Dallagnol diz que “não há segredos” na Lava Jato

Reprodução

Deltan Dallagnol, em entrevista ao Estadão, disse que “não há segredos” na Lava Jato:

“Todas as investigações e documentos estão registrados no sistema do Ministério Público, na Justiça Federal ou na Polícia Federal. Todos são sindicáveis. Todo ano a corregedoria faz uma inspeção e constata a regularidade do nosso trabalho. Dizer que a força-tarefa guarda segredos, investigações secretas, bancos de dados escondidos, é infactível e absurdo.”

Augusto Aras acusou os procuradores da força-tarefa de terem acumulado informações sobre 38 mil pessoas. Dallagnol respondeu:

“Esse é o número de pessoas físicas e jurídicas mencionadas em relatórios de inteligência financeira, as quais são suspeitas ou se relacionam com pessoas suspeitas de lavar dinheiro. Não é o número de investigados pela força-tarefa.”

 O Antagonista
OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Higino disse:

    No Brasil é assim, combateu a Corrupção, stf, congresso e presidente tentam escorraçá-lo. E o povo permanece de mãos atadas.

  2. Jório disse:

    O MP apenas investiga e apresenta as Denúncias.
    Quem decide pelo prosseguimento do processo é o Juiz.
    Pra quem é honesto e deseja a punição de bandidos, a Lavajato foi o maior e melhor FATO JURÍDICO da História do Brasil.
    Mas o Brasil é um caso perdido.
    Os Ladrões vão terminar vencendo e os investigadores e julgadores punidos.
    É uma tristeza.

    • Jr disse:

      Existe um procedimento a ser seguido durante uma investigação. Está na lei. Quando fazem bobagem procurando ibope podem colocar tudo a perder. Os resultados são os seguintes: prejudicam um inocente ou beneficiam um culpado.

  3. Keylla disse:

    Tempestade de fezes se aproximando.

  4. Direita Honesta disse:

    Não entendo porque tanto medo dessa turma em repassar informações sobre ATIVIDADES REALIZADAS (não se tratam de dados pessoais dos procuradores) para o chefe da repartição para a qual trabalham. Muito estranho isso.

    • Beyco disse:

      Moro só prendia quem queria. Prendeu algum tucano? Esse é o medo. Simples assim.

    • Braulio Pinto disse:

      Vocês são idiotas ou fingem ser? Moro era só um juiz imparcial que cumpriu seu papel e puniu os bandidos que estavam sendo investigados pela força tarefa que ele liderava. Os ladrões do PSDB não estavam sendo julgados por ele. E mais, as sentenças proferidas por Moro foram confirmadas e até aumentadas pelos juízes do TRF4, como vocês deveriam lembrar-se. Agora querem inocentar o ladrão Lula porque é um adversário mais fácil de vencer segundo os cálculos do presidente aloprado. Porque não julgam os outros juizes que confirmaram e aumentaram as sentenças proferidas por ele? O bolsopetismo pretende levar o país de volta ao caos e vocês otários que se acham muito espertos são cúmplices dessa ignorância.

  5. Çey disse:

    Sei. No “Livro das Suspeições” de Lenio Streck tá tudo bem explicado.

  6. Hunrum disse:

    Intercept sabe disso faz tempo.

COMENTE AQUI