Saúde

Pfizer antecipará para dia 16 entrega de mais 1,2 milhão de doses de olho na vacinação infantil

O secretário executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz, disse ontem (14), por meio de sua conta no Twitter, que a Pfizer antecipou para o dia 16 a entrega de mais 1,2 milhão de doses da vacina pediátrica contra a covid-19, que integram a segunda remessa do imunizante voltado a crianças com idade entre 5 e 11 anos.

A primeira remessa de doses da vacina foi descarregada na madrugada do dia 13 no Aeroporto de Viracopos, em Campinas, no estado de São Paulo. A previsão é que o Brasil receba em janeiro 4,3 milhões de doses da vacina.

Segundo o Ministério da Saúde, neste primeiro trimestre devem chegar ao Brasil quase 20 milhões de doses pediátricas, destinadas ao público-alvo de 20,5 milhões de crianças. Em fevereiro, a previsão é que sejam entregues mais 7,2 milhões, e em março, 8,4 milhões.

Na semana passada, o ministério anunciou a inclusão dos imunizantes pediátricos no plano de operacionalização do Programa Nacional de Imunizações (PNI).

Agência Brasil

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Anvisa adia decisão sobre autotestes de Covid para cobrar mais regras e política pública do Ministério da Saúde

Foto: Divulgação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) decidiu nesta quarta-feira (19) adiar a decisão sobre se libera ou não a venda de testes rápidos de Covid-19 para que a população possa realizar o exame em casa.

Por volta das 16h10, três diretores já tinham votado pelo adiamento da decisão e pela cobrança de mais dados. A liberação dos autotestes foi pedida pelo Ministério da Saúde diante da explosão do número de casos com a chegada da variante ômicron.

Apesar de a relatora do processo votar pela liberação, mesmo com críticas em seu voto, os diretores da Anvisa decidiram acompanhar o posicionamento do diretor Rômison Rodrigues Mota, que solicitou a realização de diligências, dentro de um prazo de até 15 dias, para cobrar do Ministério da Saúde a formalização de uma politica publica antes de decidir sobre a liberação do autoteste.

Em seus posicionamentos, os diretores da agência criticaram a falta de uma política pública do Ministério da Saúde para testagem ampla da população. Os diretores também apontaram a falta de regulamentação sobre o uso do autoteste, apesar de ela ter sido cobrada durante o processo.

Um dos principais pontos levantados pela Anvisa é a falta de orientação sobre como se dará a notificação, ou seja, se os casos positivos serão incluídos no balanço oficial. Os testes realizados dentro das farmácias são contabilizados regularmente.

A relatora do processo, Cristiane Rose Jourdan, defendeu a aprovação fazendo a ressalva de que o produto “pode representar excelente estratégia de triagem” e “medida adicional” no controle da pandemia.

g1

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Gilmar Mendes absolve homem condenado por furto de picanha de R$ 52 no DF

Foto: Reprodução

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), absolveu um homem condenado pelo furto de uma peça de picanha avaliada em R$ 52 na cidade de Guará, no Distrito Federal. O integrante da Corte acolheu pedido de absolvição aberto pela defesa contra decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Na data da ocorrência, o homem foi pego por um fiscal de prevenção de um supermercado quando saia do estabelecimento com a peça de carne escondida nas roupas. Ele foi condenado a um ano de prisão em regime semiaberto.

A anulação da condenação ocorre após a defesa do homem pedir um segundo habeas corpus para rever decisão da primeira instância, tomando do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJ-DF), levando o caso ao STJ. No primeiro recurso interposto, a Corte de primeiro grau manteve a sentença e o STJ também negou habeas corpus por entender que o princípio da insignificância não se aplicaria aos casos em que o réu for reincidente.

Para Gilmar Mendes, no entanto, o caso se aplica “com nitidez” nesse princípio. “A hipótese reclama com nitidez a incidência do princípio da insignificância, sobretudo porque a consequência nuclear do crime patrimonial é acrescer o patrimônio do autor e minorar o da vítima, o que acabou por se configurar de forma ínfima no caso em questão”, diz trecho da decisão do ministro.

Ainda segundo Mendes, o caso conta com todos os aspectos objetivos exigidos pelo STF para a aplicação do princípio da insignificância. Entre os aspectos estão ofensividade mínima da conduta, ausência de periculosidade social da ação, reduzido grau de reprovabilidade do comportamento e inexpressividade da lesão jurídica causada.

Casos semelhantes a esse já foram parar várias vezes no STJ e no STF. Em um dos últimos deles, o ministro Nunes Marques, do STF, negou recurso de uma mulher condenada pelo furto de 18 chocolates e 89 chicletes, avaliados em R$ 50. A sentença foi proferida em 2017 e o caso chegou ao Supremo por meio da Defensoria Pública de Minas Gerais, que também pedia a aplicação do princípio da insignificância ao caso.

