Homenagem: Professora Débora Seabra é escolhida para dar nome ao Grêmio Estudantil do Colégio Porto

Foto: Divulgação Colégio Porto

A professora Débora Seabra, potiguar que é a primeira educadora com síndrome de Down do Brasil, foi escolhida para ser homenageada dando seu nome ao Grêmio Estudantil do Colégio Porto, fundado nesta sexta-feira (14). Ela foi recebida hoje por alunos e sócios-diretores da escola, que formalizaram a homenagem.

Na cerimônia de fundação do Grêmio, Débora Seabra falou sobre inclusão. Ela fez um apelo aos alunos para que o grêmio dê espaço para a incluir a todos, na condição de instituição representativa dos alunos da escola. Escritora, palestrante, professora e ganhadora do prêmio Darcy Ribeiro de Educação, Débora é reconhecida em todo o país como exemplo de inclusão e superação. Em 2014, proferiu discurso na ONU e já recebeu diversas comendas, Brasil afora, por sua atuação em favor das pessoas com deficiência.

A partir da fundação do Grêmio, terá início o processo eleitoral para a escolha da diretoria. Na próxima segunda (17) será publicado o edital das eleições. Poderão compor as chapas que concorrem à direção do Grêmio Débora Seabra os alunos das 1ªs e 2ªs séries; os alunos do Pré não podem concorrer, mas também têm direito a voto. As chapas poderão se inscrever entre 17 e 28 de fevereiro; o período de campanha será de 09 a 13 de março – com direito a um debate – e as eleições estão agendadas para o dia 17 de março.

Assessoria de Comunicação