Prefeito Joaz Oliveira, a esposa Elaine Neves e secretários são afastados. Empresários são investigados. Confiram todos os nomes

O Ministério Público Eleitoral obteve junto ao corregedor regional Eleitoral do TRE/RN, desembargador Claudio Santos, o afastamento do prefeito de Extremoz, Joaz Oliveira, e outros quatro servidores públicos do município. Força-tarefa formada pelo MP Eleitoral, Receita Federal, Controladoria Geral da União (CGU) e Polícia Federal constatou um esquema criminoso de lavagem de dinheiro público desviado para a campanha a deputada estadual (em 2018) de Elaine Neves, esposa do prefeito. Também foram cumpridos mandados de busca e apreensão em 19 endereços de Natal, Extremoz e Recife na manhã desta sexta-feira (30).

Além do Prefeito Joaz Oliveira e sua esposa, Elaine Neves(chefe de Gabinete da Prefeitura de Extremoz), foram afastados a chefe de gabinete adjunta, Francisca Rosângela Ribeiro Monteiro; a secretária Municipal de Administração, Maria Mércia de Brito Ferreira; e o gerente de Tributação e Fiscalização Municipal, Pablo Rodrigo Bezerra de Medeiros. Sete sócios e administradores de empresas envolvidos no esquema estão sendo investigados: Luiz Silvério Sobrinho Júnior, Tônio Fernando Silveira Mariz, Maria da Conceição Moura Nascimento, Andreia Karla Gonçalves de Santana, Ivan Augusto Seabra de Melo Sobrinho, Gabriel Delanne Marinho e Julierme Barros dos Santos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Antonio Turci disse:

    BG, o blog está na linha certa. Deu a noticia como deveria. Infelizmente algumas notícias desagradam algumas pessoas embora satisfaçam a maioria. Parabéns ao BG e equipe.

  2. Daniel disse:

    A explicação de tantas nomeações de cargos comissionados. É só acompanhar o Diário Oficial do Município de Extremoz. Todos os dias tem nomeação de comissionados e os aprovados no concurso publico 01/2019 nada de serem convocados.

  3. jvalcanti disse:

    Olha, demorou, mas agora grudaram no pessoal, haja ruínas públicas

  4. Lourdes Siqueira disse:

    Nem conheço, mas que o blog ficou parecendo panfleto político, ficou.
    Um dos poucos veículos para se saber notícias do RN e agora virou página eleitoral. Uma pena. Vou buscar leitura no blog do Jaques Damasceno ou no Agora RN.

COMENTE AQUI