FOTO: Policial Civil recebe contra-cheque sem nada para receber por causa da greve

policial 

Um Policial Civil nos enviou uma foto do seu contracheque. O Governo do Estado descontou as faltas e o salário líquido no contracheque simplismente é de R$ 0,00. A greve dos Policiais Civis é considerada legal e o Supremo Tribunal Federal (STF) tem várias decisões que não se pode cortar salário de grevista, a não ser que se neguem a pagar o banco de horas na negociação.

Adquirimos informações que mesmo quem faz parte dos 30% e está trabalhando teve seu salário cortado.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. C G A S disse:

    É impressionante o egoísmo de pessoas que tem a coragem de fazer certos tipos de comentários do tipo "demitir os que estão na greve" ou outros desse tipo. Acredito que não custava nada fazer um exercício de reflexão, por alguns segundos que fossem, não dói e faz bem para a alma.
    Não pensar na situação dos servidores do ITEP e Polícia Civil que trabalham em condições insalubres, um verdadeiro desrespeito não só com os servidores, mas com a própria sociedade. Ninguém vai ao ITEP ou a delegacia porque está feliz, quem procura esses lugares com certeza estão com algum tipo de problema.
    A greve é legítima e é garantida constitucionalmente, é um direito. Ninguém está se negando a compensar as horas não trabalhadas, mas cortar o ponto arbitrariamente mostra com que tipo de governo estamos lidando.
    Mesmo assim, caro Fernando, você ainda apoia essas atitudes da nossa "querida" governadora, com certeza deve apoiar todas as outras barbaridades que ela vem cometendo com o povo do nosso Estado. Parabéns para você que deve ser um dos únicos a aplaudir Rosalba!

  2. Alce Neto disse:

    Caro Fernando, não o conheço mas não poderia deixar de comentar as suas palavras. Primeiramente, você só pode ser perito do Itep, pois são os únicos que não concordam com tal estatuto. Além disso, ali estão país e mães de famílias lutando por melhores condições de trabalho e também salariais e que não se entregam mesmo tendo os pontos cortados
    Agora vem você dizendo que já passou da hora de demiti-los? Pense nas suas palavras e na gravidade que elas têm. A luta é pelos servidores e também pela população. Abraço. Que você tenha mais consciência nas suas próximas postagens.

    • Larissa disse:

      Essa criatura precisa é estudar, conseguiu falar tanta besteira que ao invés de chatear eu me diverti com a falta de conhecimento jurídico no comentário dele. Se não sabe o que é posicionamento da suprema corte, se não entendo o que é direito de grave, se é perito, babão ou covarde não sei, mas se aprofunde no assunto pra não falar tanta bobagem. Como o colega disse: "Que você tenha mais consciência nas suas próximas postagens".

  3. Policial Civil fora da greve disse:

    Infelizmente é a mais pura verdade. Eu não estou de greve, estou trabalhando, inclusive dando plantões da Delegacia Regional para fazer os flagrantes, e também tive meu salário cortado. Completo absurdo desse Governo autoritário. Me pergunto agora se eles tem sanidade mental para estar onde então.

  4. Rafael Vale disse:

    O direito de greve é ligítimo, como também é legítimo o direito de descontar os dias não trabalhados.

  5. FErnando disse:

    Caro Bruno, só para nível de conhecimento o Supremo Tribunal Federal, determinou que o Sinpol colocasse 70% dos grevistas para trabalhar. Caso a determinação do Supremo não fosse acatada, é para o Governo do Estado descontar os salários dos servidores que não compareceram para trabalhar. Decisão mais que justa. Afinal nós que somos servidores estamos trabalhando todos os dias e este pessoal em greve sem trabalhar. Quando entraram na polícia foi sabendo quanto iam ganhar, então não façam este tipo de coisa com a sociedade. Nós que pagamos os salários deles para não dar expediente, já passou dos limites e está na hora da Governadora demitir por justa causa, afinal tem fila de gente querendo emprego. Esta greve já está sendo arbitrária e este presidente do Sinpol está causando abuso na sociedade. Não pode ser assim. Se o Governo não tem dinheiro para pagar os servidores no prazo imagine só acatar o Estatuto que causa um impacto de milhões na folha só para beneficiar uns que nem concursado do ITEP são. FIM DA GREVE JÁ. Não sou do governo, sou funcionário público concursado que zelo pelo meu salário e meus dias trabalhados. Totalmente favorável a decisão do Governo de cortar os salários. Quem não trabalha não é para receber mesmo. Só falta Rosalba colocar ponto eletrônico em todos os setores do Estado para tudo funcionar melhor e acabar a vida boa de muita gente. Parabéns governadora. Atitude plausível.

    • Breno disse:

      Acho espantoso vc dizer que passou em um concurso público e não conseguir entender uma simples postagem com cinco linhas. Pq o policial deve ter seu ponto cortado, se o mesmo faz parte dos 30% que continua trabalhando? Procure se expressar melhor da próxima vez, pq vc mais parece um grande babão do gorverno!

    • SERGIO disse:

      Caro FERNAnDO, voce está mal informado, não existe nenhuma decisão do STF dizendo que a greve é ilegal. Pra começo de conversa greve não é ilegal, pois está prevista na constituição, por tanto é direito, o STF julgou nossa reclamação improcedente devido ao fato de um tramite legal não ter sido atendido, por questão de data na publicação.
      Quanto ao fato de você dizer que o servidor entrou sabendo quanto ganharia, até o salário mínimo aumenta, você ja imaginou uma pessoa com dez anos de serviço em uma empresa, ainda ganhar um salário de R$ 220,00 por mês.
      você é um completo idiota, pois fala das coisas sem conhecimento, talvez não tenha nem noção de como está a policia civil e o ITEP. A GREVE É JUSTA E MORAL, se é que voce sabe o que é isso.

    • ivo disse:

      CARO FERNANDO,SEU COMENTÁRIO SÓ PODE SER FRUTO DE UMA CABEÇA VAZIA. DUVIDO QUE ESTEJA PLENAMENTE SATISFEITO COM O QUE GANHA. PROVAVELMENTE É GRATIFICADO COM A OCUPAÇÃO DE ALGUM DOS CARGOS COMISSIONADOS DO GOVERNO. CONTINUE VIVENDO NO SEU MUITO DE FAZ DE CONTAS, ENQUANTO OS PAIS DE FAMÍLIA BUSCAM MELHORIAS EM SUAS VIDAS, O QUE É MAIS DO QUE JUSTIFICÁVEL.

  6. Eduardo disse:

    Que coisa bem pregada!

  7. Hermes disse:

    Rosalba ou Carlos Augusto rosado quem é governador ou melhor "ditador" ????? Acorda Rn essa categoria ta reivindicando o que é de direito . A polícia militar está também sem condições dignas de trabalho. Agentes penitenciários em situação precária,insalubre. Acorda Rn vamos apoiar as nossas polícias e dá um basta nesse governo ditador

    • disse:

      Amigo vc esqueceu também da saúde,educação e fornecedores que não recebe pagamento!!!!!!! To com vc fora carlos augusto rosado

  8. C G A S disse:

    As barbaridades desse Des-governo parece não ter fim, mas essa categoria é mais forte do que o autoritarismo daqueles que comandam esse Estado.
    Depois da medida tomada de atrasar os salários dos servidores, prova toda a incompetência daqueles que estão "representando" o povo do Rio Grande do Norte, nada mais surpreende.
    Só nos resta perguntar: O quê mais falta acontecer?

COMENTE AQUI