PORTA DOS FUNDOS DE NOVO: Grupo faz sátira indignante com vereadora eleita de Curitiba dizendo que eleição “teria sido em decorrência de favores sexuais”

A auditora fiscal Indiara Barbosa, 37, do Partido Novo, imaginou que teria algum sossego ao fim de uma campanha em que foi a vereadora mais votada em Curitiba (PR), com mais de 12 mil votos.

Desde domingo (22), no entanto, sua rotina tem sido mais atribulada que nos movimentados dias correndo atrás de votos. Indiara tornou-se personagem central de um vídeo do grupo Porta dos Fundos, que gerou reações iradas sobretudo da direita (mas não apenas) nas redes sociais.

No início da noite desta segunda-feira (23), o grupo retirou o vídeo do ar.

O filme mostra uma personagem fictícia de nome Yollanda Ramos. No esquete, ela diz ser a vereadora mais votada de Curitiba e filiada ao Novo, o que gerou identificação imediata com Indiara.

No filmete de 2min43s, Yollanda conversa com o filho, que não aparece no vídeo, sobre o fato de ter sido eleita, de forma surpreendente. Tudo teria sido decorrência de favores sexuais.

“Eu fui numa festa do Partido Novo, fiquei doidona e acabei cativando um dos presentes. E ele quis lançar minha candidatura”, diz a personagem.

Sua expressiva votação, diz Yollanda, se deveu ao fato de ter vazado nudes em redes sociais nos dias anteriores à eleição. As fotos teriam sido especialmente populares entre adeptos de encontros de trocas de casais.

“Aparentemente a comunidade de swing do Paraná é maior do que eu imaginava”, diz ela, que anuncia como um de seus projetos conceder bolsa a garotas de programa. Animada, Yollanda já faz planos para disputar o governo do Paraná em 2022.

Tão logo o vídeo foi ao ar, começaram manifestações de repúdio à sátira e apoio a Indiara. Muitos apontaram hipocrisia de um canal que tem no seu comando pessoas identificadas com a esquerda, geralmente bastante ciosa com relação a episódios de machismo.

Manifestaram-se em defesa da vereadora eleita, por exemplo, a deputada estadual por São Paulo Janaína Paschoal (PSL).

Em conversa com o blog, a vereadora eleita afirmou que a sátira é uma crítica às mulheres que participam da política. “É a primeira vez que uma mulher é a mais votada na cidade. É claro que tem uma relação”.

Mãe de uma criança de 7 anos, ela disse que passou a se preocupar ao ver alguns comentários ao vídeo postados em redes sociais. “Você começa a ver pessoas aplaudindo, gente perguntando se teve realmente vazamento de nudes na minha campanha”, afirma.

“O Porta dos Fundos tem milhões de seguidores, e a grande maioria não me conhece. Mas quando dizem que é a vereadora mais votada de Curitiba, e do Partido Novo, todo mundo vai associar a mim”, afirma.

No final do ano passado, o Porta dos Fundos atraiu a fúria de grupos conservadores em razão de seu especial de Natal, no qual caracterizava Jesus Cristo como gay. Sua sede chegou a ser alvo de um atentado no Rio de Janeiro.

Indiara, agora, diz que recebeu sugestões de amigos para processar o grupo, mas diz não ter tomado essa decisão ainda. Ela diz que poderia ficar satisfeita se houvesse um esclarecimento por parte do Porta dos Fundos, ou uma edição do vídeo para desfazer a relação com seu perfil.

O Novo, partido da vereadora eleita, tem como bandeira as liberdades individuais, o que inclui a de expressão. Indiara diz que não está colocando em questão esse direito. “Eles são livres para satirizar, mas eu sou livre para não concordar”.

FÁBIO ZANINI – FOLHAPRESS

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Tom França disse:

    Só no Brasil mesmo, se permitir ir ao ar um programa de tanta baixaria e falta de respeito com a religiosidade, a moral e os bons costumes! Todos sabemos de onde parte a anarquia, os arruaceiros e os "que é que tem", da vida! Tudo bem que só assiste quem quer, mas o pior, é que tem muito "acéfalo" assistindo, influenciando e rindo da dignidade brasileira. Saudades dos Trapalhões, da escolinha do Professor Raimundo e até da primeira fase daquele humorístico dos sábados a noite!

  2. Direita-Honesta disse:

    Os canalhas "lacradores" seguem com suas baixarias, achando que estão sendo engraçados. Nunca perdi meu tempo com esses pseudos humoristas. Muito menos agora que seu mal-caratismo vem sendo exposto cada vez mais.

  3. Cris disse:

    Essa turminha da porta dos fundos está mostrando o seu viés…aguardemos.
    E a senadora Kátia Abreu será que vai abraçar a vítima do seu filho?

  4. José, o arquiteto do universo. disse:

    Os produtores,diretores,atores e atrizes da porta dos fundos gostam de causarem polêmicas,quanto mais polêmicas disseminadas na sociedade mais eles e elas ganham os holofotes midiáticos.

  5. Arthur disse:

    Como ensinam as boas práticas do jornalismo, e o Blog deve ter esquecido de colocar a versão dos dois lados, o Canal já retirou o vídeo do ar, se retratou com a vereadora e o principal: "A personagem já existe há 9 ANOS –uma senhora que preza pela sua liberdade sexual– e é totalmente fictícia."
    Se esse mimimi fosse da esquerda, será que BG "esqueceria" de colocar a nota de resposta do canal?

  6. Luciana Morais Gama disse:

    A esquerda pode tudo nesse Brasil, até chamar certas mulheres de grelo duro… certa cidade do sul de exportadora de veados… e por aí vai.

  7. Vaqueiro Trabalhador disse:

    Esse partido “novo” é o psl de sapatênis e bermuda

  8. Botelho Pinto disse:

    Queria ver essa cambada de vagabundos fazer uma sátira a Maomé e ir se apresentar na europa…
    Vai ?!?!

  9. Dionísio disse:

    Se fosse uma eleita pela esquerda independente de ser branca ou negra, teríamos uma guerra civil, mas como não é ninguém vai se importar.

  10. francisco Carlos Xavier disse:

    Se fosse contra alguém da esquerda Alexandre de Morais já tinha mando prende

  11. Calígula disse:

    Porta dos fundos é uma bosta

  12. Antônio Soares disse:

    Se a sátira fosse contra uma negra ou drogada, hoje teríamos uma greve geral no país. Eita bando de vagabundos.

    • joao disse:

      A esquerda midiática brasileira é oportunista. Importa até a violencia. E esta mostrando a verdadeira face preconceituosa.

    • João do Caminhão disse:

      Não pode ofender a lacrolandia. Fazer sátira com o islã tbm não querem.

  13. Ale disse:

    Si fosse um grupo de direita contra alguém da esquerda o mundo caia eles pode tudo a hipocrisia da esquerda é algo incrível…força vereadora tamo juntos faço um bom trabalho…

  14. Gustavo disse:

    Lacradores e feministas vão fazer barulho contra o porta dos fundos?

COMENTE AQUI