China defende vacinação emergencial contra Covid-19 e diz ter apoio da OMS

Foto: CARLOS GARCIA RAWLINS / REUTERS

A Comissão Nacional de Saúde da China, equivalente ao Ministério da Saúde brasileiro, afirmou nesta terça-feira (20) que o país ainda está sob “enorme pressão” com os riscos de casos importados da Covid-19 e, por essa razão, tem vacinado centenas de milhares de pessoas com fórmulas experimentais contra o novo coronavírus sob aprovação emergencial. O diretor do Centro de Desenvolvimento para Ciências Médicas da pasta, Zheng Zhongwei, afirma que a medida tem a aprovação da Organização Mundial da Saúde (OMS) e segue deliberações rigorosas de especialistas em imunizações e ética em saúde.

Zhongwei, no entanto, não detalhou quantas pessoas já foram imunizadas na nação asiática. Ao todo, três imunizantes receberam autorização emergencial da comissão: dois produzidos pela China National Biotec Group Co., subsidiária da estatal Sinopharm, e a CoronaVac, desenvolvida pelo laboratório Sinovac Biotech e testada no Brasil em parceria com o Instituto Butantan. Todas ainda estão na fase de testes clínicos para atestar não apenas a eficácia contra o Sars-CoV-2, como também sua segurança.

O uso emergencial, na decisão do governo chinês, se aplica a profissionais da saúde, funcionários que atuam nas fronteiras do país e servidores de companhias estatais. Agora, Pequim avalia estender a imunização para estudantes que deixarão o país por motivos acadêmicos. Em pelo menos duas cidades chinesas, a população pode decidir se imunizar com a CoronaVac.

Zhongwei informou na mesma coletiva de imprensa que os indivíduos que são vacinados no programa de uso emergencial são acompanhadas para monitorar qualquer reaçao adversa, o que ainda não ocorreu.

O novo coronavírus foi identificado pela primeira vez em Wuhan, na província de Hubeii, região central da China. No entanto, o país controlou significativamente a doença com medidas rígidas para interromper a cadeia de transmissão. Oficialmente, as estatisticas indicam 91 mil infectados e pouco mais de 4,7 mil mortes.

Corrida pela vacina

Laboratórios chineses estão no páreo da corrida global por um imunizante capaz de bloquear a infecção pelo Sars-CoV-2. Na coletiva da Comissão Nacional de Saúde, representantes da Sinovac e da Sinopharm, que pretende produzir 1 bilhão de doses de sua vacina em 2021, informaram que nenhum efeito colateral foi identificado em participantes da fase 3 dos ensaios clínicos de suas respectivas fórmulas, um contraponto aos testes da americana Johnson & Johnson, recentemente pausados para investigar uma possível reação de um dos voluntários.

Em setembro, os trabalhos da vacina candidata da Universidade de Oxford (Reino Unido) e da farmacêutica AstraZeneca também foram interrompidos, mas retomados depois que investigações independentes concluíram que o efeito colateral não tinha relação com a fórmula.

As infecções diárias na China têm se mantido abaixo de 100 desde meados de agosto, mas o país asiático continua enfrentando surtos locais. O mais recente ocorreu na cidade portuaria de Qingdao, no Leste. Três outros episódios foram controlados, incluindo um na capital, Pequim, em junho, através de campanhas massivas de testagem da população. Milhões de chineses foram testados em diversas cidades em questão de dias. Máscaras e checagem de temperatura continuam sendo obrigatórias em locais públicos e estrangeiros que chegam ao país precisam se quarentenar por duas semanas.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. José Ribeiro disse:

    SÓ PODE SER BRINCADEIRA…. SÓ PODE SER PIADA. Esse organismo deveria ser repensado.

  2. José Ribeiro disse:

    Esse organismo deveria ser repensado.

  3. José Ribeiro disse:

    SÓ PODE SER BRINCADEIRA…. SÓ PODE SER PIADA. Não bastou o faturamento com respiradores para a pandemia da OMS?

  4. FLAVIO disse:

    Vacina Chinesa,nunca !!!!

  5. Chico 200 disse:

    Claro! A China é a maior parceira dessa organização de PN

  6. Talita disse:

    Quem causou o vírus quer oferecer a solução . Assim quantas vezes mais eles vão fazer isso?

    • Devolva o Brasil para os Índios disse:

      Se vc tiver como provar que o vírus foi um "INVENÇÃO" intencional, ai vc poderá lançar essa tese.

5G: EUA pedem que Brasil ‘mantenha olhar crítico’ sobre papel da China

Representante comercial dos EUA, Robert Lighthizer. Foto: Moneymaker/Pool via REUTERS 17-06-2020

As principais autoridades norte-americanas exortaram o Brasil a monitorar cuidadosamente os investimentos chineses no país e os movimentos de Pequim para expandir sua influência na maior economia da América Latina por meio da venda de tecnologia 5G pela Huawei Technologies.

O representante comercial dos Estados Unidos, Robert Lighthizer, ressaltou o desejo do governo do presidente Donald Trump de expandir os laços econômicos com o Brasil, mas minimizou perspectivas de um acordo de livre-comércio abrangente, dada a atual oposição do Congresso.

Lighthizer disse que os acordos comerciais alcançados com o Brasil na segunda-feira (19) abririam o caminho para novas negociações sobre aço, etanol e açúcar e promoveriam maiores investimentos dos EUA, num momento em que Washington se move para fornecer um contrapeso à expansão da China na região.

“Eu diria claramente que há um elemento China… em tudo o que todos nós fazemos”, disse Lighthizer em evento organizado pela Câmara Americana de Comércio. “A China tem feito movimento muito significativo no Brasil. Eles são o maior parceiro comercial do Brasil, então é algo que nos preocupa.”

Os comentários de Lighthizer fazem parte de uma ampla campanha dos Estados Unidos para convencer o Brasil a evitar investimentos em tecnologia 5G da China e reduzir sua dependência das importações chinesas.

