Magistrados apoiam Lewandowski e repudiam advogado que criticou STF

A Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Associação dos Magistrados do Distrito Federal (Amagis-DF), Associação Nacional do Ministério Público Militar (ANMPM) e Associação dos Juízes Federais (Ajufe) divulgaram nota hoje (5) em apoio ao ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), e em repúdio a um advogado de 39 anos que fez críticas à Suprema Corte.

Lewandowski deu ordem de prisão ao advogado depois de ouvir dele que o Supremo era uma vergonha. A discussão ocorreu durante um voo de São Paulo para Brasília. Incomodado, o ministro pergunta ao passageiro: “Vem cá, você quer ser preso?”. Em seguida, Lewandowski manda chamar a Polícia Federal. O advogado retruca: “Eu não posso me expressar? Chama a Polícia Federal, então”.

Um agente da PF chegou a ir até a aeronave, mas o advogado se comprometeu a manter a calma e o voo seguiu seu curso. Após desembarcar em Brasília, entretanto, o advogado foi abordado perto da esteira de bagagens e levado para prestar depoimento.

No comunicado, as cinco entidades definem o que para elas representa liberdade de expressão: “A liberdade de expressão é um direito fundamental, propicia o debate democrático e o exercício da crítica, mas não autoriza a prática de agressões pessoais, a invasão da privacidade ou o desrespeito às instituições e a perturbação de voos. Trata-se de reconhecer as mais comezinhas regras de civilidade e convivência, que vêm em socorro de qualquer cidadão, como também da coletividade.”

O texto defende o STF como Corte Suprema. “O Supremo Tribunal Federal é a instituição garantidora das liberdades democráticas e do Estado de Direito, e só aos irresponsáveis aproveita ou interessa a deterioração de sua autoridade e a sua deslegitimação social.”

Por fim, as entidades afirmam que repudiam qualquer atitude de agressão ou violência. “A ninguém é dado o direito de perturbar a tranquilidade de passageiros em voos comerciais, tendo as autoridades constituídas não só o direito como o dever do exercício do poder de polícia para coibir a prática de comportamentos impróprios, que possam desaguar em desinteligências ou perturbações aptas a comprometer a própria condução da aeronave.”

Agência Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Kk disse:

    O advogado não fez absolutamente nada de mais, apenas emitiu a sua opinião, o problema é que esses que vesti essa toga, pensam que tem um rei na barriga. O STF, algumas decisões é vergonhosa mesmo, principalmente no tocante a soltura de bandidos Cariocas.

  2. Fagner silva disse:

    O meu apoio vai para o advogado!

  3. Pedão disse:

    Cazuza diria: "A magistratura fede!"

  4. Maysa Maia disse:

    Lula desacato o STF e não fizeram nada contra ele . A população tem razão. Ninguém suporta mais o descumprimento da constituição e a proteção a bandidos pelo STF . São uma quadrilha organizada!

    • Maria disse:

      Isso mesmo, disse que o Supremo estava acovardado e todos os ministros se calaram diante da acusação. Agora querem mostrar que têm moral numa aeronave lotada de passageiros para usarem abuso de poder. Se poupe, me poupe, nos poupe

  5. Rodrigo disse:

    Kkkk
    Grande apoio!!!!
    Quero saber quem o povo apoia?
    Justiça e políticos estao dispuntando os mais eticos e morais!!!
    E as regalias de ferias 60dias, licença prêmio de 90 dias alem de salarios que beiram 50mil com penduricalhos autoconcedidos administrativamente?
    Cara de pau é pouco!

  6. Rock pop disse:

    Tô com o advogado e não abro, seria bom botar pra pesquisar a opinião pública, pra ver o que a sociedade achar desse Supremo Tribunal Federal. Tenham certeza que a grande maioria pensa como o advogado, feito assim esses ministros entendiam que estão sempre machando contra o povão. Tem ministro no STF sim, que é uma VERGONHA NACIONAL, que o diga o povo Fluminense. Não precisa inventar nada, basta vê os noticiários.

  7. Sérgio disse:

    STF, você me envergonha.

  8. luiz fernando disse:

    Eram os Deuses Astronautas? Não, com certeza são Juízes.

  9. Cícero disse:

    A magistratura está contaminada por pessoas que não tem compromisso com o povo brasileiro, haja vista decisões totalmente desconexa dos anseios sociais, sejam no controle dos maus costumes, aonde ladrões de todas as espécies são soltos diariamente, afrontando o senso comum, mais grave que isso, estão os rendimentos desses magistrados, pra um país mergulhado numa crise, é totalmente incoerente a população só ter direito a serviços e salário de terceiro mundo, enquanto isso os magistrados (e outras categorias) tem salários de 1o mundo. E isso é uma maneira de se locupletar(minimizando o caso, gatunagem é o mais adequado). Portanto como julgadores, é difícil de entender como ele terá o equilíbrio nescessário pra julgar se já pesa em seus ombros o poder do desequilíbrio nas entranhas?

  10. Carlos disse:

    O povo repudia o STF e Lewandowski e apoia o advogado Cristiano Caiado de Acioli.

  11. Fernando Antônio Ribeiro Bastos disse:

    Pela nota acima, dar-se a entender que, o problema não é a reputação do STF, mas o perigo da queda da aeronave, por motivo da discussão.

  12. Anderson disse:

    A maioria sabe da conduta deste ministro. Sabe-se, também, que ele não é um republicano exemplar: "é um comunista que finge que acredita na democracia…". Percebe-se, entretanto, que alí, dentro de uma aeronave, não é o melhor lugar para dar início a uma discussão de cunho Nacional. Talvez o rapaz envolvido no episódio tenha forçado um pouco a barra. Não custa nada lembrar que Lula assim disse: "nós temos uma suprema corte acovardada…" Um corrupto, lavador de dinheiro pode dizer o que bem entender contra o STF, todavia um popular não deve fazer o mesmo, sob a ameaça de ir preso.

  13. Teresa Castro disse:

    São farinha do mesmo saco. O povo apoio o advogado. Ele nos representou muito bem.

COMENTE AQUI