FOTOS: Motorista do Uber que trabalhava com carro roubado é preso no Alecrim

Uma ação realizada pela Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (Defur) prendeu em flagrante, nesta terça-feira (27), Isael Ely Batista, 19 anos, quando foi apreendido com o mesmo um veículo roubado na rua dos Pegas, localizada no bairro do Alecrim, Zona Leste de Natal. Em depoimento, Israel afirmou que comprou o carro, de modelo Uno 2015 que estava adulterado, pelo valor de R$ 7.000,00 reais para trabalhar como uber.

O veículo original foi apreendido em posse de um traficante no dia 12 de maio de 2017, por policiais civis da Delegacia Especializada em Narcóticos (Denarc). Israel foi preso através de abordagem policial, sendo autuado pelos crimes de adulteração de veículo automotor e receptação qualificado, e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. dona Odete disse:

    Pego Uber e não deixo de pegar, melhor em todos os aspectos, táxi tem que fazer uma renovação geral, está ultrapassado.

  2. Duda disse:

    Por isso que eu so uso taxi e um veiculo com indentificado uber usei uma vez nunca mais

  3. Kiko disse:

    Sou totalmente contrário aos serviços prestados pela Uber da forma que ora é praticado. É preciso ter cuidado e entender sua estratégia de negócio, pois essa empresa é predatória. Vai de mercado em mercado sugando tudo o que pode. Além disso, os percentuais cobrados pela Uber são bem elevados em função do pouco investimento. Para quem não sabe, a Uber que já provocou um grande abalo nos serviços de táxi, prepara o lançamento do seu próximo produto (serviço) – locação de veículos. Este produto afeta diretamente os seus atuais parceiros (motoristas de Uber) e consequentemente taxistas. Acredito, inclusive, que provocará a extinção das duas categorias.
    Outro fator que justifica ser contrário a Uber é que esta empresa não deixa nenhuma divisa para Estados e Municípios sob o apelo da geração de emprego e renda para os seus parceiros (uma meia verdade).
    Agora vejamos o outro lado…..
    O serviço de táxi precisa ser moralizado. É inconcebível que uma concessão pública vá parar na mão de empresários (inclusive alguns políticos de nossa cidade), que muitas vezes possuem mais de uma dezena de licenças, quando o correto é uma por pessoa. E nada mais.
    Essa realidade fez com que surgissem inúmeras pessoas dispostas a locar estas licenças e tornarem-se taxistas sem qualquer preparo e controle dos órgão de fiscalização. Um verdadeiros absurdo que maculou a imagem dos verdadeiros taxitas (aqueles que possuem somente uma licença e as tem como meio de vida). Com o surgimento da Uber, aqueles motoristas que locavam as licenças (concessões) passaram a operar com parceiros da Uber, e da mesma forma sem qualquer preparo e controle dos órgão públicos. Digo isso de forma comprovada.
    Desta forma, para não me estender mais, devendo a taxação e regulamentação dos serviços prestados pela Uber (não extinção), para, ai sim, apurarmos a sua viabilidade e garantia de uma justa concorrência. E do outro lado que os serviços de táxi por concessão pública seja operado seguindo a sua concepção e finalidade, hoje totalmente desvirtuada.

    • Léo Júnior disse:

      Não só respeito como compartilho de tal visão sobre ambos os serviços, não há como balizar o mesmo produto sem haver regras claras para ambos, a concorrência predatória não viabiliza nenhuma atividade para que saudavelmente ela mantenha-se, não trata se apenas de uma questão local, transcende limites geográficos, éticos, moral e outras ordens, antes de pagar ninharia sobre determinado produto procuro me informar sobre o custo de determinada operação entender o todo.

  4. Alyson disse:

    Tem bandido em qualquer segmento da sociedade.

  5. MB disse:

    Não confio em Uber. Prefiro pagar mais caro. Só uso taxi; é mais seguro!

    • LULADRÃO disse:

      Você deve ser petista ou sindicalista. Pois quem preza pelo serviço de excelência usa o UBER.

    • eu disse:

      vlw taxista!

    • Leo Júnior disse:

      " serviço de excelência" é realmente….quanta excelência ! Baseando se em determinados pontos de vista. Descreve " o cidadão" dessa afirmativa.

  6. Helio Motta disse:

    Será que os defensores das Audiências de Custódia dirão que essa é a segunda vez que ele é preso pelo mesmo crime só esse ano?
    Mas isso é lógico. Bandido quando é solto vai cometer crimes. É disso que vivem. É isso que fazem.
    Fora os iludidos, os teóricos humanistas e garantistas que povoam as salas das Audiências, ninguém em sã consciência imagina que eles saem de lá para se matricular num cursinho preparatório do ENEM.

  7. Bruno bezerra disse:

    Essa é a qualidade dos motoristas da Uber… País injusto q vergonha…

    • Helio Motta disse:

      O amigo quer procurar no Google manchetes de taxistas envolvidos em crime e ver o nível de alguns desses profissionais?
      Melhor não né…

    • LULADRÃO disse:

      Tem bandido em todas as profissões e lugares. A UBER presta excelentes serviços a população.

    • Luciano disse:

      O amigo deve ser no mínimo um dos "Taxista ou melhor, motorista de taxi" que pagam uma diária absurda para um "Taxista (dono da concessão)" ficar em casa em segurança enriquecendo as suas custas…

  8. Leo Júnior disse:

    Merece 05 estrelas o motorista e o aplicativo pois não trata se de um caso isolado, eis o "mais barato" e direito de escolha dos usuários.

  9. Pptaxitur disse:

    Por isso q à Sttu pede antecedentes criminais, para ser um taxista. Parabéns à PM E PC

  10. LULADRÃO disse:

    A UBER não tem nada com isso. Ele é que é um bandido!

COMENTE AQUI