FOTO: Em final bizarra, Anderson Silva quebra perna, perde mais uma e passa por cirurgia

Em um dos finais de luta mais bizarros da história recente, o americano Chris Weidman manteve o cinturão dos médios do UFC quando Anderson Silva fraturou a perna esquerda ao aplicar um chute no campeão.

O tempo da interrupção foi de 1min16s do segundo assalto.

A luta aconteceu no hotel MGM Grand, em Las Vegas, EUA.

No primeiro combate, em julho, Weidman provocou uma das maiores surpresas ao tomar o cinturão de Anderson ao nocauteá-lo no segundo assalto após surpreender o brasileiro com um gancho de esquerda muito bem colocado.

Era um duelo entre um lutador de apenas nove lutas -todas vitórias-, contra aquele que é considerado o melhor lutador de MMA (artes marciais mistas) da história e que tem o recorde de mais tempo como campeão no UFC (seis anos, oito meses e 22 dias).