Governo prevê crise de 2020 menor que o esperado

O Secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida, admitiu ontem dificuldades das previsões econômicas diante da pandemia do novo coronavírus e dos “custos de várias cidades, vários estados, parados”. No entanto, ele aposta que a crise brasileira em 2020 será menor do que previam analistas catastróficos, que apontam até para -9% e que a redução da economia será de 4,7% a 6,5% este ano.

Sachsida define o impacto do covid-19 como uma “quebra estrutural na economia”, mas garante que o país tem condições de se recuperar.

Para o secretário do governo Bolsonaro, os próximos anos serão marcados na História, como “os anos das reformas”.

“O importante é sabermos o Norte”, explicou Sachsida à Rádio Bandeirantes, e atribui ao presidente Bolsonaro essa responsabilidade.

CLÁUDIO HUMBERTO

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Lucas disse:

    Se foi o Paulo Guedes que fez a projeção, assim como as outras, estará errada. Todas as instituições financeiras apontam para um buraco bem maior, infelizmente. Tomara que o governo não fique só na torcida e tome medidas efetivas. O pequeno empresário continua com a corda no pescoço e os bancos lucrando com o crédito liberado pelo Sr. Guedes, sem contrapartidas!!!

COMENTE AQUI