Deputados aprovam volta do Coaf para o Ministério da Economia

Por 228 votos, o plenário da Câmara dos Deputados manteve a decisão da comissão mista que analisou a Medida Provisória da Reforma Administrativa (MP 870/19) e aprovou hoje (22) a volta do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) para o Ministério da Economia.

Os deputados rejeitaram um destaque que queria restaurar o texto original que determinava que o órgão ficaria sob a guarda do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Entre os deputados, 210 votaram pela aprovação do destaque e quatro se abstiveram.

Com isso, o órgão definitivamente sai do Ministério da Justiça e Segurança Pública. A permanência do Coaf na pasta comandada por Sergio Moro era defendida pelo ministro.

Criado em 1998, no âmbito do Ministério da Fazenda, o Coaf é uma órgão de inteligência financeira do governo federal que atua principalmente na prevenção e no combate à lavagem de dinheiro.

Um pouco antes, os deputados haviam aprovado o texto base da MP 870/19, que reduziu o número de ministérios de 29 para 22. O texto também transferiu novamente para o Ministério da Justiça e Segurança Pública a Fundação Nacional do Índio (Funai), que também ficará responsável pela demarcação de terras indígenas. Antes o órgão estava subordinado ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos e a demarcação era uma atribuição do Ministério da Agricultura.

Os deputados firmaram um acordo para evitar uma das polêmicas, a recriação de dois ministérios fundidos (Cidades e Integração Nacional). Pelo acordo os deputados aprovaram a manutenção dos dois órgãos no Ministério do Desenvolvimento Regional, revertendo a mudança proposta pelo projeto de lei de conversão do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE).

Agência Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Araújo disse:

    Besteira, independente onde estiver, o COAF será fortalecido. O fumo vai entrar de qualquer jeito.

  2. Anti-Comunista disse:

    ATIVISTAS PRÓ-ABORTO ATACAM IGREJA NOS ESTADOS UNIDOS.

  3. Anti-Comunista disse:

    NOS ESTADOS UNIDOS EXISTEM MUITO MENOS BUROCRACIA, NA CONTRAMÃO DO QUE ACONTECE NO BRASIL.

  4. Anti-Comunista disse:

    CORRUPÇÃO SISTÊMICA. VELHA POLÍTICA.

  5. Cigano Lulu disse:

    Tomados pelo medo, enfim os "nobres" deputados expuseram suas bundas sujas de fora. Caem por terra as vestes puídas que cobriam-lhes a alma sebosa inclinada para o delito. O streap-tease moral foi árduo, mas valeu a pena.
    Aliás, não é de hoje a putaria política da terra de Macunaíma. Pouquíssimos fogem à regra da pitada.

  6. Lopus disse:

    Aquele ditado que diz que o crime não compensa está mudando, está compensando!!!!

  7. Severino disse:

    Bota o nome dos desgraçados do RN que votaram nisso ou se abstiveram .

    • joao disse:

      Nem precisa… basta olhar que tem gente do PT e gente pendurada na justiça com interesse nisso.

  8. Quero um BR melhor disse:

    Petistas de todo o país (RN incluído) votaram para tirar o COAF de Moro. Isso não é ser oposição, é apenas ser do contra. Vejam os nomes:

    Afonso Florence, Airton Faleiro, Alencar Santana Braga, Alexandre Padilha, Arlindo Chinaglia, Assis Carvalho, Benedita da Silva,Beto Faro, Bohn Gass, Carlos Veras, Carlos Zarattini, Célio Moura, Enio Verri, Erika Kokay, Frei Anastacio Ribeiro, Gleisi Hoffmann, Helder Salomão, Henrique Fontana, João Daniel, Jorge Solla, José Airton Cirilo, José Guimarães, José Ricardo, Joseildo Ramos, Leonardo Monteiro, Luizianne Lins, Marcon, Margarida Salomão, Maria do Rosário, Marília Arraes, Merlong Solano,

    Natália Bonavides (RN),

    Nelson Pellegrino, Nilto Tatto, Odair Cunha, Padre João, Patrus Ananias, Paulão, Paulo Guedes, Paulo Pimenta, Paulo Teixeira, Pedro Uczai, Professora Rosa Neide, Reginaldo Lopes, Rejane Dias, Rogério Correia, Rubens Otoni, Rui Falcão, Valmir Assunção, Vander Loubet, Waldenor Pereira, Zé Carlos, Zé Neto, Zeca Dirceu.

  9. IBGE disse:

    a
    a
    a
    algúem da seita PT sabe explicar pq todos os deputados votaram para tirar o COAF de moro?Seguem os nomes dos deputados PTistas que votaram para colocar o Coaf no Min. da Economia:Afonso Florence
    Airton Faleiro
    Alencar Santana Braga
    Alexandre Padilha
    Arlindo Chinaglia
    Assis Carvalho
    Benedita da Silva
    Beto Faro
    Bohn Gass
    Carlos Veras
    Carlos Zarattini
    Célio Moura
    Enio Verri
    Erika Kokay
    Frei Anastacio Ribeiro
    Gleisi Hoffmann
    Helder Salomão
    Henrique Fontana
    João Daniel
    Jorge Solla
    José Airton Cirilo
    José Guimarães
    José Ricardo
    Joseildo Ramos
    Leonardo Monteiro
    Luizianne Lins
    Marcon
    Margarida Salomão
    Maria do Rosário
    Marília Arraes
    Merlong Solano
    Natália Bonavides
    Nelson Pellegrino
    Nilto Tatto
    Odair Cunha
    Padre João
    Patrus Ananias
    Paulão
    Paulo Guedes
    Paulo Pimenta
    Paulo Teixeira
    Pedro Uczai
    Professora Rosa Neide
    Reginaldo Lopes
    Rejane Dias
    Rogério Correia
    Rubens Otoni
    Rui Falcão
    Valmir Assunção
    Vander Loubet
    Waldenor Pereira
    Zé Carlos
    Zé Neto
    Zeca Dirceu

  10. Luciana Morais Gama disse:

    Praticamente 40% da nossa bancada estava ausente. Pense num RN fraco.

  11. Irany Gomes disse:

    Essa bandidagem, mais cedo ou mais tarde, vão pro xilindró, fazer companhia ao molusco 9dedos e sua quadrilha!

  12. Pedro disse:

    Como é bom esse Brazil (assim mesmo) , esses meninos bons legislando em causa própria, ganhando rios de dinheiro, esbanjando fartura, rindo dos bestas, aí sim, brasileiros analfabetos, que ainda defendem uma portada de ladrões com seus votos. Nos merecemos isso e muito mais, eita povo burro.

COMENTE AQUI