O assessor econômico da Casa Branca, Larry Kudlow, disse que o governo norte-americano instou o presidente Jair Bolsanaro e outras autoridades brasileiras a acompanhar de perto os investimentos e tecnologias avançadas da China, como fez Washington.

“Incentivamos o Brasil… a tentar trabalhar junto para garantir que vigiemos a China com atenção no que diz respeito a todos os tipos de tecnologia e telefonia e 5G”, disse ele no evento.

“Temos atuado aqui nos Estados Unidos, continuamos avançando, e é minha grande esperança que o Brasil atue conosco”, acrescentou. “Esperamos que o Brasil também mantenha um olhar crítico e cuidadoso sobre os investimentos chineses.”

O embaixador norte-americano em Brasília, Todd Chapman, alertou em julho que o país pode enfrentar “consequências” se permitir a Huawei em sua rede 5G, referindo-se aos avisos dos EUA de que a China não consegue proteger a propriedade intelectual.

Os EUA intensificaram os esforços para limitar o papel da Huawei na implementação da tecnologia de alta velocidade de quinta geração no Brasil nos últimos meses. Os EUA acreditam que a Huawei entregará dados ao governo chinês para espionagem, uma afirmação que a Huawei nega.

Chapman disse no evento da Câmara de Comércio que Estados Unidos e Brasil pretendem dobrar o comércio bilateral em cinco anos ante valor atual de cerca de 100 bilhões de dólares.

Ele disse que o acordo assinado na segunda-feira representa um avanço substancial nos laços comerciais e ajudaria a facilitar futuras negociações.

Segundo Chapman, Estados Unidos e o Brasil também estão discutindo cooperação militar de “nível estratégico” e buscando formas de aumentar o intercâmbio de tecnologia.

Reuters

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Antonio Turci disse:

    O Presidente, salvo melhor juízo, precisa entender que na selva das relações internacionais não "existem amigos, mas interesses". Portanto tem que ver o que é melhor para o Brasil de mpdo impessoal.

  2. Marquito disse:

    Galinha que acompanha pato morre afogada

  3. João Silva disse:

    É bom alguém de fora para alertar este governo brasileiro, que parece obnubilado pela campanha eleitoral vindoura… Não foi para ceder à pressão oposicioniata que o elegemos, há dois anos.

  4. riva disse:

    O pt e agregados deixaram o Brasil no lucro junto à Angola, Cuba e Venezuela. Fora outras ditaduras cu de cachorro espalhadas pelos cinturões da corrupta esquerda mundo à fora.

  5. Marquito disse:

    Enquanto o Brasil não levar uma rasteira do Estados Unidos essa praga de presidente não sossega

  6. paulo disse:

    BG.
    O Brasil precisa urgente se reindustrializar para gerar emprego para os milhões de desempregados e produzir produtos de qualidade como tinhamos antes. Com os ladroes do pt no poder a industria Brasileira foi excurraçada e passamos a comprar lixo da china e gerar empregos lá na sua ditadura criminosa em que o trabalhador é verdadeiramente um escravo.

    • Gustavo disse:

      Problema é a mão de obra pouco qualificada que nós temos. Nosso sistema educacional não produz bons profissionais atualizados.
      Aliás, o ensino superior é totalmente desconectado com a realidade e com o mercado.

    • Sérgio disse:

      É só cortar as relações com a China. Já que é tão ruim, chama os embaixadores de volta.
      É cada "analista" que aparece por aqui!

Sementes misteriosas da China chegam ao Amazonas, último estado a registrar casos

Sementes misteriosas chegaram aos municípios de Humaitá e Autazes. — Foto: Divulgação/Adaf

As sementes misteriosas já chegaram a todos os estados do Brasil. O Amazonas, que era o último estado sem registros, notificou os primeiros casos na quinta-feira (8).

Sete pacotes das sementes foram recebidos por moradores do estado, cinco em Humaitá e dois em Autazes, no interior do estado. Eles foram repassados às equipes de fiscalização agropecuária da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado (Adaf).

Até terça-feira (6), foram confirmados 258 pacotes de sementes não solicitados em 24 estados e no Distrito Federal, segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). O Maranhão, que também não tinha casos, registrou os primeiros ainda na terça.

O Mapa afirmou que a origem das embalagens são países asiáticos, como China e Malásia. Após análises das sementes, o ministério encontrou fungos, ácaro e até possíveis plantas daninhas nos pacotes.

Moradores de Estados Unidos e Canadá também registraram casos semelhantes. A suspeita do governo brasileiro é que seja uma fraude relacionada ao comércio on-line.

Adaf orienta para entrega

A Adaf alerta que a entrada de vegetais sem autorização traz riscos fitossanitários e que os pacotes não devem ser abertos e nem jogados no lixo. Em um dos casos, a pessoa informou que havia realizado uma compra pela internet e, de brinde, um pacote com sementes misteriosas estava contido na embalagem.

Conforme a Adaf, a abertura dos pacotes ou a plantação das sementes pode implicar na disseminação de doenças, pragas, ervas daninhas que poderão causar prejuízos econômicos irreparáveis ao agronegócio familiar e empresarial.

A pessoa que receber pelos Correios pacotes com sementes não solicitadas deve comunicar o fato imediatamente à Adaf ou ao Mapa pelos telefones (92) 99390-1750 ou 0800-704-1995, sem medo de ser penalizado. A população pode comunicar também pelo AdafOuv: (92) 99380-9174 (ligação e WhatsApp).

Suspeita de fraude

Nos Estados Unidos, onde os pacotes também chegaram, o Departamento de Agricultura (USDA, em inglês) trabalha com a possibilidade de que as encomendas indesejadas estejam relacionadas a uma fraude conhecida como “brushing”.

O “brushing” é, essencialmente, o envio de mercadorias não solicitadas com o objetivo de registrar compras falsas. A semente, no caso, apenas cumpre a finalidade de não deixar o pacote vazio.

A semente, no caso, apenas cumpre a finalidade de não deixar o pacote vazio. Isso explicaria por que as autoridades até agora não encontraram sinais de tentativas de bioterrorismo ou contaminação.

