FOTO: Com a presença do ministro da Educação, novo reitor da UFRN é empossado em Brasília

Foto: Divulgação/via site UFRN

O novo reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), José Daniel Diniz Melo, foi empossado nesta terça-feira, 28, em solenidade no Ministério da Educação (MEC), em Brasília. O evento contou com a presença da então reitora da UFRN, Ângela Maria Paiva Cruz, e do ministro da Educação, Abraham Weintraub.

A gestão de Daniel Diniz terá como vice-reitor o professor Henio Ferreira de Miranda, que será empossado pelo reitor na tarde desta sexta-feira, 31, no auditório da Reitoria “Otto de Brito Guerra”, quando haverá ainda a posse dos membros da administração central da UFRN.

No discurso de posse, em Brasília, o professor Daniel Diniz ressaltou o papel da UFRN para o crescimento do Rio Grande do Norte “seja no fomento da educação composta de crescimento intelectual e senso crítico; seja na formação de licenciados que atuam em outros níveis educacionais; seja na formação de quadros para a atuação em sua vida político-administrativa; seja no aprimoramento e na difusão da cultura e das artes; seja, afinal, no permanente diálogo mantido com a sociedade”.

O gestor citou ainda os avanços recentes da instituição de ensino, como o crescimento em pesquisa e inovação, a exemplo da seleção de uma pesquisa da UFRN pelo Instituto Serrapilheira, sendo a única da região Norte e Nordeste do país; a conquista da 15a carta patente; a contribuição para a saúde pública por meio de convênio com a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH); o desenvolvimento dos sistemas integrados de gestão, que hoje atendem a mais de 30 universidades, além da Polícia Rodoviária Federal (PRF), da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), da Controladoria Geral da União (CGU), entre outros órgãos federais; por ter alcançado o 3° melhor índice do país em governança e gestão pública, entre as instituições de ensino, conforme o Tribunal de Contas da União (TCU); entre outros destaques.

Para o docente, “forte é o respeito e a valorização da diversidade na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, não surpreendendo a decisiva participação da mulher em sua vida administrativa e pedagógica. E não é difícil reconhecer que o seu mais notável exemplo, foi a eleição da reitora Ângela Paiva, à qual tenho a honra de suceder após quatro anos como vice-reitor, e cuja administração nos deixa um acervo de realizações capaz de justificar a ação universitária em qualquer latitude”.

Currículos reitor e vice-reitor

José Daniel Diniz Melo

Bacharel em Engenharia Mecânica e Engenharia Civil, Daniel Diniz é professor titular do Departamento de Engenharia de Materiais da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) desde 1996. Possui doutorado em Engenharia Mecânica pela Universidade Estadual do Colorado (EUA) e mestrado em Engenharia Mecânica pela Universidade do Maine (EUA). Fez estágio de pós-doutorado no Departamento de Aeronáutica e Astronáutica da Universidade de Stanford (EUA), de onde é professor visitante desde 2008.

Na UFRN, Daniel Diniz já desempenhou os cargos de chefe do Departamento de Engenharia de Materiais, entre os anos de 2004 e 2011, e diretor do Centro de Tecnologia, de 2011 a 2015. Foi vice-reitor da UFRN na segunda gestão da reitora Ângela Maria Paiva Cruz, de maio de 2015 a maio de 2019. Assume o cargo de reitor para o período 2019-2023.

Henio Ferreira de Miranda

Graduado em Educação Física, Henio Miranda é professor adjunto IV do Departamento de Educação Física da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) desde 1978. Possui especialização em Ciências do Esporte pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e doutorado em Ciências da Saúde pela UFRN. Atua como auditor de justiça desportiva do Superior Tribunal de Justiça Desportiva Universitária.

Entre os diversos cargos de gestão desempenhados em 40 anos de UFRN, foi vice-coordenador dos campi avançados, coordenador e chefe do Departamento de Educação Física, vice-diretor e diretor do Centro de Ciências da Saúde (CCS). Deixa a diretoria do CCS para assumir o cargo de vice-reitor para o período 2019-2023.

Com informações da UFRN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. xarope disse:

    É Hora dos funcionários , Alunos e Professores Honestos, Isentos e comprometidos apenas com o ofício de trabalhar, estudar ou educar; Saírem da da Omissão e Passividade, e PARA RETOMAR A CREDIBILIDADE DESSA ENTIDADE -que já foi tão respeitada – aproveitar essa nova gestão para exigir mudança da postura e cobrar esclarecimentos sobre esse aparente escândalo que deixou perplexa toda a sociedade íntegra do estado.

  2. M.Vinícius disse:

    Estive hj a tarde em um determinado setor de saúde da UFRN e, os "funcionários públicos" colocaram em prática a postura proativa no atendimento exemplar. Todos preguiçosos lá sentados e eu tive que dar boa tarde por 4 vezes até ser atendido.

  3. Luciana Morais Gama disse:

    Até hoje estou esperando uma nota sobre as denúncias na FUNPEC. Estranho, muito estranho esse silêncio.

    • Gulnar Menezes disse:

      Os números mencionados das licitações e compras em outras cidades, além das compras de passagens aéreas, são assustadores. Quem responde pela FUNPEC? Tem que investigar

  4. joao disse:

    e os 50 milhoes da funpec???

  5. joao disse:

    e a funpec??

  6. Sérgio Nogueira disse:

    E o fio do novelo que surgiu com o pagamento por parte da FUNPEC dessa farra em teatro de luxo?
    Será que vão esquecer, deixar para lá, não tem nada para explicar?
    Como uma Fundação gasta mais em publicidade que o dobro do Estado e a Prefeitura de Natal juntos?
    Como uma Fundação gasta 6 milhões em passagens?
    Onde tem petista, tem mal cheiro?

COMENTE AQUI