Clima

Natal amanheceu debaixo d’água

Alagamento
Rua Dr. José Gonçalves – Lagoa Nova

 

Natal amanheceu castigada pela chuva, às 06:00h da manhã desta quarta-feira tem mais de 100 pontos de alagamentos na cidade.

São alagamentos em todas as regiões da cidade.

Chove desde às 22:00 sem parar na cidade.

Estão nesse momento alagadas e sem condições de tráfego a Marginal da BR 101 sentido Parnamirim nas proximidades do Natal Shopping, a Av. Cap.-Mor Gouveia fechada entre as ruas Jaguarari e São José por causa de alagamento, também alagamento na Av. da Integração, na altura da Lagoa de Captação.

Opinião dos leitores

  1. Só nos resta aguardarmos as desculpas da prefeitura que nunca mudam: choveu mais do que a média para o período, choveu mais do que o sistema de drenagem poderia suportar, a população joga muito lixo nos bueiros, entre outras.
    Ação preventiva ou aumento da capacidade do sistema de drenagem é difícil. Quando existe, a obra fica parada ou emprega um ritmo irritantemente lento.

  2. E o prefeito da maquiagem, diz o quê após 10 anos administrando e a cidade ainda ter inúmeros pontos de alagamento?

  3. Nessa esquina da sao jose com cap. Mor gouveia tem uma casinha na esquina da rua q me parece q tem gente trabalhando em algum tipo de obra inacabável. Acho q tem uns 3 anos q estao lá e ainda assim nao conseguiram resolver este problema crônico de alagamento.

    Intrigante….

  4. Esse alagamento entre a rua são José e Jaguarari é uma piada pois fez parte das obras de drenagem da copa do mundo. Mais um vexame com dinheiro público de nós contribuintes. Passei lá agora tudo inundado!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Simone Tebet se diz ‘honrada com missão’: ‘O centro democrático vai ganhar essas eleições’

Foto: Reprodução

Confirmada como pré-candidata à Presidência pelo MDB, a senadora Simone Tebet (MS) disse nesta quarta-feira, 25, estar “honrada com a missão”. “Estou pronta, estou preparada, estou honrada com essa missão, ciente da responsabilidade e com fé em Deus que vamos para o segundo turno e depois do segundo turno o centro democrático vai ganhar essas eleições”, afirmou ela em entrevista coletiva em Brasília. “Vamos falar menos de Lula e Bolsonaro e vamos falar mais do Brasil real.”

Simone Tebet reconheceu que não tem o apoio de todas as alas do MDB, mas disse que terá “unanimidade” na convenção partidária. A senadora afirmou ainda que o fato de ser “desconhecida” pode ajudá-la na campanha. “Isso pra mim é algo que me fortalece porque isso me permite dizer ao Brasil aquilo que queremos”, disse.

Nesta terça-feira, 24, a Executiva Nacional do MDB e diretórios estaduais confirmaram a pré-candidatura presidencial da senadora. O encontro não contou com a presença dos diretórios do Ceará, de Alagoas e da Paraíba, que são publicamente contra a legenda ter uma candidatura própria e defendem o apoio da sigla à pré-candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

O Cidadania também reuniu sua Executiva nesta terça e decidiu pelo apoio à pré-candidatura de Simone. “Com Simone Tebet, MDB, PSDB e Cidadania dão um passo concreto na direção da manutenção da democracia com um programa comum: projetar o Brasil do Século 21”, disse o presidente do partido, Roberto Freire, por meio de nota.

Apesar da decisão, o Cidadania está atrelado ao que o PSDB vai deliberar. Os dois partidos vão formar uma federação e precisam ter decisões conjuntas nas eleições nacionais, estaduais e municipais por no mínimo quatro anos. A sigla tucana, que também deveria ter divulgado sua decisão nesta terça, adiou o encontro da cúpula para a semana que vem devido a conflitos internos.

Estadão

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Guedes volta a falar em moeda única para Brasil e Argentina, o ‘peso-real’

 

Foto: Antônio Cruz

O ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a falar da possibilidade de uma moeda comum entre Brasil e Argentina, o “peso-real”, um tema que já havia aventado em 2019. “Eu acho que vamos ver, provavelmente, o peso-real”, disse em evento no Fórum Econômico Mundial ao defender maior integração na América Latina e falando de um cenário para 15 anos.