Uol

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Show de Bell Marques em Parelhas é cancelado; organização considera ‘aumento de casos de Covid’

Foto: Pedro Vitorino

O show que o cantor Bell Marques faria na cidade de Parelhas, a 240 km de Natal, nesta quarta-feira (19), foi cancelado. Em nota divulgada nas redes sociais, a organização a festa confirmou a “suspensão temporária da apresentação diante dos aumentos de casos de Covid e outras doenças virais”.

O evento “Vumbora Parelhas” seria realizado no clube Acampar, e também teria Henry Freitas e Fofo Chicleteiro como atrações.

No comunicado, a organização destaca que a partir de segunda-feira (24) serão divulgadas as formas de reembolso para quem comprou ingresso e a nova data do evento.

No dia anterior ao cancelamento, a produção havia divulgado nas redes sociais que o evento estava aprovado pela Secretaria de Estado da Saúde Pública e que exigiria comprovante de esquema vacinal com as duas doses.

LEIA TAMBÉM: FOTOS: Grande fila é formada em centro de Covid em Parelhas

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Homem é morto com pelo menos 25 tiros dentro de casa em Mossoró, diz PM

Foto Ilustrativa: Divulgação

Um homem foi morto com pelo menos 25 tiros dentro de casa na madrugada desta quarta-feira (19), em Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte. De acordo com a Polícia Militar, dois homens armados invadiram o imóvel e executaram a vítima.

A vítima foi identificada como Alex Batista da Silva, de 28 anos. O crime aconteceu por volta das 2h da madrugada no conjunto Odete Rosado, no bairro Rincão.

A PM informou que ele estava dormindo quando dois homens armados arrombaram a porta da frente e invadiram a residência.

Ainda segundo a PM, além de Alex, também havia uma mulher e uma criança de aproximadamente 7 anos na casa. A mulher contou aos policiais que os criminosos invadiram o quarto onde eles estavam dormindo, pediram para ela afastar e começaram a atirar.

De acordo com a Polícia Militar, foram pelo menos 25 disparos de pistola 380, .40 e revólver calibre 38. A mulher ainda contou que chegou a ver as cápsulas voando e que aquela foi uma noite de terror.

Testemunhas contaram à polícia que, após o crime, os suspeitos fugiram a pé.

Os policiais confirmaram que a vítima, Alex Batista, tinha passagem pelo sistema prisional e era investigado por homicídio. A Delegacia de Homicídios de Mossoró vai investigar o caso.

g1 RN

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Meio Dia RN

VÍDEO MEIO-DIA RN: Confira o programa desta quarta-feira

Confira programa desta quarta-feira (19). O Meio-Dia RN, com este blogueiro, debateu os principais assuntos no Estado, pelo país e no mundo. Nesta edição, também houve entrevista com Sâmela Gomes, Psicóloga e Fundadora do Instituto Personalli. Clique abaixo e assista via YouTube.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Televisão

VÍDEO: Repórter de TV testa positivo para Covid ao vivo na PB

Durante uma transmissão ao vivo, o repórter Rubens Junior, da TV Arapuan, afiliada da RedeTV! na Paraíba, recebeu o diagnóstico positivo para a Covid-19.

Durante a entrevista com a enfermeira que realizou o exame, o comunicador informou que sentia dores na cabeça, na garganta e febre no dia anterior.

O repórter fez o teste acompanhado do cinegrafista, que teve a detecção negativa para o novo coronavírus.

Rubens ainda informou que esta é a terceira vez que testa positivo para a Covid-19.

Blog do BG PB

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Mais 20,9 mil vacinas pediátricas contra Covid-19 são distribuídas no RN nesta quarta-feira

 Foto: Reprodução / ASCOM Sesap

A campanha de imunização contra a Covid-19 no Rio Grande do Norte ganhou reforço nas doses pediátricas destinadas às crianças com idades entre 5 e 11 anos. A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) distribui mais 20.900 doses na tarde desta quarta-feira (18).

No carregamento estão 3.500 doses destinadas às populações indígena e quilombola dos municípios que responderam o questionário da imunização. “Foi feito um levantamento de quantas crianças com idade entre 5 e 11 anos existem nas comunidades e prontamente organizamos as equipes para que a vacinação ocorra o mais rápido possível”, disse Kelly Lima, coordenadora de Vigilância em Saúde da Sesap.

O Rio Grande do Norte tem hoje cerca de 350 mil crianças na faixa etária de 5 a 11 anos. O primeiro lote chegou com 20.900 doses – menos de 10% da necessidade. “A nossa expectativa é recebermos lotes semanais e prosseguir com a vacinação, sem descontinuidade, para salvar vidas”, declarou a coordenadora.

