Maia diz que reforma está acima do governo e quer ‘blindar’ o texto

Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Em meio à crise com o presidente Jair Bolsonaro, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse a aliados que a reforma da Previdência está “acima do governo” e que vai “blindar” a proposta.

“Não tem a ver com governo dele, ministro, nada. É acima do governo dele, de ministros, de tudo. Vamos tocar”, disse ao blog.

Maia conversou sobre a estratégia da Previdência com aliados no final de semana, como João Doria, governador de São Paulo.

Eles discutiram o conteúdo da reforma da Previdência que foi enviada pelo governo Bolsonaro – e ambos concordaram que vão “mexer” para “ajustar” o texto.

Cogitou-se, inclusive, outro texto para a Previdência – como o que havia sido enviado pelo governo Temer. Mas, segundo o blog apurou, concluíram que o que será mexido, “com emendas”, será o texto enviado pela equipe de Paulo Guedes.

A propósito, João Doria foi além: disse que o ideal também é “blindar Paulo Guedes”, ministro da Economia.

“O ministro é muito importante. O foco agora é a agenda Brasil, precisamos pacificar pela Previdência: se não aprovar, o Brasil vira Venezuela e todos perdem. Não dá”, afirmou Doria à reportagem.

Diminuindo a temperatura

Maia negou ao blog nesta segunda-feira (25) que esteja em curso um “troco” nesta semana de parlamentares insatisfeitos ao governo Bolsonaro. Ele defende, por exemplo, que a Câmara não vote a derrubada do decreto anunciado por Bolsonaro que libera turistas norte-americanos e de outros países de visto para entrada no Brasil.

Como o blog mostrou na semana passada, parlamentares avaliam derrubar o decreto para dar uma espécie de recado ao governo, irritados com o tratamento do presidente ao Congresso.

Maia, no entanto, disse ao blog que é hora de evitar polêmicas e de trabalhar para “diminuir a temperatura”.

Blog Andréia Sadi – G1

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Fagner disse:

    E Angorá?

  2. Cardoso disse:

    A revolta dele é por causa do projeto anti crime, pois caso aprovado enquadraria ele e uma imensa parte do congresso, todos integrantes do crime organizado. E isso ele considera como afronta, entretanto, a sociedade e o povo organizado irá exigir a aprovação do projeto anti crime, e ele também terá que priorizar o trâmite do projeto anti crime. Só assim alcançaremos as mudanças pra um Brasil melhor.

  3. Cardosox disse:

    Se a reforma fosse pra atender a sociedade ele não priorizava, como é pra atender os grandes empresários, ele tem que votar, sob a pena de não receber propina pra financiar sua reeleição. Já o projeto anti crime do moro, não quer votar, isso porque atende a necessidade do povo de se defender contra a ações de bandidos da estirpe dele e os demais membros dessa quadrilha que usurpa o dinheiro público do Brasil, além também das facções criminosas.

  4. Cigano Lulu disse:

    "Vamos tocar", como assim? Roliço Maia tem que se manter neutro, em respeito às várias correntes que existem dentro da Câmara, contra e a favor da reforma.

  5. Ceará-Mundão disse:

    Esse Maia não engana ninguém. Representante da "velha política", teve seu sogro preso nesses dias e ele próprio é alvo de investigações. Está apenas atrás de barganhar seu apoio. E está tentando emperrar as propostas do ministro Moro, numa clara demonstração de que está do lado dos corruptos e bandidos. Não podemos permitir que esse sujeito atrapalhe as mudanças que o nosso povo deseja.

  6. Lindemberg de Araújo disse:

    Toda essa REVOLTA de Rodrigo Maia CONTRA o governo, PROVA a forma dele fazer política e se sente muito desconfortável SEM O TOMA LÁ DÁ CÁ, assim como muitos outros deputados.
    Essa briga inventada por Rodrigo Maia é um reflexo incontestável por ver seu sogro, Moreira Franco preso. Essa turma antiga e viciada em poder com impunidade não aceitam o tratamento como mortais e que estão abaixo da lei. Se bem que eles tem o STF para protejelos, mas enquanto a justiça estiver nas mãos daqueles que respeitam o que está estabelecido nas leis, veremos muitos "figurões" respondendo pelos crimes, comprovadamente cometidos.

  7. Justiceiro disse:

    Sou do sertão nordestino, já votei em Lula e hoje digo: #bolsonaropresidentebrasil2022 #kimkataguiripresidentebrasil2026 #Deusacimadetodos #forçaLavaJato #foratoffoli #foragilmarmendes #forastf #foramaia #foraforoprivilegiado #foragleisi #forafanaticosporlula #foracorruptos #foraglobolixo

COMENTE AQUI