Economia potiguar vai se recuperando e arrecadação atinge R$ 478 milhões em julho

O Rio Grande do Norte dá sinais de que começa a reaquecer a economia. Os principais indicadores fiscais no mês de julho, marcado pela retomada das atividades não essenciais, já estão sendo considerados os melhores dos últimos cinco meses. O recolhimento de tributos no sétimo mês do ano atingiu a marca de R$ 478 milhões. Apesar de representar uma redução de 9% em relação ao volume arrecadado em julho de 2019, quando o RN somou R$ 525 milhões em recolhimento de tributos, este é o maior montante que entrou para os cofres estaduais desde março, quando foram decretadas as medidas de contenção ao avanço do novo coronavírus (Covid-19) no estado.

Em junho deste ano, o total recolhido do Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS), Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCD) foi de R$ 442 milhões. Já em maio, esse valor foi de R$ 421 milhões e, em abril, R$ 429 milhões. A receita de julho superou até mesmo a de março, quando foram arrecadados pelo estado R$ 475 milhões em função dos três tributos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Miguel disse:

    "E os atrasados…??? Pagam-se quando..??"

  2. Paulinho Gogó disse:

    Simbora Fátima Bizerra aproveite a "recuperação" da economia do RN e compaetilhe essa alegria recuperando as finanças dos potiguares, especialmente daos que tem salários atrasados. Você prometeu, se esqueceu estou re re re re re relembrando!

  3. Soraya disse:

    Parabéns Fátima.

  4. Antenado disse:

    Parabéns ao Mito. Governador do RN.

  5. Joaquim disse:

    Graças ao presidente

  6. Batista disse:

    O pessoal está consumindo, até porque outra parte da população que não existia, pegou em dinheiro federal, já que não está sendo roubado e desviado em corrupção. Portanto esperamos que a recuperação seja o mais rápido possível, o cimento é prova disso, Faltando no mercado, e o cimento que movimenta a construção civil, é um excelente indicador positivo da economia.

    • Anti-Político de Estimação disse:

      "Pegou em dinheiro federal" NÃO . Esse dinheiro PERTENCE AO CONTRIBUINTE que paga seus impostos federais, bem como os estaduais e municipais.
      Ninguém está fazendo caridade não.

    • Augusto disse:

      E o estado fez a sua parte? E TB pega em muita grana de impostos, mas não fez nada, nem as obrigações de combate a pandemia, embolsou a grana toda e distribuiu com os "seus" apaniguados né. Kkkkkk
      Se fosse em um governo PTralha, do Luladrao por exemplo, em vez dessa ajuda pra o nosso povo, estaria sendo desviado para os países que apoiam, ou pra seus próprios bolsos, através de corrupção e roubo, que nisso eles eram bom.

  7. Marcos disse:

    Vamos ver o que acontecerá quando terminar o Corona Voucher que o povo está recebendo. Aí sim será um bom indicador.

COMENTE AQUI