G1

China afirma ter encontrado coronavírus em carne exportada pelo Brasil

Foto: Touro, boi, vaca | Arquivo Google

Quase dois meses depois de a China ter dito que encontrara resíduos de coronavírus num lote de asas de frango importado do Brasil, as autoridades chinesas voltam a fazer a mesma afirmação — só que em relação à carne bovina exportada pelo Brasil.

Desta vez, as autoridades chinesas disseram ter detectado vestígios de coronavírus na embalagem de carne bovina numa inspeção feita no Porto de Dalian, um dos maiores do país.

A carne foi produzida pelo frigorífico Minerva, especificamente pela unidade localizada em Barretos (SP), cidade onde a empresa foi fundada há 96 anos. O Minerva é o terceiro maior produtor de carne bovina so Brasil, fica atrás somente da JBS e Marfrig.

A embaixada do Brasil em Pequim já foi comunicada oficialmente do caso.

De janeiro a julho, o Brasil exportou 1,1 milhão de toneladas de carne bovina. Isso significa um faturamento de US$ 4,7 bilhões. Desse total, 60% do faturamento vêm exatamente da China.

É importante pontuar que no caso do frango ocorrido há dois meses, em que as autoridades municipais de Shenzhen afirmaram ter encontrado a presença de coronavírus também na embalagem de produto exportado pelo Brasil, nunca ficou esclarecido exatamente o que aconteceu, pois a contraprova jamais foi mostrada às autoridades brasileiras.

Lauro Jardim – O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Antonio Turci disse:

    A China pode ser uma potência, mas não tem credibilidade pelo fato de não ser uma democracia. Lá tudo é censurado além do razoável.

  2. Sérgio Sperkoski disse:

    Desde quando chinês come carne?

  3. Said disse:

    Essa peste não veio da China? Mais que justo devolvelos. Pra eles,ora bolas!

  4. Fora pt disse:

    Eles querem difamar o Brasil pro mundo só pra comprar carne mais barato, vão se dar mal, temos um grande mercado interno.
    Tem covid19 na carne? Não comprem, continuem a comer carne de cachorro e tomar sopa de morcego.

  5. Toim disse:

    E na do burro, encontraram alguma coisa ???

  6. Flavia disse:

    Go vegan!
    Alimentaçao sem sofrimento animal evitaria essa situaçao toda!

    • Armando disse:

      Ok, Vamos parar de produzir carnes, aí passariam a encontrar esse vírus nas embalagens de soja!!!
      Ou nos outros alimentos que têm aparência de carne, textura de carne e gosto de carne, mas é feito de vegetais cheios de aditivos para parecer carne, cheirar como carne e ter gosto de carne!
      Viva a filosofia organicista hipócrita!

    • Flavia disse:

      Que eu saiba esse vírus veio dos morcegos e nao da soja… Rs
      Assim como a gripe aviária, suína… Animais vivendo em condicoes péssimas facilitando a disseminaçao de doencas. É assim que funciona a pecuária!

      Entao continue consumindo proteína animal e destruindo o planeta para suas próximas geracoes, Armando!

  7. valter disse:

    Mas o vírus não veio da China. Então, eles pensam que o mal não volta para quem faz ???

  8. disse:

    Não. Entendi nada. Encontraram vestígio de COVID na embalagem? Ou na carne bovina? Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa kkkkkk.

  9. Zanoni disse:

    PQP…Deve ter ido um político brasileiro em meio à carne…kkkkkkkkkk

OLHA SÓ: China está há 50 dias sem registrar infecções locais de coronavírus

Foto: Carlos Garcia Rawlins/Reuters

A China chegou a 50 dias consecutivos sem registrar novas infecções de covid-19 em nível local no domingo (4), embora tenha detectado 20 casos em viajantes do exterior, de acordo com a parte oficial publicada pela Comissão Nacional de Saúde.

Dos casos “importados”, dez foram detectados em Xangai (leste); 3, em Sichuan (centro); 2, na Mongólia Interior (norte); outros 2, em Fujian (sudeste); um, em Shanxi (centro); outra, em Jiangsu (leste), e a última em Cantão (sudeste).

Quanto aos infectados assintomáticos, a China acrescentou 27 novos positivos no último relatório, todos eles também vindos de outros países, o que eleva para 369 o número de infectados que não apresentam sintomas e que estão sob observação médica.

Até agora, o número total de infectados ativos na China continental chega a 208 pessoas, das quais uma permanece grave.

A Comissão Nacional de Saúde não anunciou novas mortes por covid-19, então o número permaneceu em 4.634, entre os 85.470 infectados oficialmente diagnosticados na China desde o início da pandemia.

Destes, 80.628 já superaram a doença.

Até o momento, 836.287 contatos próximos com pessoas infectadas foram acompanhados, dos quais 8.013 permanecem sob observação.

A agência também informou no final de semana sobre a evolução da pandemia na região semi-autônoma de Hong Kong, onde cinco casos foram somados a 5.113 e o número de mortes permaneceu em 105.

Na vizinha Macau, tudo continua sob controle, com 46 casos, sem novas infecções e zero mortes.

R7 via EFE

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Martha Maria Barbosa Varella disse:

    Vocês acreditam que a China publica a verdade? Desde quando?

  2. Antonio Turci disse:

    Você acredita em Papai Noel? Em Mula-sem-cabeça? Em Saci-pererê? Em Curupira? Em Caipora? Em Uiara? Em Boitatá? Se acreditas nestas "entidades", então pode acreditar em notícias da China. Lá só se torna pública a notícia que o govetno permite, ou seja o PCC -Partido Comunista Chinês.

  3. Venâncio disse:

    Ainda tem quem acredita na China???

  4. Augusto Fonseca disse:

    Também, começou a vacinar todo mundo no final de junho!