Guedes falou da pandemia e da disrupção das cadeias de produção, que provocou inflação nos mais diferentes países. Depois veio a guerra da Ucrânia, que exacerbou estes movimentos e está levando os bancos centrais a acelerar as altas de juros. “A inflação global está subindo, os preços de alimentos e petróleo estão subindo”, disse ele. “Águas turbulentas pela frente.”

Nesse ambiente, o Brasil e a América Latina são essenciais para prover segurança alimentar e energética para a Europa, disse Guedes.

Em viagem recente aos Estados Unidos, o ministro contou que ouviu da secretária de Tesouro, Janet Yellen, que o cenário de investimento no mundo mudou, em meio a uma alta dos riscos geopolíticos. Nesse ambiente, para receber investimentos e para o comércio, os países precisam estar próximos, o conceito de “naershoring”, e além disso, serem alinhados, o “friendly-shoring”. “Este é o novo ambiente”, disse Guedes.

Guedes participou de um evento sobre América Latina, para discutir empreendedorismo e práticas de governança, sociais e ambientais na região, que formam a sigla ESG. No mesmo evento, o fundador e CEO do Nubank, David Velez, contou a história do banco e falou do número ainda alto de pessoas sem acesso a bancos na região.

Agência Brasil

Opinião dos leitores

  1. Perto das eleições vai fazer de tudo pra iludir eleitor, o peso tá dando errado lá na Argentina, o real aqui desvalorizado aí se junta pra formar o quê? Se o ministro da economia não soube segurar o real vai propor juntar-se a outro pior?

  2. Já pode rir boiada imunda!???
    O Presidente Lula falou isso esses dias, a boiada ficou a venta e os chifres pegando fogo 🔥

  3. Para ele é fácil falar isso já q tem grande parte de seu dinheiro em dólar num paraíso fiscal…

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

RN registra taxa de ocupação de leitos críticos para covid de 20,4%

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 20,4%, registrada no fim da manhã desta quarta-feira (25). Pacientes com Covid-19 internados em leitos clínicos e críticos somam 16.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 19,5% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 23,1% e a Região Seridó tem 0%.

Até o momento desta publicação são 33 leitos críticos (UTI) disponíveis e 11 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 58 disponíveis e 5 ocupados.

Outros 10 leitos de UTI estão ocupados por pacientes ‘não Covid-19’ e também 1 leito clínico também está ocupado por pacientes ‘não Covid-19’, com outras síndromes gripais.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

COVID: RN possui 33 leitos críticos e 58 leitos clínicos disponíveis

O RN permanece com fila zerada de pacientes para UTI Covid conforme levantamento feito por volta das 11h40 desta quarta-feira (25).

Neste período, havia seis (06) pacientes com perfil para leitos críticos na lista de regulação e um aguardava avaliação. Foram registrados disponíveis 33 leitos críticos e outros 58, sendo clínicos.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

RN não registra óbitos por Covid-19 nas últimas 24h; Novos casos são 83

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta quarta-feira (25). São 504.990 casos totalizados. Novos casos nas últimas 24h são 83.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 8.199. Óbitos em investigação são 1.421.

Recuperados são 496.046. Casos suspeitos somam 561 e descartados são 954.011. Estimativa de casos em acompanhamento: 745.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Potiguar Renan Barão já tem data para retorno ao octógono; atleta não luta desde saída do UFC em 2019

Foto: Divulgação

O potiguar Renan Barão está pronto para retornar ao MMA. O ex-campeão peso galo do UFC enfrentará William Gomis no peso pena no ARES FC 7, em 25 de junho, em Paris. Barão anunciou o confronto em suas redes sociais. Com o evento, a luta será a primeira de Barão desde sua saída do UFC em 2019.

Renan Barão não deu sorte nos últimos anos com suas tentativas de voltar ao MMA. O potiguar, de 35 anos, viu três cards anteriores falharem desde sua saída do UFC, incluindo uma luta proposta em janeiro passado contra Horacio Gutierrez, no Eagle FC 44, que acabou sendo cancelada.

Em atividade, Barão foi considerado um dos melhores lutadores peso por peso no esporte. Ele teve uma impressionante sequência invicta de 33 lutas até conquistar e defender o título peso-galo do UFC, antes de uma derrota em 2014 para T.J. Dillashaw.

