Cid e Ciro Gomes admitem abrir espaço nas eleições municipais do CE em nome de aliança da esquerda

A ideia de promover uma aliança das esquerdas para derrotar Bolsonaro na eleição de 2022 segue viva no PDT, que pretende sinalizar sua disposição de serenar os ânimos com o PT na montagem de palanques municipais da eleição do ano que vem.

Cid e Ciro Gomes, que dão as cartas em Fortaleza, admitem ceder espaço a outra sigla no reduto “em nome de um objetivo maior”.

Cid foi quem protagonizou o episódio do “Lula, tá preso babaca” durante o pleito de 2018, quando apoiadores de Lula defendia a campanha do então candidato Fernando Haddad.

Ciro Gomes esse ano, após tecer várias críticas ao PT, també já sinalizou bandeira branca com o partido após recepcionar Haddad em um evento acadêmico em Fortaleza.

* Com informações da coluna Painel

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Carlos disse:

    Essas pestes ainda acham que a maioria dos brasileiros acredita neles.

  2. Pedro disse:

    Coronéis nada…….palhaços isso sim. Queriam eles ter a chance de chegar perto desse termo, que apesar de depreciativo, teve muita gente boa que o foi.

  3. Antonio Turci disse:

    Tem jeito não: "uma vez esquerdalha, sempre esquerdalha".

  4. Lourdes Siqueira disse:

    Os coroneizinhos do Ceará.
    Já começou a temporada de leilão?
    Quem dá mais?
    Quem dá mais?
    Me envergonha como cearense.

COMENTE AQUI