FOTOS: Mulher em SP diz que gata morreu após comer folha de ‘sementes misteriosas’ que vieram da China

Marisa Silveira contou que gato comeu folha de planta de semente misteriosa e morreu — Foto: Reprodução/TV TEM

Uma moradora de Itapetininga (SP) afirma que sua gata morreu depois de comer a folha de “sementes misteriosas” que recebeu ao fazer compras online em um site chinês. Não há, por ora, nenhum laudo veterinário ou comprovação científica que ligue a morte às sementes.

À TV TEM, Marisa Silveira disse que comprou roupas no site e recebeu as sementes em um envelope antes das suas encomendas chegarem. Segundo ela, não havia nenhum endereço de remetente, mas na embalagem estava escrito “Express”, “China” e “gratuito”, e as sementes estavam embaladas. Ela, então, plantou em um vaso.

“Comprei umas três vezes em um site chinês e acredito que pegaram meu endereço de lá. Não tem outra explicação”, diz.

Segundo Marisa, a gata comeu as folhas da planta e começou a passar mal. Ela decidiu levar até uma clínica veterinária. Exames foram feitos, mas nada de anormal foi constatado.

O veterinário, então, sugeriu a eutanásia alegando que barriga da gata estava com muito líquido que precisava drenar. Contudo, não foi possível identificar a causa da morte.

“Plantei e jamais imaginei que poderia ser uma planta tóxica. Agora estou assustada. A gata comeu e suspeito que pode ser a folha que intoxicou minha gata”, disse.

Recebeu as sementes? Saiba o que fazer

O Ministério da Agricultura informou que já recebeu 36 denúncias, em oito estados, sobre o envio de pacotes de sementes não solicitadas.

Essas sementes misteriosas normalmente vêm junto com produtos comprados pela internet, em sites ou aplicativos internacionais. Segundo o ministério, a origem das embalagens é de países asiáticos, como China e Malásia. Os chineses negam o envio e falam que as embalagens foram fraudadas.

O Ministério da Agricultura reforça para que a população tenha cuidado e não abra encomendas de sementes não solicitadas, seja qual for o país de origem.

Caso o cidadão receba as sementes, a orientação é que o material seja entregue em uma das unidades do ministério ou no órgão estadual de Defesa Agropecuária.

O pacote também não deve ser descartado no lixo para evitar que o contato das sementes com o solo cause prejuízos ao meio ambiente.

O ministério informou que todo o material recolhido está sendo analisado pelo Laboratório Federal de Defesa Agropecuária de Goiânia, referência no país. Os técnicos querem descobrir a espécie da semente e se ela traz riscos à saúde.

Moradora de Itapetininga (SP) recebeu pacote com sementes misteriosas após compra em site chinês — Fotos: Reprodução/TV TEM

G1

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. José Macedo disse:

    Povo sem noção recebe sementes não sabe de quem vindas da China e plantam, igual a essa senhora deve existir dezenas ou centenas de pessoas que já plantaram.
    Queimem essas imundícies que pode prejudicar a nossa agricultura comercial ou familiar, pode ser uma praga.

  2. avelino disse:

    É PESSOAL CUIDADO COM A CIMENTE QUE TÁ VINDO DA CHINA. PRIMEIRO FOI A CONVID 19 PARA PLANA O CAMINHO, AGORA TÁ MANDANDO AS CIMENTINHAS, QUANDO VC PENSAR VAI TÁ FALANDO CHINE, COMUNISTA É DE LASCAR, TOMAMOS CUIDADO.

  3. Moral dos Santos disse:

    Super esperta ein dona Marisa, se fizer um teste de QI vai descobrir que é uma galinha.

Covid-19: China diz que OMS aprovou uso emergencial de vacina

Foto: Wu Hong/EFE/EPA

A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse à China que apoia e compreende que o país inicie a administração de vacinas contra coronavírus experimentais enquanto os testes clínicos ainda estão em andamento, disse uma autoridade de saúde chinesa nesta sexta-feira (25).

A China fez contato com a OMS no final de junho e lançou seu programa emergencial em julho, de acordo com Zheng Zhongwei, autoridade da Comissão Nacional de Saúde do país.

Centenas de milhares de trabalhadores essenciais e outros grupos limitados de pessoas que se considera correrem risco alto de infecção receberam a vacina, embora sua eficácia e segurança ainda não tenham sido plenamente estabelecidas, já que os testes clínicos de estágio avançado estão incompletos.

“No final de junho, o Conselho de Estado da China aprovou o plano de um programa de uso emergencial de vacina contra coronavírus”, disse Zheng em uma coletiva de imprensa.

“Após a aprovação, em 29 de junho, fizemos contato com os representantes relevantes do escritório da OMS na China e obtivemos apoio e compreensão da OMS”, disse.

O representante da OMS na China não respondeu de imediato a um pedido de comentário.

A cientista-chefe da agência, Soumya Swaminathan, disse em Genebra neste mês que autoridades reguladoras nacionais podem aprovar o uso de produtos médicos em suas próprias jurisdições na situação atual de emergência, mas descreveu a medida como uma “solução temporária”.

A solução de longo prazo está na conclusão dos testes de estágio avançado, disse a autoridade da OMS.

Reuters

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Lula na cadeia já disse:

    A OMS é muito generosa com a China.

    E a "Ciência" onde é que fica nessa história macabra?

China diz que não ter intenção de travar ‘guerra fria ou quente’

Foto: Carlos Garcia Rawlins/Reuters

O presidente da China, Xi Jinping, disse nesta terça-feira à Assembleia-Geral das Nações Unidas que Pequim “não tem intenção de travar uma guerra fria ou quente com qualquer outra nação”, à medida que as tensões entre a China e os Estados Unidos aumentam.

“Continuaremos a reduzir as diferenças e resolver disputas com outros por meio do diálogo e da negociação. Não buscaremos desenvolver apenas a nós mesmos ou nos envolver em um jogo de soma zero”, disse Xi em discurso gravado para o encontro anual virtual de líderes mundiais durante a pandemia de coronavírus.

A fala de Xi Jinping ocorreu logo após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sugerir, na mesma assembleia, que a China tem responsabilidade pela disseminação do coronavírus, o qual chamou de “vírus chinês”.

