Mais de 280 mil pessoas deixaram planos de saúde em abril e maio

Em abril, dois meses depois do início da epidemia de Covid-19 no Brasil, 67.460 pessoas deixaram a saúde suplementar no país. Em maio, outros 216.217 brasileiros interromperam seus planos de saúde. São, em sua maioria, pessoas que perderam seus empregos ou sofreram quedas bruscas nos rendimentos. Agora, contam apenas com o Sistema Único de Saúde para seu atendimento médico e hospitalar. Mantida a tendência de fuga dos planos, o SUS pode ficar sobrecarregado, apontam especialistas.

 
Caso os dados de junho sigam os de maio e mais 200 mil usuários fiquem sem plano, esse terá sido o pior trimestre da História do país, de acordo com José Cechin, superintendente executivo do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS).
 
— De fato, estamos numa crise. Isso vem acontecendo de forma importante desde abril e acelerou em maio: 216 mil a menos em um mês só é uma variação importante. Ainda não temos os dados de junho, mas também deve haver perda de beneficiários, porque não houve retomada — afirma Cechin.
 
Em maio, 37,8 milhões de usuários (80,7% do total) tinham plano coletivo, dos quais 83% eram coletivos empresariais e 16,4%, coletivos por adesão, formados por sindicatos e entidades de classe, por exemplo. O restante são planos individuais.
 
O superintendente do IESS explica que a migração para o SUS pode não ser total, porque uma parcela, tentando agilizar o tratamento, vai procurar clínicas populares ou consultas particulares. No entanto, isso não é solução para atendimentos de emergência, cirurgias ou exames mais complexos: “Com a saída em massa dos planos, a maioria vai mesmo ter que ir para a fila do SUS e buscar atendimento em UPA”.
 
O GLOBO

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jainê Gomes Martins disse:

    Muito, muito caro e ineficiente para marcar consulta para 30 dd é um absurdo

  2. Andinho disse:

    As operadoras de plano de saúde precisam acordar e ver que estão matando as galinhas para tirar os ovos de ouro que tem dentro, estes aumentos abusivos só contribuem para reduzir a cada dia o mercado dos planos. Esta insustentável pagar plano de saúde.

  3. Juliana disse:

    Esse louco vai acabar com Brasil

    • Luciano disse:

      As pessoas deixaram de ter dinheiro pra pagar o plano de saúde com essa historinha de fique em casa, muita gente perdeu emprego, a louca aqui resposável por isso foi sua desgovernadora Fatão GD

  4. Palmikto podre disse:

    Como o TONHO DA LUA vai acabar com a isenção de despesas médicas no Impsto de renda , vai aumentar ainda mais esse número s . O GADO 🐄 com alegria vai receber essa TOROMBADA . O BERRANTE GRITA ! Mummmmmmmm

    • Fran disse:

      Você passou quase 16 anos levando do PT e não reclamou. Faça como seu pai Lula disse: " chupa que a cana é doce" kkkkkkkkkkkk

    • Luan disse:

      Chore mais que em 2022 é no primeiro turno.

COMENTE AQUI