Lewandowski arquiva inqúerito que investigava Renan e Jucá

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski decidiu hoje (14) arquivar inquérito aberto na Corte em 2016 para investigar os senadores Renan Calheiros (MDB-AL) e Romero Jucá (MDB-RR) no âmbito da Operação Zelotes, da Polícia Federal.

Lewandowski atendeu ao pedido de arquivamento feito pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge. De acordo com a PGR, “não há mínimos elementos probatórios para justificar a deflagração de ação penal contra os parlamentes”.

O inquérito apurava o suposto recebimento de vantagens indevidas pelos parlamentares em troca de apoio a uma medida provisória que favorecia o setor automobilístico.

A Operação Zelotes investiga desvios no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), órgão que é vinculado ao Ministério da Fazenda e última instância administrativa de recursos referentes a impostos e multas de contribuintes.

Agência Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rafael disse:

    Isso só pode ter c* no meio.

  2. Rafael disse:

    Sem comentários

  3. Fernando disse:

    A corrupção é mundial, mas, a ipunidade é brasileira. Que justiça é essa, que alimenta e proteje os corruptos!

  4. Tarcísio Eimar disse:

    Tem jeito não. Só matando a pau ou à bala.

  5. Leo disse:

    Nao sao petistas, putas e pobres.
    Está explicado.

  6. Nasto disse:

    Só tem ladrão. É ladrão soltando ladrão . Onde vamos parar? Só DEUS sabe. Ou país de corruptos!

  7. AlldO disse:

    BRASIL, PAÍS DA IMPUNIDADE. PUTA QUE O PARIU…..

  8. AlldO disse:

    BRASIL, PAÍS DA IMPUNIDADE. PUTA QUE O PARIU….

  9. Rosa disse:

    Levanovisk, Gilmar e tofoli ficarão na história, como o trio que mais contribuíram pra o atraso do país. É uma decisão atrás da outra contribuindo com a impunidade e a corrupção.

    • Jorge disse:

      Exatamente, três bandidos travestidos de juízes. Sao os mais desqualificados, que nosso judiciário já teve.

COMENTE AQUI