Google impõe restrição a discussões políticas entre funcionários

O Google emitiu novas diretrizes que limitam a discussão entre funcionários sobre política e outros temas não relacionados ao trabalho, em uma grande mudança para uma empresa que há muito se orgulha de um debate aberto e de uma cultura interna livre.

A companhia Alphabet, matriz da Google, disse em um memorando público na sexta-feira (23) que os funcionários não devem gastar tempo debatendo questões não relacionadas ao trabalho, e evitar xingamentos, entre outros comportamentos desencorajados.

O Google também disse que indicará funcionários para moderar os famosos quadros de mensagens internos da empresa, em vez de permitir que voluntários o façam —reconhecendo que as discussões saíram de controle.

The Wall Street Journal