OPERAÇÃO CONTO DO VIGÁRIO: Advogado é um dos alvos, operação investiga fraude de mais de R$ 6 milhões

A operação deflagrada na manhã desta segunda pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), com o apoio da Polícia Militar, denominada operação Conto do Vigário teve como alvo o advogado, Bruno Augusto Rodrigues de Oliveira Cavalcanti. O objetivo é combater a prática dos crimes de corrupção ativa e passiva, falsificação de documento público no cartorio que tinha como tabelião o pai de Ricardo Bruno, Ricardo Cavalcanti. A operação também investiga estelionato e lavagem de dinheiro no município de Ceará-Mirim.

Foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão nas cidades de Natal, Ceará-Mirim e Extremoz.

O MPRN aponta que houve a apropriação, mediante fraude de R$ 6.253.530,08, que eram objeto de depósito judicial em litígio envolvendo imóvel em área do litoral Norte.

Participam da operação 10 promotores de Justiça, 66 policiais militares, além de servidores do Ministério Público do Rio Grande do Norte.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Antonio Barbosa Santos disse:

    Se fizerem uma comparação entre o número de advogados presos pelos mais diversos e graves crimes, e as punições dadas pela OAB-RN, verão ou que nenhuma punição foi aplicada ou que a punição foi branda.
    Não tem cabimento tanto advogado preso e nenhum expulso.
    Aliás, essa complacência pode muito bem explicar esse fenômeno, afinal impunidade alavanca qualquer coisa.

COMENTE AQUI