Cirurgião que disse na TV que a ivermectina era ‘vacina’ contra o coronavírus é internado em UTI

Foto: reprodução/YouTube

O médico cirurgião Joaquim Inácio Melo Júnior, que afirmou que a ivermectina era uma ‘vacina’ contra o coronavírus na TV Serra Dourada, em Goiás, foi internado na UTI e está intubado por causa da covid-19.

Ele afirmou na TV, no dia 6 de julho, estar infectado há oito dias que não procurou infectologista, que estava tomando ivermectina e deu um tapinha na cara e ironizando: “desse jeito aqui, ó, na UTI”. Ele afirmou também: “previna-se, senão vocês vão pro tubo e não tem mais vaga na UTI, não”.

Foto: reprodução/Instagram

A internação ocorreu apenas quatro dias depois das declarações dada na televisão. Após agravamento do quadro, foi parar na UTI.

Antes de ser internado disse na TV: “sou paciente de mim mesmo”, agora, no hospital diz no vídeo para a família “o doutor aqui agora é o paciente, não é o médico”.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Valdir Franco disse:

    Tenho certeza que todas essas pessoas que se dizem ser contra a ivermectina já tomaram. Na verdade elas estão com medo de acabar a mamada. Vão trabalhar que é melhor.

  2. O rei do gado disse:

    Sabe aquela música de letra poética: "ADO, ADO, ADO CADA UM NO SEU QUADRADRO" Pois é Brasil todos se metem no quadrado do outro e ainda mais com a Universidade WhatsApp de Formaçáo Superior é que o bixo pegou. 2020 médico, politico e idiotas todos se formaram como cientistas com pós doutorado, agora pergunta a diferença entre protóns e neutrons nao tem um que saiba!

  3. Xha do Amazonas disse:

    Com essas coisas não se brinca. Tem que ter pesquisa. Esse caso é o que sabemos e as centenas ou milhares que estão na mesma situação? Que acreditaram nessa panaceia? Deus tenha piedade de nós!

  4. Arthur disse:

    O prefeito de Natal disse a mesma coisa e ainda foi ignorante com a reporte da InterTV, só pra tirar proveito político disso. Há uma grande diferença entre tratamento dos sintomas e vacina/cura.

  5. Raimundo disse:

    Se ele não tivesse tomado invermectina não teria ido para a UTI?
    O erro dele foi confiar demais, pois não há comprovação científica.
    O correto é, talvez, tomar, considerando que não há comprovação científica, mas sabendo que não há garantia de nada…
    O fato é que curiosamente muita gente toma e relata bons resultados.

  6. Queiroz disse:

    É a lei do retorno

  7. CIDADAO55 disse:

    Ivermectina é um profilático. Não imuniza o paciente com sei uso, mas pode minimizar o agravo da doença.
    A vacina, sim, imuniza com.resultados de mais de 90% de sucesso. Ainda assim, não garante 100% de sucesso.
    O colega ou expressou-se equivocadamente.

  8. Paulo disse:

    Me lembrei do prefeito de Natal.

  9. Jailson disse:

    Isso q dá médico achar q é pesquisador…
    “Curei 30 pacientes c cloroquina e ivermectina”
    Doutor, isso não comprova q os remédios foram eficazes.

  10. Ricardo Pufal disse:

    A ignorância é triste! A soberba também! Não se brinca com uma doença assim.

  11. Emerson Fonseca disse:

    Este médico, deve ser um excelente comentarista de TV

  12. Jk disse:

    Os profetas do senso comum, pagando pela falta da ciência.

COMENTE AQUI