PF encontra extratos bancários e cartão de crédito de Adelio Bispo que podem mudar investigação do ‘caso Bolsonaro’

A Policia Federal pretende abrir uma nova frente de investigação sobre as circunstâncias em que ocorreu o atentado contra o candidato a presidente da República Jair Bolsonaro, que foi esfaqueado quinta-feira (6), durante um ato de campanha, em Juiz de Fora (Zona da Mata). Conforme revelou o Jornal O Globo, a nova linha de investigação tem como subsídios a localização pela PF de cartão de crédito internacional e extratos de contas bancárias de Adelio Bispo de Oliveira, de 40 anos, autor confesso do atentado contra o presidenciável do PSL e que está preso preventivamente em um presídio federal no Mato Grosso do Sul.

Foram encontrados pela PF em um quarto de uma pensão onde Adelio estava hospedado em Juiz de Fora, um cartão de crédito internacional do Banco Itaú e dois cartões da Caixa Econômica Federal, sendo um de conta corrente e de outro de conta-poupança. Foram recolhidos extratos dos dois bancos em nome de Adelio. Também foi apreendido um recibo no valor de R$ 430,00 em nome dele.
A apreensão do material foi revelada pela revista “Crusoé” e confirmada ao ESTADO DE MINAS por fonte de Juiz de Fora nesta quarta-feira. O registro do material também consta em um auto de apreensão das buscas no quarto onde o esfaqueador vivia.
Com a apreensão, a PF deverá pedir a quebra de sigilo bancário das contas de Adelio. O objetivo da nova frente de investigação é descobrir de onde vinha o dinheiro que abastecia as contas e manter o cartão de crédito internacional  do agressor de Bolsonaro. Adelio passou por 12 empregos nos últimos sete anos e em nenhum deles permaneceu mais do que três meses. Ele estava desempregado quando cometeu o atentado a Bolsonaro.
Conforme revelou o ESTADO DE MINAS, Adelio Bispo de Oliveira é integrante de família pobre de Montes Claros (Norte de  Minas). Ele vivia a maior parte do tempo fora da cidade e esteve na cidade natal pela última vez há um ano e seis meses. Os quatro advogados que defendem o agressor de Bolsonaro disseram que foram contratados por igrejas evangélicas de Montes Claros ou pessoas ligadas a elas. Mas, as igrejas as quais teriam sido freqüentadas por Adelio e citadas pelos advogados negaram ligação com a contratação dos defensores dele, desmentindo também pagamento das custas processuais. Assim, surgiram outros questionamentos: sobre quem está pagando os advogados ou se eles apenas decidiram defender Adelio gratuitamente, para aparecer na mídia.
ESTADÃO CONTEÚDO
OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. j> Benedito de Paulo disse:

    Deus vai segurar pra que ele não morra, pois foi uma grande alerta para o candidato, se isso não acontecesse agora com certeza iria acontecer no futuro, pois antes o Brasil já fica de pé vamos dá um basta nesses politicos podres sujos e desonesto Bolsonaro pode ser eleito no primeiro turno se não houver fraude nas unas eletronicas.

  2. antonio rocha disse:

    A Polícia Federal é competente e vai solucionar tudo isso. Na verdade, existem várias Organizações Criminosas, inclusive de empresas que claramente não gostam do Bolsonaro (Grupo Globo, Grupo Bandeirantes, Grupo Folha, etc). Elas estão claramente boicotando as notícias. Além dessas organizações empresariais (criminosas), não se pode descartar os partidos políticos (PSOL, PT, PCdoB, MDB, PSDB, etc). Ou seja, todos querem o pescoço dele, custe o que custar. Esse é o caminho que a PF não pode descartar, para saber, quem banca este terrorista, quem o contratou para executar os serviços, que não agiu sozinho e quem paga aos seus advogados (caríssimos).

  3. antonio rocha disse:

    A Polícia Federal é competente, inclusive já sabe que ele não agiu sozinho; que ele é uma pessoa lucida e orientada; que tem gente interessada em matar Bolsonaro e está bancando esse terrorista, pode ser algumas Organizações Criminosas que os detestam, inclusive partidos políticos e Organizações Criminosas (empresas), tais como Grupo Globo, Grupo Folha de São Paulo, Grupo Bandeirantes, todos os partidos políticos que ele combate (PT, PSOL, PCdoB, MDB, PSDB). Ou seja, é uma gama de grupos interessados no seu pescoço. A Policia Federal é competente e não vai deixar se desqualificar.

