Judiciário

Justiça de SP decide retomar caso do assassinato de Celso Daniel

O Radar informa que a Justiça de São Paulo decidiu retomar o caso do assassinato de Celso Daniel, que até hoje assombra Lula e outros próceres petistas.

O juiz Wellington Urbano Marinho marcou para o dia 17 de outubro a primeira audiência de instrução, debate e julgamento do único réu ainda em liberdade, o ex-segurança do prefeito Sérgio Gomes da Silva, o Sombra.

O Antagonista

Opinião dos leitores

  1. E o caso do Afundamento da Plataforma P36 da Petrobras, heim galera?
    E o caso do ex Deputado e ex Presidente do PSDB, Sérgio Guerra, que recebeu uma boladinha de R$ 300.000,00 para abafar CPI na época de FHC?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Turismo

Vão faltar hotéis e aviões na temporada de verão, diz presidente da CVC

Foto: CVC/Divulgação

A CVC já está com a cabeça na temporada de verão. Após a promessa de estados como São Paulo e Rio de Janeiro de vacinar todos os adultos com ao menos uma dose até setembro e outubro, cresce a expectativa do turismo pela retomada do setor. “A volta à normalidade vai coincidir com a alta temporada. Na minha visão, vão faltar hotéis e aviões porque vai haver um boom de viagens”, acredita Leonel Andrade, presidente da CVC. A empresa, assim como as companhias aéreas, afundou, em abril do ano passado, em função da pandemia. A CVC, que já chegou a valer 10 bilhões de reais, em 2019, viu seu valor de mercado despencar para menos de 1 bilhão, em 2020. Hoje, com uma recuperação mais sólida, já está avaliada em quase 6 bilhões de reais.

O tom para a retomada internacional, contudo, é mais cauteloso, já que muitos países só permitem a entrada de brasileiros depois de uma quarentena e outros sequer aceitam brasileiros ainda. “Vai acontecer a mesma coisa no turismo internacional, mas seis meses depois do doméstico. O maior desafio é reabrir as fronteiras, é um problema político que o governo precisa resolver”, diz o comandante da CVC. Os preços, que despencaram com a pandemia, devem acompanhar a demanda e subir, voltando aos patamares de 2019 até o final do ano, segundo o executivo.

Na última terça-feira, 8, a CVC informou ao mercado que contratou os bancos Citi e BTG Pactual para realizar uma nova oferta de ações. É a terceira oferta. A companhia já captou 700 milhões de reais em duas ofertas, realizadas em setembro de 2020 e em fevereiro de 2021. A dívida da CVC, que já foi de 1,6 bilhão de reais, caiu para cerca de 600 milhões no primeiro trimestre do ano.

Radar Econômico – Veja

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Prefeitura de Ceará-Mirim paga R$ 2,3 mi da primeira parcela do Décimo nesta terça-feira

Mantendo a agenda de compromisso com os servidores, a Prefeitura de Ceará-Mirim anunciou que a primeira parcela (40%) do 13º salário será paga nesta terça-feira (15). A confirmação foi dada pelo prefeito Júlio César Câmara, nesta segunda-feira. Serão injetados na economia local aproximadamente R$ 2,3 milhões.

De acordo com o gestor, o pagamento do Décimo inclui os funcionários contratados da saúde, o que não ocorria no passado. “ O pagamento do Décimo é uma ótima notícia. É fruto de muito trabalho e da economia que a gente tem feito ao longo da nossa gestão. Isso acaba resultando em benefícios para os nossos servidores. A luta continua e o trabalho não para”, concluiu o chefe do Executivo municipal.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

EUA e Israel investigam se vacinas anti-Covid da Pfizer e da Moderna causam inflamação leve no coração

Vacinação na Filadélfia
18/5/2021 REUTERS/Hannah Beier

Foto: Arquivo / Reuters

Autoridades de saúde dos EUA e de Israel investigam se o uso de vacinas contra a Covid-19 baseadas na tecnologia de RNA mensageiro, como os imunizantes da Pfizer/BioNTech ou da Moderna, podem estar gerando casos raros e leves de miocardite, uma inflamação no músculo do coração.

No dia 17 de maio, o CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA) afirmou em comunicado ter registrado alguns poucos casos brandos de miocardite que se seguiram à imunização com uma das vacinas de RNA mensageiro. Nos EUA, são usados dois imunizantes com a tecnologia (Pfizer/BioNTech e Moderna).

O comunicado diz que esse é considerado um potencial efeito adverso dessas vacinas. De acordo com o CDC, os casos ocorrem predominantemente em adolescentes e jovens adultos, é mais frequente em homens e acontecem tipicamente quatro dias após a vacinação com a segunda dose. No país, crianças a partir de 12 anos de idade podem ser vacinadas.

Segundo o CDC, 789 casos foram registrados nos EUA até o dia 31 de maio; 216 ocorreram após a primeira dose e 573, depois da segunda dose.

Em 2 de junho, o Ministério da Saúde de Israel publicou um comunicado afirmando que também investiga a ligação entre o uso da vacina da Pfizer e a ocorrência de miocardite em homens mais jovens.

Segundo a autoridade israelense, 148 casos de miocardite próximos da data de vacinação foram registrados entre dezembro de 2020 e maio de 2021. O comunicado diz que a inflamação acontece com maior frequência em jovens com idades entre 16 e 19 anos, e 95% dos casos são considerados leves.

“Existe alguma probabilidade de uma possível ligação entre a segunda dose da vacina e o surgimento da miocardite em homens com idades entre 16 e 30 anos”, afirma o Ministério da Saúde israelense no texto.

“A recomendação para vacinar adolescentes de 12 a 15 anos deve ser discutida pelo fórum da Força-Tarefa de Contenção da Pandemia e submetido à aprovação do diretor-geral do Ministério da Saúde”, diz o comunicado.

Segundo Jasvan Leite, cardiologista do hospital HCor, uma vez comprovada a ligação entre os imunizantes e a inflamação no coração, o efeito não seria exclusivo das novas vacinas.

O médico diz que em 80% a 90% dos casos de miocardite, alguma infecção viral atingiu o trato respiratório ou o trato gastrointestinal alguns dias antes. O que acontece nesses casos é que a resposta imunológica para combater o vírus pode ser exagerada e as substâncias inflamatórias liberadas pelo organismo chegam a outras partes do corpo e podem prejudicá-las.

“As vacina também pode gerar resposta inflamatória, pois traz a presença de um corpo estranho”, afirma Leite. “É por isso que muitas pessoas têm febre ou dores no corpo após a imunização, e isso é normal.”

Todas as vacinas carregam, de alguma forma, um antígeno —um pedaço do vírus, ou o vírus inteiro inativado, incapaz de gerar doença— que serve para acionar o sistema imunológico e produzir moléculas específicas para combater o patógeno e gerar proteção contra a infecção.

Quando a miocardite é um efeito adverso da vacina, os casos são predominantemente leves e se manifestam com uma dor no tórax, diz o médico. Leite estima que menos de 1% de todos esses casos evoluam para quadros mais graves, gerando arritimias ou insuficiência cardíaca.

Ainda não é possível dizer porque esse tipo de miocardite após a vacinação é mais comum em homens, mas sabe-se que a resposta imunológica é mais intensa em jovens do que em pessoas mais velhas, o que pode aumentar as chances de haver resposta inflamatória associada à resposta imunológica.

O Ministério da Saúde disse não havia nenhuma suspeita de miocardite relacionada à aplicação da vacina da Pfizer no Brasil até a última quarta-feira (9).

“É importante esclarecer que os eventos adversos são associados a qualquer reação após a vacinação, ou seja, não há, necessariamente, relação direta com a vacina. Todos são investigados detalhadamente pelas autoridades de vigilância locais, supervisionadas pelo Ministério da Saúde, com apoio de especialistas”, afirmou a pasta por email.

Para Leite, do HCor, os casos raros não devem trazer desconfiança sobre o uso dessas vacinas. “As vacinas são seguras, e os efeitos colaterais podem acontecer como em qualquer outro imunizante”, diz.

