Empresas aéreas tapearam Bolsonaro com a ‘compra direta’ de passagens

Enrolaram o presidente Jair Bolsonaro com a lorota de que o governo passaria a economizar com a compra direta de passagens a empresas aéreas, “economizando” com agências de turismo, conforme ele avisou na internet, quinta (28). Isso é falso. A jogada esperta foi implantada pelo Ministério do Planejamento durante o governo Dilma Rousseff (PT), pelas mãos do então ministro de Paulo Bernardo, que acabaria preso. A medida não favorece o governo e sim as empresas aéreas. A informação é do jornalista Cláudio Humberto, colunista do Diário do Poder.

Não é o governo que economiza, sem agências de viagem, e sim as empresas, que cobram preços “cheios” e já não pagam comissões.

A “compra direta” embute outra esperteza das aéreas, que se tornam o único fornecedor do governo pago à vista e até com antecipação.

O governo pagará à vista a passagem, por meio de cartão corporativo. Pior: com preço cheio, sem desconto ou promoções. E sem impostos.

Agências de viagem faziam o governo gastar menos porque obtinham descontos expressivos em razão do grande volume de compras.

DIÁRIO DO PODER

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Heloisa disse:

    Nunca li uma noticia mais absurda (fake)! Todo servidor público federal que viaja a trabalho sabe que o Governo, até então, comprava por agência e com PREÇO CHEIO! Essa sim era uma situação sem concorrência e que atentava contra os principios da Moralidade e da Modicidade! Agora, com a compra direta, existe concorrência e pode-se comprar uma tarifa mais barata!

  2. ErreEne Mundico disse:

    Agências aéreas no Brasil, lasca todos sem discriminar.

    • Acorda Brasil disse:

      Toda ação gera um reação meu nobre. O chá dessas companhias aéreas está coando… pode ter certeza.

  3. Beto Araújo disse:

    Se vc tiver noção de como trabalha um agente de viagens, vc não diria tamanho absurdo. Hoje em dia, mesmo sem receber "comissão" e conseguindo tarifas excelentes, as agências de viagens no Brasil sobrevivem e vão sobreviver.

  4. Sérgio Nogueira disse:

    Quer dizer que as agências por comprarem em grande volume obtêm descontos que fazem as passagens, mesmo com a corretagem, serem mais baratas?
    Ok.
    Então posso presumir que o Governo, que comprará uma ou outra passagem ao ano pagará mais caro. É isso produção?
    O governo compra milhares de passagens ao mês… Minha gente, desde quando falar besteira virou algo bonito?
    Rapaz, se Bolsonaro lançar uma campanha contra o Zika vírus, vão defender o vírus…

  5. JCabral disse:

    Qualquer um em sabe que sem atravessador, o produto fica mais em conta.

  6. Marcelo disse:

    Bom dia, eu faço em média 06 viagens ao mês ou seja 12 pernas e consigo comprar mais barato pelas agências do que direto no site das aéreas.

  7. Teco disse:

    Quem em sã consciência acredita que uma compra sem intermediários, e sem pagar corretagem, fica mais cara. Até nisso essa imprensa quer distorcer. Só sendo hipnotizado por ladrão pra acreditar nisso. Kkkkkkkkk

COMENTE AQUI