Nos Correios, 36 sindicatos dificultam negociação

Um dos motivos do declínio dos Correios, que já foram a instituição mais respeitada do Brasil, é a radicalização do impressionante número de sindicatos, um mais radical que o outro. Atualmente, são 36 entidades pretendendo “liderar” quase 100 mil funcionários. Empenhada em manter regalias, a pelegada agora é questionada pelos funcionários convencidos do erro promover greve em plena pandemia. Poucas greves apontaram de modo tão eloquente a privatização da estatal como solução definitiva.

De 5 a 9 empregados são liberados do trabalho para ficar à disposição de cada um dos sindicatos e 11 para cada uma das duas federações.

Todos os liberados mantêm, além dos salários e assistência médica, os vales Alimentação e Refeição, vale-peru e vale-cultura. Sem nem corar.

Além das regalias, o acordo coletivo obriga viabilização de cooperativa habitacional, palestras e cursos, além de reembolso de gasto com babá.

CLÁUDIO HUMBERTO

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Lélio Medeiros disse:

    Correio piada nacional, já foi o tempo que ser ia para alguma coisa, privatização já..

  2. João Macena disse:

    Isso apenas me dá a convicção, mais uma vez, da necessidade urgente da privatização dos correios. Todos os motivos possíveis para privatizar. Nenhum motivo, para ser uma estatal. João Macena.

  3. João Batista disse:

    Essa bo**a era pra ser privatizada faz tempo. To com duas encomendas minhas paradas no CDD e os Correios não dão nem a opção de ir lá pegar, onde já se viu isso? Aí tenho que esperar a boa vontade dos trabalhadores voltarem da greve para poder receber sei lá quando. Só o que tem é gente desempregada nessa pandemia querendo trabalhar seja lá no que for, se não quer trabalhar peça demissão e #fiqueemcasa.

  4. Manoel disse:

    Esses sindicalistas idiotas estão dando um tiro no pé de quem trabalha nos correios. Essa greve vai deixar a população a favor da privatização!

  5. Direita Honesta disse:

    Os governos do PT destruíram uma empresa estatal detentora de monopólio e que já foi sinônimo de eficiência e competência. E o pior é que muitos de seus servidores não reconhecem essa realidade e ainda defendem seus algozes. É um triste caso de suicídio coletivo.

  6. Justiceiro disse:

    Grande parte dos funcionários dos Correios foram às ruas pedir "Fora PT".
    Veio o troco: agora é fora Correios, por parte do (des)Governo Bolsonaro!
    Só pra lembrar que nos EUA existe o US Postals – Os Correios de lá, e pertencem ao Governo Federal e Trump nem cogita entregar à iniciativa privada…

  7. Del GADO 2 disse:

    Kkkkkkkkkkk
    Faz arminha q resolve tudo.
    O GADO véi pra sofrer.
    Fizeram festa na eleição, agora coloca no curral q o GADO é de vcs.
    Privatização JÁ.
    Toca o berrante seu menino….
    ÔÔÔÔÔ GADO ôôôôô

  8. Tarcísio Eimar disse:

    Privatização já

  9. Ronaldo Duarte Caldeira disse:

    A privatização dos correios, como de todas as outras empresas, ficou somente no discurso de campanha ou no sonho de Paulo Guedes. Além destes sindicatos, quantos milicos reformados tem uma boca numa destas empresas ineficientes e deficitárias? Quantos empregos os deputados ligados ao governo tem de pessoas penduradas ?
    Vai privatizar o que ? O propio governo não vai desmontar o seu cabide de empregos .

  10. Edison Cunha disse:

    Vixe!!!
    E os Correios ainda existe?

COMENTE AQUI