96 FM

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tecnologia

Videomonitoramento inteligente vai contribuir para melhorias no trânsito de Natal

Foto: Divulgação

A Interjato Soluções venceu a licitação para prestação de serviços de fornecimento, implantação, operação e manutenção dos sistemas de videomonitoramento e central de monitoramento de trânsito e de transporte da STTU, em Natal.

A empresa potiguar com mais de duas décadas de atuação apresentou uma proposta com equipamentos mais completos e modernos que os previstos em edital, com um custo 40% menor que o valor estimado.

A solução de Trânsito Inteligente da Interjato inclui 180 câmeras que permitem o reconhecimento de placas, cor e tipo do veículo, análise de fluxo, detecção de estacionamento proibido e contagem de veículos. Uma das tecnologias que vão ser entregues possuem capacidade de captar 30 faces humanas por segundo, alta resolução, conectividade, transporte de dados e armazenamento de imagens.

Outra entrega são as câmeras panorâmicas com visualização 360 graus, que devem contribuir com informações inteligentes constantes para os sistemas de segurança e também vão modernizar a forma de planejamento e infraestrutura pata administração do trânsito de Natal.

“Essa é mais uma conquista importante para a Interjato porque atesta a qualidade técnica de uma empresa que é potiguar e isso também se reflete na qualidade do serviço para o contratante, uma vez que a assistência está mais próxima e garante agilidade em caso de manutenção”, disse o CEO da Interjato Soluções, Erich Rodrigues.

Com o resultado do pregão e assinatura do contrato, o prazo de início da implementação é de 90 dias após a ordem de serviço.

Opinião dos leitores

  1. Não adianta tanta tecnologia se a STTU segue no tempo dos Flintstones. É como entregar uma Ferrari a quem não tem os braços.

  2. Impressiona ver a quantidade de fios existentes nas ruas. Tem para todos os gostos e modelos. É uma temeridade a quantidade de fios que existem entre os postes. Isso não existe em países desenvolvidos.
    Nenhuma autoridade vê isso? É um absurdo.
    Vai ser preciso outra tragédia como já ouve na zona norte para que seja planejada e tomada providências nesse sentido?

  3. Tem que avisar a esse prefeito chibata e incompetente Álvaro dias, que recapear e rapariga buracos melhora o fluxo e o trânsito de veículos e pedestres.
    Esse Prefeito Chibata quer arrecadar pra bancar suas mordomias e ajudar eleger seu filho.
    Prefeito chibata.

    1. Se for pra multar, dentro da LEI, os espertinhos que comentem infrações e idiotas que causam acidentes: que multe MUITO!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comportamento

95% da população acima de 18 anos se diz heterossexual, estima IBGE pela 1ª vez

Foto: Ilustrativa

Levantamento feito pela primeira vez pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) aponta que 94,8% das pessoas de 18 anos ou mais no país se declaram heterossexuais. Entre os entrevistados, 1,8% se disseram homossexuais (1,13%) ou bissexuais (0,69%).

Divulgados nesta quarta-feira (25), os dados referentes à orientação sexual autodeclarada da população foram levantados em um módulo inserido na PNS (Pesquisa Nacional de Saúde), realizada em 2019, em parceria com o Ministério da Saúde.

A pesquisa foi realizada em 108 mil domicílios, por amostragem probabilística. De forma inédita, os entrevistados foram questionados sobre sua orientação sexual, com seis opções de resposta —heterossexual, homossexual, bissexual, outra, não sabe e recusou-se a responder.

Cerca de 2,3% escolheram não responder, porcentagem superior à soma de homossexuais e bissexuais. Outros 1,1% disseram que não sabiam e 0,1% afirmaram que têm outra orientação sexual (como assexual e pansexual, por exemplo).

A soma das porcentagens passa de 100% em função do arredondamento, informou o instituto. Não houve coleta a respeito da identidade de gênero da população. O IBGE afirmou que ainda estuda metodologia para incluir o tema em suas pesquisas.

Segundo a PNS, em 2019 havia 159,2 milhões de pessoas acima de 18 anos no país. Assim, de acordo com a estimativa da pesquisa, eram 1,1 milhão de bissexuais, 1,8 milhão de homossexuais e 150,8 milhões de heterossexuais.

Considerando o sexo biológico dos entrevistados, o percentual de mulheres bissexuais (0,8%) é maior do que o de homens bissexuais (0,5%). Em paralelo, a porcentagem de mulheres homossexuais (0,9%) é menor do que a de homens homossexuais (1,4%).

Do total de 1,1 milhão de pessoas declaradas como bissexuais, a maioria são mulheres (65,6%). Já das 1,8 milhão de pessoas declaradas como homossexuais, os homens são a maioria (56,9%). A idade aparece como um fator que influencia a autodeclaração —conforme mais velhos os entrevistados, menor o percentual de não heterossexuais.

Na faixa entre 18 e 29 anos, 4,8% se declararam homossexuais ou bissexuais. Esse percentual cai para 0,2% entre os que têm 60 anos ou mais. O nível de instrução também pareceu impactar os resultados. Entre aqueles com superior completo, 3,2% se disseram homossexuais ou bissexuais. O percentual cai para 0,5% no caso dos entrevistados sem instrução ou com o fundamental incompleto.

O IBGE diz que os dados são experimentais e que ainda estão sob avaliação por “não terem atingido um grau completo de maturidade em termos de harmonização, cobertura ou metodologia, sendo, portanto, um primeiro exercício para a captação do tema em questão”.

Folha de S. Paulo

Opinião dos leitores

  1. Alguma coisa não bate ai: pelo próprio IBGE , Natal está em 2º lugar em relação ao maior número de homo e bi. A conta não fecha
    kkkkkkkkkkkk

  2. Herança maldita da libertinagem pregada pelas novelas da globo, junto a apologia da esquerda ao LGBT. Os hereges pervetidos querem acabar com a família que a bíblia trás como modelo social.

    1. Oh mentira deslavada kkkkkkkk, se mentir for pecado, meu Deus salve esses entrevistados.

  3. Ainda bem que somos maioria, pois o contrário representaria o fim da espécie humana na terra.
    BOLSONARO macho todo, Ainda vai deixar vários machos durante gerações.

  4. Que pesquisa mentirosa e comunista, onde já se viu 95% heterossexual, o brasileiro patriota não é isso não!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Operações com Pix entram na mira dos auditores fiscais do RN

Foto: Júlia Martins

Operações eletrônicas como o Pix passaram a ser monitoradas pelos auditores fiscais do Rio Grande do Norte, neste mês de maio, segundo a Secretaria Estadual de Tributação. A SET informou que atualizou as malhas ficais, que são os cruzamentos de dados fornecidos pelos contribuintes e instituições financeiras, e incluiu esses novos meios de pagamento nas análises.

Além do Pix, boletos, transferências e vouchers, entre outros, entram na mira dos auditores fiscais. Segundo o governo, a medida fortalece o combate à sonegação fiscal, que é considerada crime contra a ordem tributária.

Até então, o fisco operava com malhas que relacionavam apenas informações de vendas efetuadas com cartão de crédito ou débito, e, muitas vezes, não representavam a movimentação real das empresas.

Agora os auditores podem identificar, por exemplo, os casos em que uma empresa não emitiu notas fiscais, ou recolheu impostos com valores menores que o devido, mas recebeu pagamentos via Pix com valores acima dos informados.

As novas malhas fiscais – que são comparativos entre as informações dadas pelos contribuintes e os dados reais – envolvem quatro modalidades:

  • Inapto com movimento de pagamentos eletrônicos;
  • Divergência Receita Declarada (DAS) x Receita de pagamentos eletrônicos;
  • Divergência da Escrituração Fiscal Digital (EFD) x Pagamentos eletrônicos;
  • DAS Não informado x Receita de pagamentos eletrônicos.

“Temos atuado, desde o início desta gestão, para modernizar os nossos controles, o que é fundamental para a equalização de receitas do Estado em conformidade com a movimentação real dos setores econômicos. E acompanhar as novas formas de pagamento faz parte desse processo”, diz o secretário estadual de Tributação, Carlos Eduardo Xavier.

G1 RN

Opinião dos leitores

  1. Parabéns a competência dos auditores fiscais do RN. E aí eu pergunto, pq o governo não coloca esse pessoal na Secretaria de Saúde, pois só assim a pasta ia melhorar 100%. Fica a dica!!

  2. É inconstitucional, vai gerar um grande volume de ações… e vai criar um transtorno para a população e um dispensa para o estado reparar as custas e reparação para as pessoas que terão seu sigilo bancário vazado..pode aguardar, vamos ganhar muito dinheiro com essas ações… inclusive até o secretário é responsável pela atividade administrativa e sobra também para o chefe do executivo.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *