Natal em Natal é lançado com atrações como Claudia Leitte, Léo Santana, Margaret Menezes, Alceu Valença e Ney Matogrosso; veja programação

Foto: Alex Régis

O prefeito de Natal, Álvaro Dias, lançou, nesta terça-feira (19/11), em um hotel no bairro de Lagoa Nova, mais uma edição do Natal em Natal. O maior projeto cultural da cidade e fomentador de emprego e renda na capital potiguar segue até o fim do mês de janeiro, com mais de 300 atrações culturais, locais e nacionais. A Prefeitura de Natal reúne, entre as atrações, além dos artistas potiguares, nomes como: Cláudia Leite, Léo Santana, Simone, Ney Mato Grosso, Margareth Menezes, Alceu Valença e Cavaleiros do Forró.

“Estamos consolidando o evento como um dos maiores do Brasil. É um esforço enorme diante da realidade financeira do País. Estamos enfrentando e vencendo o desafio de inaugurar duas obras por semana, pagar salários em dia e investir na economia criativa da cidade”, explicou Álvaro Dias.

O calendário já esta em andamento com projetos realizados nas quatro regiões da cidade, através de editais de fomento, Lei Djalma Maranhão e aportes diretos do município. Em todas as regiões da cidade, haverá programação do Natal em Natal, utilizando espaços administrados pela Prefeitura do Natal. Na noite desta terça-feira (19/11), no Espaço Cultural Ruy Pereira, tem a artista renomada nacionalmente, Zezé Motta, com aula show debatendo “Resistência, Diálogo e Canto” em alusão ao Dia da Consciência Negra.

Nesta quarta-feira (20), tem o tradicional acendimento da Árvore de Mirassol com shows de Orquestra Ondas Musicais e Banda Sinfônica da Cidade do Natal, a partir das 18h30. Uma das atrações é o potiguar Carlinhos Zens, que também se apresentará em outros polos e eventos do Natal em Natal. “A gente, antigamente, tocava dependendo de um mês ou outro. Agora, com os editais e com esses eventos da Prefeitura, podemos nos programar para o ano inteiro. Além disso, nós, artistas locais, estamos nos apresentando em todos os palcos e locais da cidade. Isso é muito importante para a gente”, ressaltou o músico.

A prefeitura também terá ampla programação na Zona Norte, no Espaço Cultural Jesiel Figueiredo, na zona leste na Galeria Newton Navarro e no Pátio da Funcarte (Cine Natal e Natal Fest Gourmet), na Travessa Pax (Espaço K-Ximbinho), no Beco da Lama e Espaço Cultural Ruy Pereira. Além de exposições no Museu de Cultura Popular Djalma Maranhão.

“A nossa ideia é alavancar essa cadeia cultural da cidade, aproveitar a presença nacional, que é necessária, pois nossos artistas acabam utilizando o mesmo palco, som e iluminação, entre outras coisas. Já são R$ 18 milhões investidos na cultura. Isso não tem precedentes. O prefeito Álvaro Dias está de parabéns”, comentou Dácio Galvão, secretário de Cultura de Natal.

Além de festas tradicionais, como a Nossa Senhora da Apresentação, os shows musicais locais e nacionais e o Réveillon, a programação atende todos os gostos e estilos. Vai desde a Mostra de contação de histórias Dona Militana (Biblioteca Municipal Esmeraldo Siqueira) a ações no CEU Moacy Cirne a shows de Mirabô Dantas e Pedro Mendes, Exposição de Acervo Documental do Povo Cigano, Movimento Sinfônico no Teatro Riachuelo, Caminhada do Centro Histórico e o Festival Cine Natal. Projetos como o Serestas ao Luar com Liz Nôga, Choro da Terra e Hélia Braga na Travessa Pax (Espaço Cultural K-Ximbinho) também estão na programação.

Em dezembro, Natal também vai ganhar a nova escultura de Iemanjá, uma antiga reivindicação do segmento religioso. Haverá também o tradicional espetáculo de fim de ano do Ballet Municipal, apresentação de grupos de street dance e o Natal do Alecrim, nos dias 21 e 22. Ainda no último mês do ano, tem Mostra Gastronômica e Cultural de Comida de Terreiro (Beco da Lama), o aniversário de Natal com o Padre Caio Cavalcanti, Luizinho Nobre no pré reveillon da cidade e mutirão de grafite na comunidade do Mosquito. Já o espetáculo Um Presente de Natal terá edições na Árvore de Mirassol, na Zona Norte e Arena das Dunas.

SELEÇÕES PÚBLICAS

A Secretaria de Cultura lançou editais que se transformam em projetos culturais, que vão desde exposições a festivais, passando por publicações e eventos. Seleções como a de Literatura Othoniel Menezes (Poesia), Câmara Cascudo (Folclore), Moacy Cirne (Ficção), Fotografia (seleções Jaeci Emerenciano e João Alves de Melo), para projetos voltados às ações culturais de valorização e proteção à diversidade LGBTQI+, Teatro (Circulação e Oficinas), Vídeo Documentário, Festival Garagem de Rua e Oficinas Gratuitas de Arte e Cultura (610 vagas no total).

Dentro da programação, estão também ações que passam por projetos como as Exposições Fotográficas de Acampamentos Ciganos no RN, de indumentárias e acessórios da mulher cigana, o 17º Prêmio Hangar de Música no Teatro Riachuelo, o Segundo Encontro Nacional De Mulheres Na Roda De Samba, o Festival Gastronômico do Beco da Lama, o Natal Fest Gourmet, o Encontro de Violeiros e Repentistas, o Festival de Violeiros com participação do rapper Rapadura, os shows Sacrário, de Valéria Oliveira, o Festival Garagem de Rua, o projeto Melé 100 Anos, com Andiara Freitas e o Clube Do Samba Potiguar, além de exposições e concursos fotográficos, artesanato na Árvore de Mirassol e 29 shows de artistas potiguares no Espaço Cultural Marilene Dantas.

Festivais como o DoSol, que acontece dias 23 e 24 no Beach Club, Via Costeira, reunindo os nomes emergentes da nova cena musical potiguar e brasileira, o Natal Fest Gourmet, que será realizado no Pátio da Funcarte de 19 a 21 de dezembro e o Cine Natal, de 27 a 30 de novembro.

POLOS

PALCO DEODORO

19/12 – Léo Santana. Rodolfo Lopes

20/12 – Simone, Dodora Cardoso

21/12 – Ney Matogrosso, Rodolfo Amaral

22/12 – Alceu Valença, Yrahn Barreto

PALCO ÁRVORE DE MIRASSOL

25/12 – Carlos Zens, Nara Costa, Padre Caio Sanfoneiro, Hugo & Heitor

PALCO PONTA NEGRA

27/12 – Cláudia Leitte, Valéria Oliveira

28/12 – Margaret Menezes, Banda Dubê

PALCO NÉLIO DIAS

27/12 – Cavaleiros do Forró, Zé Hilton

28/12 – Babado Novo, Panka de Bakana

RÉVEILLON

Além do tradicional show pirotécnico em dois pontos (Ponte Forte-Redinha e Ponta Negra),haverá shows de LUIZINHO NOBRE, JAINA ELNE, SUELDO SOARES e PERFUME DE GARDÊNIA.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Santos disse:

    Era bom divulgar, além das atrações, os valores dos contratos.
    Só pra constar.

  2. Paulo disse:

    BG
    Daqui a dez meses tem "eleição", ai já viu derrame de dinheiro público ao bel prazer divulgando a imagem o tempo todo com intenção futura

  3. PAULO disse:

    SO NÃO TEM DINHEIRO PARA SAÚDE,EDUCAÇÃO,QUAL O IDIOTA QUE ACREDITA QUE PEREFEITURA E ESTADO ESTÃO QUEBRADOS,PARA PÁO E CIRCO E CAMPANHA POLÍTICA NÃO FALTA DINHEIRO !!!!!

  4. Gustavo disse:

    Esses artistas precisam ser pagos com o dinheiro do contribuinte natalense? E as ruas escuras, esburacadas, praças abandonadas, sujeira e tudo mais?
    Ano que vem tem eleição, é bom anotar o tipo de prioridade desse prefeito e o emprego do dinheiro público.

  5. Zanoni disse:

    As ruas de Capim Macio estão todas esburacadas, mesmo sendo o bairro com o IPTU mais caro de Natal. Pão e circo, meu povo, pão e circo e nada mais.

  6. Karla disse:

    CHAME OS CONCURSADOS PREFEITO.
    Alega que não tem verba, mas enquanto falta tudo nas unidades de saúde, inclusive mão de obra, e nosso ilustríssimo contrata shows milionários…. triste realidade.

  7. Produtores disse:

    VAMOS TER QUE QUE FALAR COM O MINISTÉRIO PÚBLICO.
    Isso é uma Palhaçada desse Prefeito Álvaro Dias.
    Até agora 19/11/2019 a Equipe de Produção que trabalhou no Carnaval de Natal 2019 não recebeu o seu Pagamento. Prefeito Álvaro Dias e Dácio Galvão cadê o Pagamento da Equipe de Produção do Carnaval.
    Queremos Nosso Pagamento
    Pague Logo Prefeito
    Dinheiro tem né?
    Contratando Bandas e Cantores com Cachê de Trezentos Mil pra cima né.
    Pague a Equipe de Produção do Carnaval 2019

  8. Lope disse:

    Nem pagou o carnaval, já que fazer o natal??

  9. Cesar disse:

    Em Natal, falta segurança, remédio no posto, calçamento, saneamento, habitação, iluminação e verba pra reformar escola, porém uma coisa não pode faltar: dinheiro pra gastar com festas. São R$ 18 milhões amigo. "Parabéns" aos envolvidos 👏👏👏👏

  10. Lúcifer disse:

    O povo quer pão e circo.
    O fumo entrando e todo mundo batendo palminhas !!

  11. Flauberto Wagner disse:

    Enquanto isso… Para os técnicos da SEMUT nada de aumento e para o pessoal que trabalhou o Carnaval de 2019 nada de pagamento.
    Outra coisa, será se no Brasil só tem cantor baiano?

COMENTE AQUI