Folha de São Paulo

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

RN contabiliza 21 óbitos por covid nas últimas 24h, sendo 14 dentro do dia; novos casos são 1.504

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta segunda-feira (14). Foram mais 1.504 casos confirmados, totalizando 284.328. Até domingo (13) eram 282.824 infectados.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 6.473 no total, sendo 14 mortes registradas nas últimas 24h: Natal(03), Mossoró(01), Parnamirim(01), São José do Mipibu(01), Ceará-Mirim(01), Jardim de Piranhas(01), Pendências(01), Santana do Matos(01), Campo Redondo(01), Afonso Bezerra(01), Currais Novos(01) e José da Penha(01).

A Sesap ainda registrou outros 07 óbitos ocorridos após a confirmação de exames laboratoriais de dias ou semanas anteriores. No domingo (13) o número total de mortes era 6.452. Óbitos em investigação são 1.377.

Casos suspeitos somam 102.444 e descartados 544.730.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Pacheco diz ser “perfeitamente possível” voto impresso auditável nas próximas eleições

Foto: Pablo Jacob/Agência O Globo/Arquivo

Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) afirmou nesta segunda-feira, em live do site “Jota”, que não se opõe a uma mudança no sistema eleitoral que permita a implementação do voto impresso auditável nas próximas eleições.

Ele afirmou que aqueles que veem possível vulnerabilidade no atual sistema eletrônico precisam ter sua opinião respeitada e que, se for o caso, o voto impresso pode ser adotado, “até para dissiparmos qualquer tipo de dúvida em relação à higidez do processo eleitoral brasileiro”.

“Não enxergo e não acredito em vulnerabilidade do sistema eleitoral. Mas a sustentação sobre eventual vulnerabilidade precisa ser respeitada e precisa ser ouvida. O fato de eu não acreditar não significa que não exista. Obviamente temos que aferir isso, que apurar isso e permitir o debate”, opinou o presidente do Congresso.

“Eu tenho permitido plenamente esse debate sobre o voto impresso auditável. É uma discussão que faremos com o TSE, com o presidente da Câmara. Se houver viabilidade técnica e operacional para uma implantação dessa natureza, que dê maior confiabilidade ao sistema de escolha de candidatos, é perfeitamente possível nós admitirmos”.

Valor

Opinião dos leitores

  1. Indubitavelmente as Urnas possuem vulnerabilidade física e técnica às fraudes, como ampla e conhecidamente divulgado.
    Não há outra solução além da impressão do voto, quer os Boca de Veludo queiram ou não queiram.
    Que mal há em se imprimir o voto?
    Por que essa perseguição peremPTória à impressão?
    Cheira à corrupção e ativismo Ideológico. Nada mais.

    1. Vamos lá entender a questão do voto impresso, o que acontece será o seguinte o candidato vai lhe oferecer dinheiro para comprar o seu voto e vai pedir o cupom fiscal para garantir que você votou nele, apenas isso.

    2. Vc deseja muito que ele bote pra torar em vc não é? Teu pseudônimo te entrega…

    3. será que você sabe que isso significa aumento de gastos do contribuinte? com instalação de impressoras em cada UE, aquisição de papeis, contrato com profissionais para as quebras que irão ocorrer. não é necessário imprimir! basta instalar um softwere para visualização em telas.
      que esses bilhões sejam gastos na saúde ou no combate à corrupção.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

RN registra mais leitos críticos Covid disponíveis do que pacientes que necessitam

Foto: (Reprodução/Regula/Sesap)

O RN permanece com fila ‘zerada’ de pacientes para UTI Covid conforme levantamento no fim da manhã desta segunda-feira(14). Por volta das 12h10, eram 7 pacientes com perfil para leitos críticos na lista e 49 leitos disponíveis, ou seja, mais leitos disponíveis do que pacientes necessitando.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

RN registra taxa de ocupação de leitos críticos para covid de 87,6%

Foto: (Reprodução/Regula/Sesap)

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 87,6%, registrada no fim da manhã desta segunda-feira (14). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 606.

