Ministro da Justiça demite diretor da Seopi depois de dossiê contra servidores antifascistas

O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, divulgou nesta 2ª feira (3.ago.2020) que demitirá o diretor de Inteligência da Seopi (Secretaria de Operações Integradas), coronel do Exército Gilson Libório de Oliveira Mendes.

A medida é anunciada logo após reportagem do portal UOL mostrar que o órgão produziu 1 dossiê com informações de 579 professores e policiais identificados pelo governo como membros de “movimento antifascismo”.

Em nota, o Ministério da Justiça diz que Mendonça determinou a instauração de uma sindicância interna para apurar o trabalho da secretaria. A 1ª providência foi o afastamento do diretor de inteligência. “Como medida considerada adequada à realização dos trabalhos da comissão (de sindicância), o ministro decidiu pela substituição da chefia da Diretoria de Inteligência da Seopi”, diz o comunicado.

Libório assumiu o comando da Seopi no lugar de Fábio Galvão da Silva Rêgo, delegado da PF que havia sido nomeado na gestão do então ministro da Justiça Sergio Moro.

Leia a íntegra da nota divulgada pelo ministério:

“Após determinação do ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, a Corregedoria-Geral do Ministério instaurou, nesta segunda-feira (3), Sindicância Investigativa para apurar os fatos relacionados à Diretoria de Inteligência da Secretaria de Operações Integradas (SEOPI), conforme amplamente divulgado na imprensa.

A Comissão foi designada através da Portaria COGER nº 158/2020 e é composta por um delegado de Polícia Federal, integrante da Corregedoria-Geral do MJSP; um Procurador da Fazenda Nacional e um Auditor Federal de Finanças e Controle da Controladoria-Geral da União.

Como medida considerada adequada à realização dos trabalhos da Comissão, o ministro decidiu pela substituição da chefia da Diretoria de Inteligência da SEOPI.

Por fim, o Ministério da Justiça e Segurança Pública destaca que o ministro André Mendonça está à disposição para prestar esclarecimentos à Comissão Mista de Investigação da Atividade de Inteligência, aguardando apenas a definição da data.

Assessoria de Comunicação do Ministério da Justiça e Segurança Pública”

PODER 360

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Barbosa disse:

    Meu Deus! Beira à insanidade, à demência, os dois comentários anteriores. Deve ser devido à essas "capacidades intelectuais" que, somente, falam mal do governo. O cara foi demitido justamente por criar um dossiê contra aqueles que se dizem "antifascistas" e vivem fazendo atos violentos pelo país…

  2. Gado comedor de bosta com cloroquina disse:

    Valeu mito!!! Não aceite opinião contrária de ninguém. Identifique, e ao menor sinal de oposição, coloque o peso do Estado em cima do meliante.

  3. Cidadão pagador de impostos disse:

    Velha tática de bode expiatório p o subordinado.
    MORO 2022

COMENTE AQUI