Os municípios estão orientados a aplicar primeiro nas crianças com comorbidades, autismo e deficiencia permanente. Como comorbidades entende-se crianças com cardiopatia crônica, pneumopatia crônica, imunodepressivos, doença renal crônica, asma, doença neurológica crônica, doença hepática crônica, síndrome de Down, doença hematológica crônica, Diabetes Mellitus e obesidade.

Para a imunização é importante cadastrar as crianças como dependentes de pais ou responsáveis no portal RN + Vacina – https://rnmaisvacina.lais.ufrn.br/cidadao/.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Lewandowski manda MPs estaduais tomarem ‘medidas necessárias’ contra pais que não vacinarem filhos contra a Covid

Foto: Divulgação

Na tarde desta quarta-feira (19), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, determinou que todos os Ministérios Públicos estaduais e do Distrito Federal atuem contra pais que não vacinarem suas crianças contra a Covid-19.

O pedido original formulado pela Rede era para que os Conselhos Tutelares exercessem essa atribuição. Entretanto, segundo informações do STF, “o ministro achou por bem inserir os MPs nessa relevante tarefa de preservar a saúde das crianças”.

“Oficie-se, com urgência, aos Procuradores-Gerais de Justiça dos Estados e do Distrito Federal para que, nos termos do art. 129, II, da Constituição Federal, e do art. 201, VIII e X, do Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei 8.069/1990), empreendam as medidas necessárias para o cumprimento do disposto nos referidos preceitos normativos quanto à vacinação de menores contra a Covid-19”, diz Lewandowski no despacho.

Lewandowski quer que os Ministérios Públicos Estaduais fiscalizem e apliquem multas em pais que se recusarem a vacinar seus filhos contra a Covid-19.

O ministro também abre prazo de 48 horas para os estados responderem alegações da União sobre irregularidades na vacinação das crianças.

Gazeta Brasil

Opinião dos leitores

  1. Essa decisão é uma insanidade! Essa vacina tem apenas 3 meses de testes. O fabricante afirma que não há como prever eventuais reações graves a médio e longo prazo. Por isso NÃO VOU VACINAR MEUS FILHOS. Quem cuida dos meus filhos sou eu. Não vou colocar eles em risco. Quando adoecem não é o ministro que vem aqui em casa para cuidar. Chega dessa ditadura!

  2. Tá certo ele. Um monte de pais desinformados deixaram de vacinar seus filhos e o SARAMPO voltou ao país. Estamos sob risco da volta da POLIOMIELITE (aquela doença que deixa a criança com pernas atrofiadas, por exemplo), tudo isso porque um bando de mal intencionados manipulam as pessoas para conseguirem votos, com o discurso “vacina faz mal”.

    O QUE FAZ MAL MESMO É BURRICE!

    VACINEM SEUS FILHOS.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Vacinação contra Covid no RN completa um ano com 76% da população imunizada

Foto: Alexandre Lago

Há exatamente um ano, em 19 de janeiro de 2021, a técnica de enfermagem Maria das Graças Pereira, profissional do Hospital Giselda Trigueiro, se tornou a primeira pessoa no Rio Grande do Norte a receber uma dose da vacina contra a Covid.

Nesta quarta-feira (19), a imunização no estado completou um ano. E aquela aplicação rara hoje se transformou em 76% da população potiguar imunizada com pelo menos duas doses da vacina.

Os dados são da plataforma RN+ Vacina, do governo do RN, que monitora em tempo real a campanha de imunização no estado.

Segundo o RN+ Vacina, 22% da população (mais de 700 mil pessoas), também receberam a dose de reforço, chamada ainda de terceira dose. Vejam os dados da plataforma:

  • 2,4 milhões de pessoas vacinadas com duas doses – 76%
  • 710 mil pessoas com a dose de reforço – 22%
  • 2,6 milhões com uma dose – 85%

De acordo com a plataforma, há ainda 226.824 pessoas com a segunda dose em atraso.

g1 RN

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

RN registra 02 óbitos por covid nas últimas 24 horas; Novos casos são 1.307

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta quarta-feira (19). São 397.355 casos totalizados. Na terça (18) eram contabilizados 395.645, ou seja, 1.710 novos casos em comparação com o dia anterior, destes, 1.307 confirmados nas últimas 24 horas.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 7.618 no total. Dois (02) óbitos foram registrados nas últimas 24 horas no RN (em Mossoró e Marcelino Vieira). Na terça (18), eram 7.611 mortes. A Sesap não registrou óbito após resultados de exames laboratoriais de dias ou semanas anteriores. Óbitos em investigação são 1.476.

Recuperados são 380.846. Casos suspeitos somam 2.998 e descartados são 841.894. Estimativa de casos em acompanhamento: 8.891.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *