Ex-assessor de Flávio Bolsonaro recebia até quando estava fora do país

O Jornal Nacional mostrou que um outro ex-funcionário de Flávio Bolsonaro, Wellington Sérvulo Romano da Silva, passou metade do tempo que ocupou cargo na Alerj fora do Brasil.

Entre 2015 e 2016, ele fez diversas viagens a Portugal, onde ficou 248 dias, no período de 1 ano e 4 meses em que estava empregado na assembleia fluminense.

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Osvaldo Barbosa disse:

    O motorista Escolar que leva meu filho, recebe quando o menino está de férias kkkk é cada uma!

  2. Jonas disse:

    Muita corrupção!

  3. Jair disse:

    Qual é o problema? Ele poderia trabalhar via home fofice movimentando fake news

  4. Escritor disse:

    Ainda bem q aqui no RN não acontece isso. Assessores ganharem morando fora.

COMENTE AQUI