Segundo ele, o país asiático proibiu viagens domésticas, mas continuou permitindo voos para o exterior.

R7

China recebe primeira carga de melão exportado do RN

Fotos: Divulgação/Assessoria de Imprensa Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do RN

O Ministério da Agricultura divulgou este final de semana, a chegada da primeira carga de melão exportado pelo Rio Grande do Norte para a China. A carga somou no total, cerca de três toneladas de melão pele de sapo produzidos no município de Mossoró/RN.

Em janeiro deste ano, o Estado recebeu a comitiva chinesa, que com o apoio do IDIARN, inspecionou o melão produzido no RN. Durante os cinco dias de visita foram realizadas diversas atividades, como a inspeção do trânsito vegetal verificando a documentação exigida por lei, que comprova a eficácia dos procedimentos e do trabalho de fiscalização realizado pelo IDIARN.

“Esta conquista, que vinha sendo pautada há muitos anos, foi garantida devido a dedicação de todo o corpo técnico do IDIARN e do apoio do Governo do Estado. Comprovando que o trabalho que a gente faz no Instituto, de fiscalização do trânsito e nas propriedades produtoras, com equipe técnica sempre presente, acompanhando os produtores, com todos os procedimentos que os chineses exigem, foi bem feito e, agora, reconhecido”, explicou Magnos Lacerda, diretor de Defesa e Inspeção Sanitária Vegetal do IDIARN.

O Rio Grande do Norte é um dos maiores produtores de melões do país e já possui acordo de exportação com países como Estados Unidos, Chile, Argentina, Holanda, Portugal, Dubai, Rússia, Alemanha e Espanha.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pedro disse:

    Chico 100 continue que vc ganha uma lavagem de roupa, só tenha cuidado e não fique muito perto de Fatao, caso ela ganhe um chute no saco, vc pode ficar sem dentes, dentista tá caro.

  2. Santos disse:

    Qdo a governadora foi a China, os zumbis natalenses só faziam criticar.
    Agora está aí, literalmente, os frutos sendo colhidos.

  3. Japa disse:

    Dalhe D. Tereza Cristina.

  4. Chico 100 disse:

    Dali, Fátima! Foram anos de luta pra esse fato se realizar. Bolsolixo chegou de carona, mas ele não tem nada a ver com isso. Negociação antiga com longos anos de inspeção pela comitiva chinesa. Querem ganhar o crédito, Igual na transposição do Rio São Francisco. Todos sabemos que o mérito é todo seu, Fátima. Rumo a 2026.

    • Neto disse:

      Parabéns, Ministra da Agricultura, Teresa Cristina!!!!! Sua visita ao nosso estado já está rendendo frutos. A população do RN lhe agradece.

    • Hg disse:

      Fátima do PT vivir escondida.
      Começou o governo no mesmo tempo do MITO Bolsonaro.
      A diferença é, petistas não gosta de trabalhar, fica na moita.
      MITO 2022

Allan dos Santos, do Terça Livre, diz que deixou o Brasil por temer por sua segurança, e acusa embaixadas da China e Coreia do Norte de espionagem ao governo brasileiro

Foto: (Ed Alves/CB/D.A Press)

O jornalista Allan dos Santos, um dos investigados no inquérito aberto pelo Supremo Tribunal Federal (STF) apurar fake news e ataques contra a Corte, afirmou que deixou o país. Sem afirmar para qual localidade foi, Allan disse que deixou o Brasil por temer pela sua segurança.

Ele fez as afirmações em uma live com bolsonaristas, inclusive com a deputada Bia Kicis (PSL-DF). Apesar de não ter mandado de prisão em aberto, ou proibição de viajar contra o blogueiro, muitos países estão com as fronteiras fechadas para brasileiros, em razão da pandemia de coronavírus.

O Brasil é o segundo país em número de infectados e mortes, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. Apenas portadores de passaportes diplomáticos podem ingressar em nações que aplicaram o bloqueio da entrada de brasileiros.

De acordo com informações que circulam entre os apoiadores do governo, Allan teria viajado para os Estados Unidos. Mas esta informação não foi confirmada. Ele acusou duas embaixadas (China e Coreia do Norte) de terem escutas para usarem contra o governo. A mesma acusação foi feita contra o advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, conhecido como Kakay.

O jornalista disse ainda que o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo, sabia dos supostos atos de espionagem. Procurado pelo Correio, Kakay afirmou que as declarações de Allan não tem ligação com a realidade. “A notícia é tão absurda, falsa nos mínimos detalhes, eu sequer sou do PT, nunca tive filiação partidária. Uma mentira canalha que só poderia partir de uma mente doentia e covarde. A indústria das fakenews, que alimenta o ódio, só serve para para transitar no submundo, no esgoto onde vivem estes ratos que tentam conspurcar a honra alheia. Eu nem respondo, pois sequer honra eles têm para preservar. São a escória humana”, disse o advogado.

O ministro Luís Roberto Barroso ainda não se manifestou sobre o caso.

Correio Braziliense

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Zé Ruela disse:

    Tem cara de doido mas não é doido. Quando a situação aperta foge igual ao Weintraub. Não adiantou apagar as postagens fake.

  2. LEO disse:

    A PETRALHADA FICA MAIS MALUCA QUANDO VER BOLSONARO LEVANDO OS RESTINHOS DOS VOTOS PETRALHAS NO NORDESTE…..É O BOZO 2022,NO 1º TURNO!!!!

    • Patriota disse:

      Maluco é quem faz festa e campanha eleitoral antecipada em meio a quase cem mil brasileiros mortos; em grande parte por incompetência e descaso com a vida humana.

  3. Manoel C disse:

    Gengivão pelezão.

  4. Francisco de Assis disse:

    O Allan na terça é livre e na quarta é foragido.

  5. Queiroz disse:

    Mais um rato fugindo das próprias ratoeiras que criou. Deve estar mocosado com o analfabeto do Weintraub em Miami.

