicar a economia dos EUA e, especialmente, sua classe média. “A Organização Mundial do Comércio precisa de mudanças drásticas”, disse.

“Durante anos, estes abusos [no comércio internacional] foram tolerados, ignorados, ou mesmo estimulados”, denunciou Trump, questionando novamente a globalização.

Segundo ele, o “globalismo” levou os líderes mundiais a ignorarem seus próprios interesses nacionais. “Mas, no que diz respeito aos Estados Unidos, esses dias acabaram”, frisou.

Trump destacou os baixos números de desemprego e a queda da pobreza nos EUA durante seu governo, e que negros e hispânicos também se beneficiaram.

Ainda ao falar da China, citou a situação em Hong Kong, onde manifestantes protestam contra medidas do governo central, em Pequim. “A forma como a China lidará com essa situação dirá muito sobre seu papel no mundo no futuro.”

Houve ainda ataques ao Irã, chamado de país sanguinário e principal financiador do terrorismo. “Todas as nações têm o dever de agir. Nenhum governo responsável deveria subsidiar o desejo de sangue do Irã.”

A Venezuela também foi citada. O ditador Nicolás Maduro foi chamado de “marionete cubana, protegido por seguranças cubanos”.

O presidente atacou o socialismo e disse que esse modelo jamais terá espaço nos EUA. “A Venezuela nos lembra de que o socialismo e o comunismo não se tratam de justiça, não versam sobre igualdade, nem sobre a ajuda aos pobres (…) O socialismo e o comunismo tratam de uma única coisa: do poder da classe dirigente”, completou.

Apesar dos ataques a vários países, Trump disse que seu país, apesar de ter a maior força militar do mundo, prefere que seja melhor não utilizá-la, e que “busca parceiros, não adversários”.

Ao final do discurso, o presidente defendeu os direitos LGBT e disse que os EUA trabalham para que outros países descriminalizem a homossexualidade. Ele também defendeu a igualdade de pagamento entre homens e mulheres e a liberdade religiosa.

Trump não citou o Brasil em seu discurso. Ele falou logo após a participação do presidente Jair Bolsonaro. O líder brasileiro também fez críticas à ONGs e ao socialismo em sua participação.

Folha de São Paulo

 

China libera a importação de carne de 25 frigoríficos brasileiros

Foto: Reprodução

Em um momento em que alguns países europeus defendem a adoção de barreiras comerciais ao Brasil , por causa das queimadas na Floresta Amazônica , a China informou, nesta segunda-feira, que vai autorizar a importação de carnes de 25 novos frigoríficos brasileiros. A decisão foi tomada cerca de um mês antes da viagem do presidente Jair Bolsonaro àquele país.

Segundo o Ministério da Agricultura, do total de estabelecimentos autorizados, 17 são fornecedores de carne bovina. Também foram habilitados seis frigoríficos exportadores de frango, um de carne suína e um de asininos (mulas e burros).

Os chineses são os principais compradores de carnes do Brasil. Junto com Hong Kong, o pais importa 40% do total exportado pelos frigoríficos brasileiros.

Esses 25 estabelecimentos habilitados vão se juntar aos 64 frigoríficos brasileiros que já são autorizados a vender para o mercado chinês. Hoje, as vendas de carnes para a China oriundas do Brasil são estimadas em cerca de US$ 2,5 bilhões por ano.

Confira a lista

Carne bovina

Cooperativa dos Produtores de Carne e Derivados de Gurupi – Gurupi (TO)
Cooperativa dos Produtores de Carne e Derivados de Gurupi – Rio Maria (PA)
Frigorífico Redentor – Guarantã do Norte (MT) –
Minerva – Palmeira de Goiás (GO)
Minerva S/A – Rolim de Moura (RO)
Barra Mansa Comércio de Carnes e Derivados Ltda – Sertãozinho (SP)
Agroindustrial Iguatemi Eirelli – Iguatemi (MS)
Marfrig Global Foods – Tangará da Serra (MT)
Naturafrig Alimentos Ltda – Barra do Bugres (MT)
Marfrig Global Foods – Várzea Grande (MT)
Masterboi Ltda – São Geraldo Araguaia (PA)
Frigol – Água Azul do Norte (PA)
Plena Alimentos S.A – Paraíso do Tocantins (TO)
Agroindustrial de Alimentos S.A – Rondonópolis (MT)
Naturafrig – Rochedo (MS)
Vale Grande Indústria e Comércio de Alimentos – Matupá (MT)
Mercúrio Alimentos – Castanhal (PA)

