Empresário é detido ao invadir UPA para fazer transmissão ao vivo em SP mostrando que os números estão inflados

O empresário Adriano Reis foi detido em Ribeirão Preto, SP — Foto: Reprodução/EPTV

Um empresário foi detido na tarde desta quarta-feira (8) após invadir a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Ribeirão Preto (SP) para fazer uma transmissão ao vivo, segundo a Prefeitura.

A unidade abriga o Polo Covid-19, que realiza a triagem de pacientes com sintomas do novo coronavírus na rede pública de saúde.

O empresário Adriano Reis alegou que o vídeo seria feito para mostrar à população que a UPA está vazia, sem moradores com sinais da doença em atendimento.

“Eles inflam os números, criam toda essa estrutura para tacar terror na população, para a população apoiar essas medidas”, disse. Segundo Reis, os decretos estadual e municipal, que restringem a circulação de pessoas para evitar a infecção, criaram um problema para a economia local.

Em nota, a Secretaria Municipal da Saúde informou que o empresário cometeu grave infração à saúde pública e que agrediu um funcionário. Um boletim de ocorrência foi registrado na Central de Polícia Judiciária (CPJ).

Confusão

De acordo com a Guarda Civil Municipal (GCM), a confusão na UPA aconteceu por volta das 14h, quando Reis entrou no prédio e começou a filmar as equipes médicas. Um segurança tentou impedir a ação e, segundo a GCM, foi agredido.

“Segundo informações, aquele cidadão está fazendo filmagens e tem que ter autorização da Prefeitura para fazer a filmagem. Segundo o porteiro, ele foi barrado por questão de saúde, porque o local está esterilizado, e ele agrediu o porteiro”, disse o guarda civil André Crespo.

Na terça-feira (7), vídeos feitos por Reis viralizaram depois que ele esteve na recepção de diferentes postos de saúde. Nas imagens, o empresário afirma que a doença não afeta a cidade.

“Tem pouquíssima gente, muito longe do colapso da saúde que disseram que a gente teria no dia 6 de abril. Se você está acreditando nessa falácia, se você está engolindo tudo o que o governo está dizendo e você está lutando pelo fique em casa, saiba que o maior prejudicado será você mesmo. Estou mostrando que em Ribeirão não existe essa conversa de Covid-19.”

G1 / SP

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. José Macedo disse:

    Este cidadão está fazendo o que a midialixo não faz, e só irão fazer quando tiver um hospital lotado de pacientes de coronavirus, neste caso irão massificar o noticiário toda hora.

  2. Polyana disse:

    Pois é… está transportando o vírus pra todas as UPAS da região.

  3. Manoel disse:

    Alguém tem dúvida de quem ele é eleitor?

  4. Sandro disse:

    100% de chance de esse imbecil ser um Bolsozumbi.

  5. Jr Laranjeiras disse:

    E ele tá mesmo doente, mas de demência cerebral. as pessoas estão mesmos esperando o que, hein?

  6. Erick disse:

    Então, vendo o que aconteceu na Itália e na Espanha, alguns governadores seguiram a recomendação TÉCNICA da OMS e fizeram o que é necessário para que não houvesse um caos antecipado no atendimento. Aí vem um cidadão e entra, forçadamente, numa UPA e demonstra que as ações de isolamento funcionaram, afinal, "não tem ninguém". Mas na visão dele, um pouco bovina, não tem ninguém porque o vírus é "só uma gripezinha" como troveja o soprador de berrante que ocupa o cargo eletivo de maior responsabilidade do país.

    • Marcos disse:

      Perfeito. É de assustar saber q esse tipo de ser vivo existe no nosso país. É como se ao invés de evoluirmos, estamos regredindo ano a ano, até terraplanista tem no governo, n pode uma coisa dessa, tem q tirar esse povo do poder.

  7. Realista disse:

    Manda esse demente que está usando um momento de tragédia pra fazer politicalha, deixar de ser imbecil e se apresentar como voluntário num hospital.
    Daria mais sentido á sua inútil existência.

    • François Cevert disse:

      Se eu fosse juiz mandava ele ficar empurrando maca no hospital de referencia pra tratamento dos infectados pelo corona virus, pra ver se ele aprende a não ser tão IDIOTA

COMENTE AQUI