Investimento estrangeiro no Brasil cresce 26% em 2019, e país salta da 9ª para 4ª colocação entre os principais destinos de IED

Foto: Economia G1

O Investimento Estrangeiro Direto (IED) no Brasil cresceu 26% em 2019, mostraram dados do Monitor de Tendências de Investimentos Globais, divulgados nesta segunda-feira (20) pela Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD).

O IED mede o capital investido por estrangeiros em um país. Ele é considerado por economistas como o “bom investimento”, já que os recursos vão para o capital produtivo (construção de fábricas, infraestrutura, empréstimos e fusões e aquisições).

O fluxo de recursos no Brasil passou de US$ 60 bilhões, em 2018, para US$ 75 bilhões no ano passado. O valor ficou em linha com o esperado pelos analistas dos bancos, segundo dados colhidos pelo Banco Central no final de 2018, por meio do Boletim Focus.

A expansão dos investimentos externos, segundo a Unctad, veio na esteira das privatizações ocorridas a partir do meio do ano, com a venda da Transportadora Associada de Gás (TAG) pela Petrobras. A empresa foi vendida ao grupo formado pela francesa Engie e pelo fundo canadense Caisse de Dépôt et Placement du Québec (CDPQ) por R$ 33,5 bilhões, ou cerca de US$ 8,7 bilhões.

Com a alta, o Brasil passou da nona para a quarta colocação entre os principais destinos de IED no mundo – atrás apenas de Estados Unidos, China e Cingapura, segundo o ranking da Unctad.

Fluxo global fica quase estável

No mundo, o fluxo global de investimentos permaneceu praticamente estável em relação aos dados revisados de 2018. O IED global sofreu uma contração de 1%, passando de US$ 1,41 trilhão em 2018 para US$ 1,39 trilhão no ano passado.

Para os países desenvolvidos, o fluxo de investimento estrangeiro permaneceu em níveis historicamente baixos, caindo 6% em relação a 2018, para US$ 643 bilhões. A queda foi mais acentuada nos países da União Europeia, de 15%, para US$ 305 bilhões, com destaque para a queda de 6% no Reino Unido, como resultado das negociações do Brexit. Já o volume de recursos direcionados aos Estados Unidos permaneceu praticamente estável, em US$ 251 bilhões.

Nas economias emergentes, também houve estabilidade na comparação com 2018, ficando em estimados US$ 694 bilhões. Dentro desse grupo, no entanto, houve comportamentos divergentes: enquanto América Latina e Caribe viram alta de 16% no fluxo, a África teve expansão mais modesta, de 2%, enquanto a Ásia viu queda de 6% – embora ainda seja destino de cerca de 30% do fluxo global.

G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Bento disse:

    Os doidins cada dia mais doidins

  2. Santos disse:

    Muito bom.
    Esperamos que esses números signifiquem mais empregos, melhores serviços públicos e melhor qualidade de vida pro brasileiro.

  3. Bil disse:

    Chupa Lula!!
    Kkkkkkkk

  4. Sidney disse:

    A turma da mamata fica em fleupas quando sai uma notícia dessa,aceita que dói menos petralhada.

  5. Pedro disse:

    Eita Ricardo, antes estava bom, provavelmente para vc, Petrobras, BNDES, 13 milhões de desempregados, zero de confiança no Brasil, amigos ditadores tomando o que é do brasileiro, países se farejando com o nosso dinheiro, Palocci confessando as maracutaias, grandes empreiteiras acertando na mega sena sempre, seus diretores e amigos (do nove dedos) abrindo o bico e devolvendo dinheiro, filhos analfabetos e ricos, aviões de luxo, verborragia, o povão vivendo de esmola e sonho, assim tava bom não é? Vcs são uns cegos, e da pior estirpe, do que não quer ver.

  6. Pedro disse:

    Os imbecis petistas (já fui um) devem estar doidos com essas notícias que o Brasil está voltando a dar certo. Os idólatras do cachaceiro e sua tropa estão indo em busca dos evangélicos, uma graça para quem quem se comparou igual ao criador. Nove dedos ladrão, sua turma e os imbecis que o seguem deviam se envergonhar disso. O egocêntrico vai enterrar ( coisa boa) o PT, ele acha que andorinha só faz verão, o fim só não é triste, pelo fato dele, família e apaniguados terem saído com os bolsos cheios e para nossa infelicidade com o Brasil no chão, o crime crescente, a educação decadente e a saúde aos cacarecos.

  7. Bento disse:

    Não tem outro caminho para os doidins do pt.
    A alternativa é trabalhar más vao ter que entrar na fila do desemprego hoje comaid 13 milhões deixados por este partido

  8. Guto disse:

    A esquerda pira!

    • Ricardo disse:

      Vão tudo dizer que é tudo investimento pra empregar motoristas e entregadores de aplicativos.

COMENTE AQUI