Frango

Cooperativa Central Aurora Alimentos – Mandaguari (PA)
Coasul Cooperativa Agroindustrial – São João (PR)
Rio Branco Alimentos S.A – Visconde do Rio Branco (MG)
Gonçalves e Tortola S.A – Paraíso do Norte (PR)
BRF – Lucas do Rio Verde (MT)
Granjeiro Alimentos Ltda – Rolândia (PR)

Suínos

BRF S.A – Lucas do Rio Verde (MT)

Asininos
Nordeste Pecuária, Indústria e Comércio Ltda – Amargosa (BA)

O Globo

 

China decide punir crimes de pedofilia com pena de morte em casos natureza “extremamente maléfica” e que causem “consequências extremamente graves”

O Tribunal Popular Supremo da China anunciou nesta quarta-feira (24) que os condenados por crimes sexuais contra menores que sejam de natureza “extremamente maléfica” e que causem “consequências extremamente graves” serão castigados com a pena de morte.

“Os crimes de estupro contra menores prejudicam seriamente a saúde mental e física dos menores e violam gravemente a ética e a moral social. O Tribunal Popular Supremo sempre manteve uma postura ferrenha de tolerância zero”, explicou a máxima instância judicial chinesa em seu site.

Neste mesmo artigo, a instituição revela que hoje foi executado um criminoso chamado He Long que violentou várias meninas menores de 14 anos e as forçou a se prostituir.

Segundo dados oficiais, entre 2017 e junho deste ano foram julgados mais de 8.300 casos de crimes sexuais contra menores em tribunais do país.

O número de casos aumentou, segundo o site do Supremo, devido ao fato que a população está cada vez mais consciente dos direitos das crianças e faz as denúncias imediatamente.

Nesse sentido, o Supremo indicou que os condenados por crimes de pedofilia enfrentarão penas mais severas, mas “dentro dos limites dos castigos classificados”.

R7, com EFE

 

Neymar é confirmado em viagem de pré-temporada do PSG à China

Foto: Lance

Um dia após o técnico do Paris Saint-Germain afirmar que Neymar realmente tem a intenção de deixar o clube, o camisa 10 apareceu no treinamento, sorridente, ao lado de Mbappé, em foto divulgada pelo próprio clube durante a pré-temporada do time parisiense na Alemanha.

O craque brasileiro, mesmo em meio ao imbróglio envolvendo uma possível saída do Paris Saint-Germain, vai viajar com a equipe para a China no dia 23 de julho, para a realização de amistosos de pré-temporada. A decisão foi tomada, segundo a imprensa francesa, em reunião com o diretor de futebol Leonardo, na mesma reunião em que comunicou seu desejo de ser negociado.

Neymar vive dias de indecisão com a camisa do Paris Saint-Germain, já que se ‘atrasou’ para a reapresentação da equipe na última semana, e ouviu Leonardo dizer que ele não é inegociável. No entanto, segundo a imprensa francesa, o PSG não aceitou a primeira oferta feita pelo Barcelona na tentativa de repatriá-lo.

Lance

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Bento disse:

    Também concordo.

  2. junin disse:

    A SELEÇAO JOGA MUITO MELHOR SEM ESSE PAVAO …. !!!!

Queda de comércio com Estados Unidos afeta exportações brasileiras

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

As exportações brasileiras recuaram 10,4%, em valor, na comparação de junho deste ano com o mesmo período do ano passado. No acumulado do primeiro semestre, a queda chegou a 3,5%. Os dados são do Índice de Comércio Exterior (Icomex) da Fundação Getulio Vargas (FGV).

De acordo com a FGV, o resultado foi puxado pela queda nas exportações para os principais parceiros do país: Estados Unidos, China e Argentina. No caso do nosso vizinho sul-americano, o recuo das vendas brasileiras é explicado pela crise econômica naquele país.