  6. Ozir disse:

    Temos que isolar o gado e os Petelhos. São duas faces da mesma moeda. Só que o gado é pior porque prega golpe e perseguições. MORO 2022.

  7. Pepe disse:

    Este cara deu no pé,para fugir da justiça brasileira. Era uma fabrica de fakes.
    A verdade semore tem que prevalecer.

  8. Manoel disse:

    O cara foi embora para provar q a terra é plana e mesmo observando que não é, vai continua dizendo isso.
    Essa é a cara dos defensores do mentiroso mor, Bolsonaro.
    Como dizia minha mãe: "esse povo mente que o c* nao sente".

  9. Observando disse:

    Agora fiquei com medo. Coreia do Norte, esta nos espionando. Corram para as montanhas e florestas.

  10. FAKE disse:

    Os perigosos falam que correm perigo fugindo deles mesmos.

  11. Chicó disse:

    Diziam que Bolsonaro seria um ditador. Quantos votos Alexandre de Moraes e Toffoli tiveram na eleição ?

    • Virgílio disse:

      QUEM OS NOMEOU TEVE 87% DE APROVAÇÃO AOS OITO ANOS DE GOVERNO PROGRESSISTA E PRÓ POVO POBRE…SÓ ISSO. E, AINDA ELEGEU DUAS VEZES A SUA SUCESSORA, QUE SOFREU UM GOLPE PARLAMENTAR ORQUESTRADO PELO INIMIGO NÚMERO UM DA AMÉRICA LATINA: O TIO SAM!

  12. H.M disse:

    O pior que o gado crias as coisas e acreditam na própria mentira!!! OW GADOOOOO

  13. Ricardo disse:

    Blogueiro não. Ele jornalista.

China manda EUA fecharem consulado em Chengdu em retaliação

Bandeira dos Estados Unidos é vista na entrada do consulado americano em Chengdu, província de Sichuan, sudoeste da China, na quinta-feira (23) — Foto: AFP

A China determinou aos Estados Unidos (EUA) que fechem seu consulado na cidade de Chengdu nesta sexta-feira (24), reagindo à exigência feita por Washington nesta semana de que a China feche o consulado em Houston, uma deterioração das relações entre as duas maiores economias do mundo.

A ordem de fechar o consulado de Chengdu, localizado na província de Sichuan, no sudoeste chinês, foi vista como praticamente recíproca em termos de escala e impacto, mantendo a prática chinesa recente de reações equivalentes às ações dos EUA.

Pequim havia alertado que retaliaria, depois de ser surpreendida com um aviso de 72 horas – encerrado nesta sexta-feira – para esvaziar o consulado de Houston e feito um apelo para que os EUA a reconsiderassem.

“A medida dos EUA violou seriamente a lei internacional, as normas básicas das relações internacionais e os termos da Convenção Consular China-EUA. Ela prejudicou gravemente as relações China-EUA”, disse a chancelaria chinesa em comunicado.

“O Ministério das Relações Exteriores da China informou à embaixada dos EUA na China de sua decisão de retirar seu consentimento para o estabelecimento e a operação do Consulado-Geral em Chengdu”, disse.

O Departamento de Estado norte-americano e a embaixada dos EUA em Pequim não responderam de imediato a um pedido de comentário.

O porta-voz da chancelaria chinesa, Wang Wenbin, disse que parte dos funcionários do consulado de Chengdu está “realizando atividades que não se alinham com suas identidades”, que interferiu nos assuntos chineses e prejudicou os interesses de segurança da China, mas não deu detalhes.

O consulado tem 72 horas para fechar, ou até as 10h de segunda-feira, disse o editor do jornal Global Times no Twitter.

Os mercados de ações globais sofreram quedas após o anúncio, acompanhando uma queda acentuada das ações blue chips chinesas, que perderam 4,4% do valor, e o iuan, que teve sua pior queda em duas semanas.

O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, disse em discurso ontem que EUA e seus aliados precisam usar “meios mais criativos e assertivos” para pressionar o Partido Comunista chinês a mudar sua conduta. Classificou o esforço como a “missão de nosso tempo”.

Os laços entre os dois países se deterioraram acentuadamente neste ano, por causa de questões que vão desde o novo coronavírus e da gigante de equipamentos de telecomunicação Huawei às reivindicações de Pequim ao Mar do Sul da China e à sua repressão a Hong Kong.

Agência Brasil

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. RENOVAÇÃO TOTAL 2020 e 2022 disse:

    Daqui há alguns dias nós vamos ter que escolher entre o nosso maior parceiro comercial, ou o nosso maior explorador comercial.

EUA mandam a China fechar consulado em Houston e Pequim considera ação ‘uma escalada sem precedentes’

Carro de bombeiros é visto do lado de fora do consulado chinês em Houston, nos EUA, na terça-feira (21) — Foto: KTRK via AP

Os Estados Unidos determinaram nesta quarta-feira (22) o fechamento do consulado da China em Houston, no Texas. Pequim considerou a medida “sem precedentes” e estuda uma retaliação.

A decisão de fechar a representação diplomática acontece em um momento em que as tensões aumentam entre as duas maiores economias do mundo e após denúncias de que hackers chineses tentaram roubar dados sobre a vacina para Covid-19.

Embora não mencione a ação dos hackers, o Departamento de Estado americano afirmou que a medida tem o objetivo de proteger a “propriedade intelectual e as informações privadas dos americanos”. O porta-voz do departamento, Morgan Ortagus, afirmou que a Convenção de Viena prevê que os diplomatas devem “respeitar as leis e os regulamentos do Estado receptor” e “têm o dever de não interferir nos assuntos internos desse Estado”.

“Os Estados Unidos não tolerarão as violações da República Popular da China da nossa soberania e intimidação do nosso povo, assim como não toleramos as práticas comerciais desleais, o roubo de empregos americanos e outros comportamentos”, afirmou Ortagus.

