Líder do PSL que prometeu ‘implodir’ Bolsonaro recua e diz não ter nada contra o presidente

O líder do PSL na Câmara, deputado Delegado Waldir (PSL-GO), afirmou nesta quinta-feira (17) não ter “nada” para usar contra o presidente Jair Bolsonaro. Disse também querer “pacificar” a bancada do partido.

Waldir deu a declaração ao ser questionado sobre a gravação na qual afirmar querer “implodir” Bolsonaro, a quem chamou de “vagabundo”. Ele participava de um almoço do presidente do PSL, Luciano Bivar, com aliados.

Bolsonaro fez uma transmissão ao vivo em uma rede social na noite desta quinta-feira, mas não comentou a crise envolvendo o PSL.

Segundo Waldir, a declaração, dada em meio à crise que atinge o PSL, foi feita em um “momento de emoção”.

“O que o senhor tem para implodir o presidente?”, indagou um jornalista.

“Nada. É só questão de… É uma fala de emoção, né? Um momento de sentimento”, respondeu o líder.

“É uma fala num momento de emoção, né? É uma fala quando você percebe a ingratidão. Tenho que buscar as palavras. Tenho que buscar as palavras”, acrescentou.

Questionado, então, se a crise passou, Delagado Waldir respondeu: “Nós somos Bolsonaro. Nós somos que nem mulher traída. Apanha, não é? Mas mesmo assim ela volta ao aconchego”.

Na sequência, o deputado declarou ser possível “pacificar” a bancada do PSL. Segundo ele, os 53 parlamentares votarão “integralmente” conforme os interesses do governo.

“Não tem nenhuma ruptura, não tem nenhuma perseguição, não tem nada”, completou.

Delegado Waldir continua como líder do PSL

O PSL enfrenta uma crise que envolve o comando da legenda, o Palácio do Planalto e os parlamentares no Congresso.

Desde a semana passada, as alas ligadas a Bolsonaro e ao presidente do partido, Luciano Bivar, travaram uma disputa interna.

A crise começou quando o presidente da República se dirigiu a um apoiador e o pediu para “esquecer” o PSL porque Bivar está “queimado para caramba”.

G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sid disse:

    Vai ter que engolir cagão.
    Bote na tua cabeça, quem manda é o povo, ainda tem toda essa gestão e a segunda, o Brasil caminha para o sucesso total, já mostra bons números na economia, depois do estrago do PT.
    Pode se juntar a Rodrigo Maia e sua trup, centrão, PT pra apanhar todinhos num feixo só. Vão pra baixa da égua cambada de corruptos.

  2. Aparecida disse:

    As negociações de bastidores arrefeceram as ameaças. E vivam os conchavos da nova velha politica

  3. Anti-Político de Estimação disse:

    Será que as milícias deram um "recadinho de pé de orelha" para ele ????? com a palavra o TEMPO, senhor da verdade.
    "O sistema é f*#a !" ( Capitão Nascimento)

  4. Luiz Antônio disse:

    Pense numa figura asquerosa.
    A entrevista dele aos canais de TV tentando justificar o recuo, expõe toda a sua pequenez moral.

  5. hein? cuma? disse:

    ARREGOU??? KKKKKKKKKKK

  6. Luiz Antônio disse:

    Tudo jogo de cena. E o pior é que funciona… as pessoas gostam de ser enganadas.

COMENTE AQUI