No caso da China, que é destino de 26% das nossas exportações, a queda do valor exportado em junho foi 4,1%. Segundo a FGV, houve uma queda de 3,7% no volume exportado e de 1,9% no preço desses produtos.

No caso dos Estados Unidos, houve uma queda de 12,2% no valor exportado em junho, depois de um crescimento no mês anterior. O preço dos produtos exportados para o mercado norte-americano caiu 10,6% e o volume, 1,6%.

Apesar da queda do valor exportado para outros países, a balança comercial brasileira conseguiu fechar o mês com um saldo positivo de 5 bilhões de dólares e o semestre, com superávit e 26 bilhões.

Agência Brasil

China, Indonésia e Cayman suspendem voos com Boeing 737 Max 8

Foto: Reprodução

Autoridades de China, Indonésia e Cayman anunciaram a partir da noite de domingo a suspensão temporária de voos com o Boeing 737 Max 8 após um acidente com uma aeronave desse modelo da Ethiopian Airlines no domingo na Etiópia, no qual morreram todas as 157 pessoas a bordo.

Foi o segundo acidente envolvendo a mesma aeronave em cinco meses, ambos durante a decolagem. O outro desastre ocorreu em outubro, na Indonésia, num voo da Lion Air, que deixou 189 mortos.

A Administração de Aviação Civil da China determinou nesta segunda-feira em Pequim a suspensão temporária de voo para todas as aeronaves Boeing 737 Max 8 operadas por companhias aéreas chinesas a partir das 18h (6h de segunda-feira em Brasília).

Em sua decisão, o regulador da aviação chinesa notou semelhanças entre os dois acidentes, chamando atenção para o fato de os dois acidentes terem ocorrido na fase de decolagem.

O regulador disse que a decisão estava “em linha com nosso princípio de tolerância zero e controle rigoroso para riscos de segurança”.

Informou ainda que entraria em contato com as autoridades de aviação dos Estados Unidos e da Boeing antes de permitir a retomada dos voos com a aeronave.

Uma notificação separada da Comissão de Supervisão e Administração de Ativos Estatais da China diz que as companhias aéreas chinesas atualmente operam 96 Boeing 737 Max 8s.

Cayman

A Cayman Airways também anunciou na noite de domingo que suspenderá a partir desta segunda-feira os voos com o Boeing 737 Max 8 enquanto estiverem em cursos investigações sobre o acidente na Etiópia.

O presidente e diretor-executivo da Cayman Airways, Fabian Whorms, disse que a companhia aérea está “colocando a segurança dos nossos passageiros e da tripulação em primeiro lugar”.

“Nós tomamos a decisão de suspender as operações de ambos os nossos novos Boeing 737 Max 8, com vigência a partir de segunda-feira, 11 de março de 2019, até que mais informações sejam recebidas”, disse o comunicado.

Whorms disse que a empresa estava trabalhando em coordenação com a Boeing e a autoridade de aviação civil das Ilhas Cayman para monitorar a investigação sobre o voo ET 302 da Ethiopian Airlines.

Indonésia

Alvin Lie, funcionário do governo da Indonésia especialista em aviação, disse ao jornal “Jakarta Post” neste domingo que o país deve proibir os voos com o Boeing 737 Max 8. A Indonésia tem duas companhias aéreas que usam os aviões – Garuda Airlines e Lion Air (esta com o histórico de um acidente com 189 mortes em outubro de 2018 com a aeronave).

“O ministério deve estar pronto para temporariamente deixar em terra todos os Boeing 737 Max 8 que ainda estão operando na Indonésia, a fim de evitar mais acidentes”, disse Alvin Lie ao jornal.

Boeing

A Boeing informou no domingo que cancelou um evento em Seattle (EUA) para mostrar seu novo avião 777X, marcado para quarta-feira.

Valor

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. JOAO MARIA disse:

    É MAS AQUI NO BRASIL A GOOL QUE USA ESTE TIPO DE AERONAVE NÃO SUSPENDEU, SERÁ QUE SÓ VAI SUSPENDER QUANDO CAIR MAIS????, O IMPORTANTE É FATURAR SE MORREM PASSAGEIROS NO OUTRO DIA VEM MAIS, CREIO QUE É POR AI