Na terça-feira (21), o Departamento de Justiça dos EUA denunciou que os dois hackers chineses suspeitos de roubar informações sobre projetos de vacinas trabalhavam para o ministério da Segurança de Estado da China. Eles também foram acusados de violar a propriedade intelectual de empresas nos Estados Unidos e em outros países.

‘Escalada sem precedentes’

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Wang Wenbin, condenou a determinação americana. Ele alertou que seu país pode tomar medidas firmes de retaliação se os EUA não reverterem sua decisão.

“O fechamento unilateral do consulado geral da China em Houston dentro de um curto período de tempo é uma escalada sem precedentes de suas ações recentes contra a China”, disse Wang em uma entrevista coletiva diária.
Hu Xijin, editor do jornal estatal chinês “Global Times”, afirmou que as autoridades americanas deram a Pequim 72 horas para fechar o consulado em Houston.

Segundo a agência Reuters, as autoridades chinesas estudam ordenar o fechamento da representação diplomática americana em Wuhan. Atualmente, os Estados Unidos mantêm, além da embaixada em Pequim, cinco consulados na China continental nas cidades de: Xangai, Guangzhou, Chengdu, Shenyang e Wuhan.

Além do consulado em Houston e da embaixada em Washington, a China possui representações diplomáticas em Nova York, Chicago, Los Angeles e São Francisco.

Fogo

A imprensa de Houston relatou que os bombeiros foram ao consulado chinês após receberem uma denúncia de incêndio. De acordo com o jornal “Houston Chronicle”, testemunhas disseram que as pessoas estavam queimando papel no que parecia ser latas de lixo.

Tensão entre os dois países

As tensões entre os Estados Unidos e a China estão aumentando nos últimos meses. O governo do presidente Donald Trump trava uma guerra comercial com Pequim.

A imposição chinesa da nova lei de segurança nacional a Hong Kong, região de interesse comercial americano, levou Trump a suspender o tratamento especial que o país dava ao território semiautônomo.

Nos últimos meses, Trump acusa o governo chinês de não ter agido com transparência com relação à expansão de contaminações pelo novo coronavírus, que foi relatado pela primeira vez na cidade de Wuhan, na província chinesa de Hubei.

Críticos acusam Trump de tentar desviar das críticas em relação a sua própria forma de administrar o controle da pandemia d Covid-19 nos Estados Unidos, que registra o maior número de casos e mortes do mundo.

G1

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcos Benício disse:

    No desespero, Donald Trump é capaz de tudo. Está mal nas pesquisas. Precisa encontrar, a qualquer custo, algo que agrade aos descontentes com seu governo.

  2. Francisco de Assis disse:

    Deco. Tua mãe tá te chamando pra tomar Toddynho! Não se mete em assunto de adultos, menino! Coisa feia!

  3. Patriota disse:

    E adivinha aonde o Trump vai conseguir soldados valentes para enviar para essa guerra? E de graça? Aqui mesmo tem um monte de bovinos que irão ao primeiro toque do berrante .

  4. Cidadão Indignado disse:

    Aquele presidente americano, Donald Débil Mental Trump, será capaz de qualquer coisa pra se reeleger, inclusive começar uma guerra nuclear com a China! Tanto lá, quanto cá, parece mais um manicômio.

China alerta para nova pneumonia potencialmente mais mortal que a covid-19; Cazaquistão diz que informação é incorreta e que doença faz parte das já conhecidas

(Foto: Cnsphoto/Reuters)

Um novo surto de doença respiratória, potencialmente mais letal que a covid-19, pode estar começando na Ásia.

A embaixada chinesa no Cazaquistão alertou ontem seus cidadãos no país sobre uma nova “pneumonia desconhecida”.

Segundo a China, no primeiro semestre deste ano 1.772 pessoas morreram da doença este ano, 628 delas apenas em junho. Cerca de 100.000 pessoas já teriam sido contaminadas.

“Essa taxa de mortalidade da doença é muito maior que a da covid-19 e as autoridades do Cazaquistão estão conduzindo um estudo comparativo do vírus sobre o qual ainda não há definição”, afirmou a embaixada chinesa, segundo o jornal South China Morning Post.

O ministro da Saúde do Cazaquistão respondeu nesta sexta-feira, pelo Facebook. Alexei Tsoi afirmou que a informação divulgada pela China é “incorreta”.

Segundo ele, a conta oficial inclui todos os tipos de pneumonias já conhecidas, incluindo as causadas por vírus e bactérias.

Ele não especificou quantos dos casos tratados como pneumonia podem na verdade ser de covid-19, nem entrou em detalhes sobre se há ou não uma nova doença em circulação no país.

A Organização Mundial da Saúde afirmou ao diário chinês que tem conhecimento apenas da circulação da covid-19 no Cazaquistão, e que a doença causada pelo novo coronavírus pode explicar o aumento nos casos de pneumonia no país.

Segundo a CNN, a capital do país, Nursultan, mais que dobrou os casos de pneumonia em relação a junho de 2020. A China afirmou que pretende trabalhar junto com o país no combate ao surto.

O Cazaquistão tem oficialmente 50.000 casos de covid-19, e recentemente adotou medidas mais rigorosas de distanciamento social após um avanço no contágio — a quinta-feira foi o dia com mais novos casos, 1.962.

Romper a cortina de fumaça em torno do Cazaquistão não deve ser fácil. O país é um dos mais fechados do mundo. A capital foi rebatizada com o atual nome ano passado, em homenagem a Nursultan Nazabayev, que deixou o cargo um dia antes após governar o país desde o fim da União Soviética, 30 anos atrás.

Ele ainda é presidente do Conselho de Segurança e chefe do partido que domina o parlamento, o que lhe garante poder total sobre o país da Ásia Central. O Cazaquistão tem 17 milhões de habitantes e faz fronteira, entre outros, com a China e a Rússia (onde o atual presidente, Vladimir Putin, acabou de passar uma lei que lhe permite ficar no poder por mais duas décadas).

Exame

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Wilson disse:

    O que a a China está fazendo é uma tentativa de desviar a atenção do mundo para um problema que ela causou. Não vai conseguir.

