Ministro da Educação admite erro na correção de provas do Enem

Foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirmou na manhã deste sábado (17) que foram encontradas “inconsistências na contabilização e correção da segunda prova do Enem do ano passado”, referindo-se ao Exame Nacional do Ensino Médio, de 2019.

Segundo Weintraub, o erro atingiu “alguma coisa como 0,1%” dos candidatos que prestaram o exame. Já Alexandre Lopes, presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela prova, afirma que a falha “não vai chegar nem a 9 mil pessoas”.

G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rodrigo disse:

    Não, o ministro não admitiu o erro. Ele insiste em chamar de inconsistência.

  2. Aparecida disse:

    O ministro precisa convocar a imprensa e divulgar esses equívocos dançando com o guarda-chuva.

  3. Emannuel disse:

    IMPRECIONANTE!!!! KKK

  4. Bozominions sangram disse:

    Imprecionante

  5. Santos disse:

    Çey!

  6. Jorge disse:

    Isso já aconteceu em várias edições do Enem. Disparado o melhor Enem que já ocorreu.

  7. Lucia disse:

    NÃO FOI O MELHOR ENEM DE TODOS OS TEMPOS, SENHOR MINISTRO ANALFABETO?

COMENTE AQUI