PF cumpre mandado de prisão contra presidente da Fecomércio em mais um desdobramento da Lava Jato no Rio

A Polícia Federal cumpre na manhã desta sexta-feira (23), quatro mandados de prisão em um desdobramento da operação Calicute, uma das fases da Lava Jato no Rio de Janeiro. Um dos mandados de prisão que os agentes tentam cumprir é contra Orlando Diniz, presidente da Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio-Rio) e presidente afastado do Sesc-Rio. Os principais alvos estão relacionados à federação. Além dos mandados de prisão, há mandados de busca e apreensão.

Os envolvidos são acusados dos crimes de lavagem de dinheiro, de corrupção e pertencimento a organização criminosa.

Um dos locais onde os agentes fazem buscas é a sede do sistema Fecomércio no Rio de Janeiro, na Rua Marquês de Abrantes, no bairro do Flamengo, na Zona Sul do Rio.

G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ferreira disse:

    Para os que acreditam que os empresários são uns santinhos melhores do que os políticos que os sustentam e são sustentados por eles, é bom ver como são os esquemas de sonegação, caixa dois, propinas e fraudes em licitações, sem falar das famosas "doações" para eleger seus representantes nas Câmaras de Vereadores, Assembleias Legislativas e Senado.
    O Poder Econômico quer engolir tudo e todos e não querem mais intermediários e lançam seus candidatos diretamente para comprar as eleições e acelerar o processo de exploração e escravidão dos trabalhadores.

COMENTE AQUI