  2. Manoel disse:

    A China depois do que fez ocultando a covid quer ficar cagando regra pro resto do mundo… kkk

Caso de peste bubônica faz China elevar estado de alerta no norte do país

Foto: Getty Images via BBC

Autoridades na China aumentaram medidas de segurança sanitária depois que uma cidade na Mongólia Interior (região autônoma do país) confirmou um caso de peste bubônica.

De acordo com relatos de autoridades estatais, o paciente, um camponês da cidade de Bayannur, está em quarentena e em condição estável.

Autoridades decretaram nível três de alerta — que proíbe a caça e consumo de animais que poderiam estar com a praga e pede que as pessoas reportem casos suspeitos às autoridades.

A peste bubônica, uma das doenças mais temidas no passado, causada por uma infecção bacterial, ainda é letal, mas hoje é tratada com antibióticos comuns.

O novo caso foi reportado no sábado. Ainda não está claro como o paciente poderia ter se infectado.

Fatal, mas tratável

Casos de peste bubônica ocorrem de tempos em tempos pelo mundo.

Em Madagascar, houve um surto com 300 casos em 2017.

Em maio do ano passado, duas pessoas na Mongólia morreram da peste, que foi contraída após a ingestão de carne crua de marmota.

Uma autoridade da Organização Mundial da Saúde (OMS) em Ulan Bator, capital da Mongólia, disse à BBC que a carne crua de marmota e os rins do animal são usados como remédio popular no país.

A marmota é portadora da bactéria da praga e está associada aos casos da praga no país. A caça da marmota é ilegal.

A peste bubônica é caracterizada por inchaço dos gânglios linfáticos. É difícil de se identificar a doença com muita antecedência porque os sintomas — geralmente parecidos com a gripe — costumam aparecer entre três e sete dias depois da infecção.

Mas é improvável que a peste bubônica — que foi chamada de peste negra — leve a uma nova epidemia.

“Ao contrário do século 14, nós agora temos uma compreensão de como essa doença é transmitida”, disse Shanti Kappagoda, médico da clínica Stanford Health Care, ao site Healthline.

“Nós sabemos como prevenir. Também sabemos como tratar pacientes que são infectados com antibióticos eficientes.”

No século 14, a peste negra matou cerca de 50 milhões de pessoas na África, Ásia e Europa.

O último grande surto em Londres ocorreu em 1665, dizimando cerca de um quinto da população da cidade. No século 19 houve outro surto na China e na Índia que matou mais de 12 milhões de pessoas.

G1

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Wilson disse:

    Parabéns, China!

  2. MAURICIO disse:

    NOTARAM? SEMPRE VEM DA CHINA

China diz que empresa no Brasil suspendeu venda de carne por vírus

Foto: Pixabay

A China, principal importadora de carne do mundo, disse nesta terça-feira (23) que um exportador de carne bovina do Brasil e uma fábrica de carne suína no Reino Unido suspenderam voluntariamente exportações devido a infecções pelo coronavírus.

Muitos países exportadores, como Brasil e Estados Unidos, têm visto milhares de casos de covid-19, a doença respiratória causada pelo vírus, entre trabalhadores em fábricas de carnes.

A brasileira Agra Agroindustrial de Alimentos suspendeu voluntariamente exportações de carne bovina à China depois de uma infecção pelo vírus entre sua força de trabalho, disse a Administração Geral de Alfândegas da China em seu site.

Em um comunicado em separado na rede social Weibo, o departamento acrescentou que a britânica Tulip também suspendeu embarques de forma voluntária em sua fábrica de carne suína de Tipton, em West Midlands, devido a um surto de covid-19.

A China ampliou inspeções sobre importações de carne após uma nova série de infecções pelo vírus em Pequim ter sido associada a um grande mercado de alimentos na capital.

Na semana passada, as alfândegas chinesas pediram a exportadores que assinassem declarações de que sua produção estava livre de contaminação pelo vírus.

Reuters

 

CONFLITO E TENSÃO: Índia confirma que 76 soldados foram feridos em conflito com China

Foto: Danish Ismail / Reuters

O Exército da Índia confirmou, nesta sexta-feira (19), que 76 soldados ficaram feridos na segunda-feira passada, durante o pior conflito na fronteira com a China em 45 anos, no qual morreram 20 integrantes das Forças Armadas indianas e que aumentou a tensão entre os países.

Nenhum dos 76 soldados feridos “está em estado crítico no momento, todos estão estáveis”, afirmaram à Agência Efe fontes do Exército indiano. Segundo os informantes, 18 soldados permanecem em um hospital em Leh, perto do local do incidente na fronteira ocidental no Himalaia entre China e Índia, e 58 em outros centros.

O grupo de soldados internados em Leh “ficará de baixa por 15 dias”, enquanto o resto “deve voltar ao trabalho em uma semana”.

Todos ficaram feridos durante o “grave confronto” com militares chineses na noite de segunda-feira no vale de Galwan, no Himalaia ocidental.

China não confirma mortos ou feridos

O incidente ocorreu durante uma desescalada militar combinada por ambos os países em 6 de junho, após outro conflito no início de maio, que não deixou vítimas, na linha divisória entre a China e o estado indiano de Sikkim, no norte.

Embora o governo da Índia tenha afirmado que as forças chinesas também tiveram baixas, Pequim ainda não confirmou a informação. O caso elevou a tensão entre os países, que se reuniram nesta semana para tentar atenuar o conflito, apesar das acusaçoes mútuas sobre a responsabilidade pelo incidente.

O governo indiano acusou o vizinho de romper “unilateralmente o status quo” da fronteira, enquanto a China disse que os soldados da Índia entraram de forma ilegal no território e “provocaram e atacaram” militares.

R7, com EFE

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. José disse:

    Há imagens de satélite circulando no Twitter que mostra que a China invadiu uma parte do território da, Índia e construiu dois postos de verificação. O conflito aconteceu porque os hindus derrubaram esses pontos que estavam em seu território.