Prefeito de Natal recebe comissão de comissão de representantes dos food trucks

O prefeito de Natal recebeu uma comissão de representantes dos food trucks que atuam em Ponta Negra, na Câmara Municipal de Natal, antes de ir ao plenário ler sua mensagem anual, na tarde dessa terça-feira (19). Ele se comprometeu com a comissão de ir ao Ministério Público do Rio Grande do Norte para rediscutir o assunto e ver a melhor decisão.

A intenção é solicitar um novo prazo, com intuito de se discutir o problema dentro da revisão do Plano Diretor de Natal, que está em pauta este ano.

O Ministério Público RN notificou os proprietários dos food trucks da área considerada imprópria para edificações, com prazo até dia 11 de março. Os comerciantes desta área estão no local há três anos e alegam que não há edificações e sim carros móveis, o que caracteriza o tipo de comércio.

“O próximo passo é procurar o MP e dialogar para tentar encontrar uma solução para o caso. Pessoalmente, acho que o Ministério Público poderia elastecer o prazo para a saída desse pessoal para que possamos neste período encontrar uma solução, e por no Plano Diretor, que está sendo discutido e que vai ser revisado, se incluir uma solução para essa situação”, afirmou o prefeito.

Segundo acrescentou, tem que haver discussão sobre a localização dos food trucks. “Os turistas gostam, os natalenses também. Então não vejo porque a gente não procurar encontrar uma solução para acabar com essa polêmica e que eles possam permanecer lá”, finalizou.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. MM disse:

    É um absurdo manter aqueles food trucks em ponta negra. Os restaurantes pagam impostos e assinam carteira dos funcionários, enquanto que os food trucks sujam o ambiente público e poluem o visual do maior ponto turistico do RN

  2. anderson disse:

    food trucks são moveis portanto não se justifica que permaneçam fixos naquela area, Estão querendo se apropriar da area e assim reduzir os custos de se manter um comércio
    não acho justo com os demais comércios que seguem todas as normas e regras com custos altos para se manterem abertos .
    pensem em quantas empresas tiveram que demitir funcionários devido a queda nas vendas causada por essa turma que devido a não arcar com custos elevados vende mais barato e cria a concorrencia desleal.

  3. Menezes disse:

    Sempre ele MP que turminha mas chata queria saber aonde tava essa turminha enquanto o RN era destruído.

  4. Waldemir disse:

    É muito simples
    Padronização dos quiosques e não treiller e prefeitura cobra aluguel e os comerciantes são obrigados a abrir uma empresa e pagar todos os impostos e ponto final

  5. João B. disse:

    Engraçado falarem tanto de food truck mas esses aí claramente são fixos no local, então devem atender a regras de estabelecimentos fixo. E sim, sou a favor da ocupação da área, está salvando esse trecho da roberto freite, com seus calçadões esburacados e pouca iluminação.

  6. Brasil de MER.... disse:

    Tem que legalizar e cobrar impostos desse povo …e NÃO EXPULSAR, se não irá virar mais uma área de drogas

COMENTE AQUI