Cineasta e assistente de produção do Porta dos Fundos é assassinado no Rio

Foto: Reprodução/Instagram

O cineasta Cadu Barcelos, de 34 anos, foi morto a facadas na madrugada desta quarta-feira (11/11), quando deixava a Pedra do Sal, monumento histórico do Rio de Janeiro. Cadu, que pegou carona num carro de aplicativo com uma amiga até o centro da cidade, foi surpreendido na Avenida Presidente Vargas com a Rua Uruguaiana.

Além de ter atuado como codiretor do longa Cinco vezes favela – Agora por nós mesmos, também era assistente de produção do Porta dos Fundos e do programa Greg News.

Ele integrou a equipe de pesquisa do documentário Favela Gay (2014) e foi diretor artístico do grupo No Lance. William Oliveira, amigo do cineasta, afirmou que acredita que ele tenha sido vítima de um possível latrocínio. “Cadu foi assassinado possivelmente por causa de um celular, um Riocard e um punhado de reais”, disse. A vítima deixou esposa e um filho de 2 anos.

Por volta das 3h30 da manhã, o cineasta chegou a ser visto pedindo por socorro. Os policiais do 5º BPM (Praça da Harmonia) foram acionados para atender a ocorrência, mas, chegando ao local, Cadu já estava sem vida.

A perícia foi acionada e o caso está com a Delegacia de Homicídios. O corpo deu entrada no Instituto Médico Legal (IML) do Centro por volta das 7h desta quarta.

Metrópoles

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Geremias disse:

    Sem procurar já achar, imaginem procurando.

  2. Rozina disse:

    O mal por si se destrói, Jesus e amor

  3. Júnior Fonseca disse:

    Não tem que politizar nada disso: Apenas vivemos em um país violento onde todos nós estamos exposto a uma violência desenfreada que não escolhe profissão, cor ou raça, Brasil !!!

  4. Muda Brasil disse:

    Não estou achando bom a morte de ninguém, mas que fique o alerta para aqueles que zombam de Jesus em minisséries.

    • Ana C disse:

      Eu creio que Jesus tem mais o que fazer do que está se preocupando com minisséries ou piadas ao seu respeito. Só vejo as pessoas que se dizem de família falando tanto de Jesus e a impressão que dá é que essas pessoas não aprenderam nada com a vinda Dele. Fico me perguntando se essas pessoas ditas de família, não seria as mesmas a jogar pedras na cruz se Jesus retornasse novamente.

    • Greg disse:

      Não sabia que Jesus mandava matar gente não!?

    • Anderson disse:

      ANA C => Parabéns. Comentário muito pertinente.

    • GadoBozo disse:

      Biblia da familia tradicional bolsomita 2020: E Jesus disse: " Aquele que tiver pedras nas mãos, que as atire. Antes de te baterem na face, esbofeteie logo. Taokey!"

    • Anti-Político de Estimação disse:

      Faço minhas as palavras da leitora Ana C.
      O que mais vemos hoje em dia são os velhos fariseus e saduceus a todo o vapor, vomitando intolerância, desrespeito ao próximo e ódio.

    • Calígula menininha do Pr. disse:

      Muda Brasil, vamos ser honesto, não soltou fogos mas se satisfez. Agora é a vez do Messias, isso pode ser publicado.

COMENTE AQUI