  4. marcelino disse:

    o problema que o tiro saiu pela culatra,deu tudo errado,pois a policia federal agiu rapido para desespero de quem contratou o agressor.mas quem tem deus no coraçao as coisas sempre vao ser esclareçidas.

  5. Leo disse:

    430 reais na conta?
    Pense um negocio barato e fácil.
    Como Marina disse e desmoralizou o Mito Fake: o "Brabao-Coroné" e seus seguranças nao foram capazes de deter um reles maluco com uma faca. Essa turma quer acabar com a violência do país? Piada.

  6. Cássio Magalhães disse:

    Advogado em seu bom juízo e ética, principalmente conhecido na mídia, iria colocar dinheiro do bolso – altas despesas, diga-se de passagem – simplesmente para aparecer na mídia, sobretudo em defesa de um réu confesso e "odiado" pelos eleitores de Bolsonaro.
    No mínimo vestiria também essa carapuça e seus "ganho" midiático seria altamente negativo. Quem iria contratar um profissional que defende "terroristas" como é alcunhado o Adélio.
    Estimo que beira a uns R$ 5 milhões todo esse aparato. Portanto, alguém está bancando e com certeza o autor intelectual desse crime político, como diria Sherlock Holmes "Elementar, meu caro Watson".

    • Rômulo disse:

      É elementar também que se há algum mandante poderoso, ele iria se beneficiar com a migração dos votos. Afinal, o candidato pode morrer, mas os votos não! Aí vem a pergunta: quem seria o candidato que está com pouca chance de ir ao segundo turno e está desesperado pelos votos de Bolsonaro? Eleitor de Bolsonaro não vota em Haddad, não vota em Ciro, nem em Marina! Quem será?

  7. Pereira disse:

    Bolsonaro será eleito e vai botar ordem nessa bagaça chamada Brasil.

    A esquerda caviar pira!!!

  8. Erlon carlos disse:

    Muito coisa ainda vai acontecer até o término dessa investigação,no começo o cara não tinha nada e agora aparece cartões de créditos,não creio q ele planejou tudo sozinho.

  9. Luciano disse:

    Forjar documentos para incriminar pessoas ou grupos não é propriamente uma novidade na história contemporânea. O Cavalo de Troia moderno pode ser semelhante as armas de destruição em massa que os Estados Unidos disse que tinha no Iraque e até hoje ninguém conseguiu encontrar, ou aquela mulher que a Globo apresentou no último programa eleitoral nas eleições de Collor e Lula dizendo que tinha um filho de Lula.
    É preciso muito cuidado e acompanhamento de observadores isentos de organizações da sociedade, para garantir que as investigações sejam corretas e não dirigidas e manipuladas.

    • Raimundo disse:

      Bolsonaro vencendo vai abrir a caixa preta do BNDS, Petrobras, UNE e outras. Quero ver a petralhada toda junto com Lula atrás das grades

    • Ceará-Mundão disse:

      Extratos bancários e cartões de crédito não podem ser "manipulados". A movimentação está lá e vai demonstrar quem são os mandantes, quem custeou esse crime e quem está pagando os caros advogados. Está claro que esse pobre diabo não tem recursos para nada disso. É mais do que óbvio que se trata de uma conspiração criminosa. Mas a PF vai desvendar tudo. Tomara que antes do 2º turno. Ai os esquerdopatas vão se engasgar com o veneno que destilaram. Vamos aguardar.

  10. Raimundo disse:

    Tem boi na linha aí!!
    Muitos indícios de um mandante poderoso!

  11. Beto disse:

    Pra isso que serve os 300 milhões de dólares da conta "amigo", que fala o Palocci.

  12. Marcelo disse:

    Não vejo a grande mídia fomentar a solução desse crime, como fizeram com o assassinato da Mariele. Tem que investigar todos os crimes com a mesma dedicação.

COMENTE AQUI