Até o momento desta publicação são 50 leitos críticos (UTI) disponíveis e 352 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 158 disponíveis e 254 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 86,6% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 98,1% e a Região Seridó tem 65%.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Governo Fátima “está fadado ao fracasso”, diz Carlos Eduardo

Em entrevista nesta segunda-feira (14) à 96 FM, o ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, avaliou o Governo Fátima Bezerra (PT) como “fadado ao fracasso”. “Um governo que não tem dinheiro para resolver os problemas das pessoas, simplesmente esse é um governo que está fadado ao fracasso”, disse.

O ex-prefeito de Natal também disse que, caso estivesse no lugar da governadora, teria feito uma reforma administrativa, contratado uma consultoria, diminuído os cargos comissionados e pediria aos poderes que fizessem “o dever de casa”. “A governadora foi aos demais poderes, mas foi sem autoridade moral para exigir dos outros sacrifício, porque ela não fez o dever dela. Eu teria feito o dever e acho que a gente estaria em outra situação”.

Opinião dos leitores

  1. E um perseguidor do funcionário público. Quando ele cita a “necessidade de reformas” entenda-se como DEMISSAO. Está perdido, sem mandato, e apelando à um e a outro para aparecer na mídia. Talvez consiga se eleger como síndico do Porto Brasil.

  2. Precisamos de gente nova: Rosalba, Robinson, Agripino, Garibaldi (e/ou outros Alves), Geraldo Mello e congêneres…

  3. Simples … É só parar de falar besteira e realmente saí candidato contra Fátima … Tá querendo aparecer depois desse tempo todo escondido e tá tentando ver se cola pra alguma cadeira … Já levou uma surra de um milhão de voto aí quer o q agora ???

  4. Faltando pouco mais de um ano para novas eleições, o governo Fátima sequer começou.
    É fraco, inoperante, sem projetos, sem rumo.
    Governo medíocre, pífio.
    O RN está parado, zero de avanços, o governo não se destaca em absolutamente nada.
    Esse desgoverno perde feio em 2022.
    Não tem mais o que dá.

  5. Claro… Até pq quem faz alguma coisa sempre vai valer nada na boca de quem não presta.
    O governo do estado é tão ruim, mas tão ruim que o sr quer se candidatar a ele, né ?

  6. Ao fracasso esse Desgoverno está desde que assumiu. Vamos de Álvaro Dias, Capitão Styverson ou Tomba. Precisamos limpar o RN de Maias, Alves e Bezerra.

  7. Fracasso foi o governo desse senhor na PMN..deixou o salário dos servidores congelados em $ 725 reais..menor q o minimo nacional..nunca fez um plano de carreira..só porque é Lei de Micarla de souza..além de ter atrasado salário por 2 anos consecutivos..

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Carlos Bolsonaro ironiza foto de Lula: “Deve ser aglomeração do bem”


O vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) usou as redes sociais neste domingo (13/6) para criticar uma foto postada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Na imagem, Lula aparece ao centro de uma aglomeração, cercado por políticos e apoiadores.

Em tom de ironia, o filho “02” de Jair Bolsonaro (sem partido) disse que “a turma do ex-presidiário que está na foto está cometendo genocídio. Mas deve ser aglomeração do bem, então não tem problema”.

Carlos se refere ao fato de que a oposição critica a conduta do presidente no combate à pandemia de coronavírus e o acusa de genocídio em função das mais de 487 mil mortes no país devido à doença.

A foto foi registrada no sábado (12/6), durante encontro de Lula com líderes de favelas e movimentos sociais no Rio de Janeiro.

O evento contou com a presença do deputado federal Marcelo Freixo (PSB-RJ), pré-candidato ao governo do Rio de Janeiro, e das deputadas Benedita da Silva (PT-RJ) e Gleisi Hoffmann (PT-RS), presidente nacional do Partido dos Trabalhadores.

Metrópoles

Opinião dos leitores

  1. Em outubro de 2022 Lula e essa turma da foto vão estar todos tristes e chorando vai haver segundo turno mais com o nosso jumento batizado da igreja evangélica Jair Bolsonaro que se consagrará victorioso nas urnas electrónicas com ou sem impressão do turno.

  2. O USO DA MÁSCARA NESSA FOTO NÃO É POR CAUSA DA COVID , É PORQUE A MÁSCARA FAZ PARTE DO TRAJE DE QUEM É LADRÃO

  3. Todos de máscara.O país desse cidadão é que faz todo estardalhaço.Familia sem categoria essa viu.

    1. *Roger, vocalista do Ultraje à Rigor, escreveu em seu Twitter hoje… “Eu não entendo uma coisa. Bolsonaro é o responsável por 470 mil mortes no Brasil. Quem é o responsável pelas mortes na Índia, China, Reino Unido, Itália, Alemanha, Espanha, Chile, Argentina, Rússia, etc… Tem genocida lá ou somente aqui ? Lá quem mata é o vírus e aqui é o Bolsonaro. É isso ?” Aqui quem mata é a mídia militante e os idiotas que querem Lula de volta !*
      COMPARTILHE A VERDADE

    1. Amigo para dizer besteira e asneira é melhor ficar calado, ninguém engole essas babaquices, foto com máscara não justifica a aglomeração, a máscara não oferece proteção total, na hora da fotografia para os imundos”todo mundo de máscara” agora sim Kkkklk pode tirar.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Líderes europeus oficializam certificado digital Covid-19

Foto: © REUTERS/Denis Balibouse/Direitos Reservados

O regulamento que institui o novo certificado digital Covid-19 da União Europeia (UE) foi assinado nesta segunda-feira (14) em Bruxelas, na Bélgica. O primeiro-ministro português, António Costa, elogiou o “passo decisivo” para uma recuperação econômica em segurança. A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e o presidente do Parlamento Europeu, David Sassoli, também estiveram presentes.

Na declaração conjunta, Costa destacou a importância do novo certificado para o restabelecimento das liberdades de movimentação, bem como para a recuperação econômica da região.

“O certificado digital é uma ferramenta inclusiva. Inclui pessoas que se recuperaram da covid-19, pessoas que testaram negativo e pessoas que foram vacinadas. Agora podemos viajar de forma segura. Segura para nós, para aqueles que nos recebem e para as nossas famílias, vizinhos e colegas, quando regressamos”, afirmou o primeiro-ministro. Ele lembrou, no entanto, que as regras sanitárias devem continuar a ser cumpridas.

A presidente da Comissão Europeia destacou o simbolismo da data, já que o Acordo de Schengen (convenção entre países europeus sobre uma política de abertura das fronteiras e livre circulação de pessoas entre os países signatários) foi assinado há precisamente 36 anos, em 14 de junho de 1985.

Ursula von der Leyen salientou que este novo documento tem como propósito apoiar os países após o período mais difícil da pandemia, em que houve grandes restrições nas viagens. “Desenvolvemos este certificado em tempo recorde. Vai fazer com que viajar seja mais fácil e vai dar de volta aos europeus as liberdades que tanto estimam”, afirmou ela.

O presidente do Parlamento Europeu, David Sassoli, disse que essa resposta constitui um “instrumento justo” que permite a todos os cidadãos, de forma “igualitária e não discriminatória, um regresso à vida normal”.

Certificado

O novo certificado digital entra em vigor a partir de 1º de julho, mas já começou a ser entregue em vários países da UE.

O instrumento não é obrigatório para quem pretende viajar, nem é considerado “um documento de viagem”, mas poderá facilitar os deslocamentos dos europeus. Ele servirá para atestar que o seu detentor cumpre um dos seguintes requisitos para viajar sem restrições: ou já foi vacinado, ou se recuperou de uma infecção ou testou negativo para covid-19. Pode ser pedido por qualquer pessoa em uma dessas três situações, evitando eventuais quarentenas.

O Certificado Digital Covid-19 estará disponível em duas versões, digital e papel, e será de acesso gratuito. Fica disponível numa língua nacional e em inglês e é válido em todos os países da União Europeia e do espaço Schengen.

Agência Brasil

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *