Dinheiro vai praticamente sumir em cinco anos

O dinheiro em papel vai praticamente sumir nos próximos cinco anos por causa da digitalização dos meios de pagamento e das novas tecnologias. A previsão é do CEO da Mastercard no Brasil e Cone Sul, João Pedro Paro Neto, em entrevista ao CNN Líderes.

Ele admite que o uso do papel moeda aumentou durante a pandemia do novo coronavírus, mas atribui o pico ao pagamento do auxílio emergencial para ajudar a população mais pobre. Por conta do maior uso do dinheiro, o Banco Central lançou recentemente uma nota de R$ 200.

“Foi um movimento pontual, não mudou a tendência”, disse Neto. Ele afirmou ainda que a tendência é crescer no Brasil os pagamentos por aproximação, que ainda engatinham em relação a outros países, e também por aplicativos.

Segundo Paro Neto, a Mastercard está pronta para realizar as transações dos consumidores pelo WhatsApp quando for autorizado pelas autoridades. As autoridades reguladoras estão preocupadas com a proteção dos dados e com a redução da concorrência dada a ampla utilização do aplicativo no Brasil.

O executivo acredita numa recuperação da economia brasileira em “V” passado o impacto mais forte da pandemia. Ele contou que, desde julho, as transações no comércio voltaram a crescer após uma forte queda. “As mais penalizadas, no entanto, são as pequenas e médias empresas. Muitas vão se recuperar, mas muitas ficarão pelo caminho”, ponderou.

CNN BRASIL

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Eduardo Peterson disse:

    Claro que não vai sumir nem muito menos! Como será pago o narcotráfico e a corrupção dos políticos? O segundo maior negócio do Brasil atrás do petróleo, que movimenta 44 bilhões anuais todo em papel moeda.

  2. Geraldo Batista de Araújo disse:

    Quero que os entendidos em língua portuguesa me
    explicassem o que é pontual, pois o meu Aurélio diz que pontual é quem chega na hora, não atrasa os compromissos. O que significa que o lançamento de uma cédula de 200 reais tem de pontual. Eu acho que a nota está mais para trupicuculipicupido, que igualmente eu não tenho a menor ideia do significado. Em Caicó havia um cidadão chamado Simplício simples da simplicidade. Era um homem mais complicado que eu já vi.
    Basta dizer que o seu cachorro de estimação se chamava Trupicuculipicupido. Os seus amigos chamava o cão de Três cus.

  3. Rivanilton Silva disse:

    O meu já sumiu faz tempo.

  4. Rubens disse:

    Mais uma asneira comentada por alguém que bebeu cedo demais…..

  5. Antonio Turci disse:

    Se o dinheiro de papel vai sumir, certamente as moedas metálicas seguirão o mesmo caminho. Qye será de Tio Patinhas, que gosta de mergulhar em seus cofre-piscina repleto de moedas???(kkkk)

COMENTE AQUI