Prefeitura do Natal começa a guinchar veiculos estacionados em locais proibidos a partir de 01 de abril. Proprietário ainda pagará pelo serviço

A partir do dia 1º de abril a Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU), iniciará o recolhimento dos veículos abandonados e os que estiverem cometendo infrações de trânsito onde caiba essa medida administrativa.

De acordo com o órgão, os veículos removidos serão levados para um pátio de apreensões, administrado por uma empresa privada contratada pela STTU, e só sairão de lá após o pagamento das taxas do pátio, débitos vencidos cadastrados no sistema do DETRAN e regularização de todas as pendências identificadas no ato da apreensão.

A medida é embasada no Código de Trânsito Brasileiro, na Lei Municipal nº 6.443/2014 e Decreto Municipal nº 11.601/2018, que estão disponíveis no site da STTU.

TAXAS DE REMOÇÃO E ESTADIA

Os proprietários dos veículos guinchados arcarão com os custos do serviço, onde serão cobradas a taxa pelo serviço de guinho e pela estadia no pátio de apreensões. O acionamento do guinho para recolhimento de motocicleta, ciclomotor, motoneta ou quadriciclo será de R$ 97,00. Já os veículos com peso bruto total de 3.500 quilos pagarão R$ 139,00 e os que passarem desse peso pagarão R$ 179,00.

A diária de permanência no pátio também varia de acordo com o tipo de veículo. As motocicletas, ciclomotores, motonetas ou quadriciclos pagarão R$ 20,00/dia. Já os veículos com peso bruto total de 3.500 quilos pagarão R$ 41,00/dia e os que passarem desse peso pagarão R$ 59,00/dia.

Para remover o veículo do pátio, o motorista terá que ir a STTU solicitar o atestado de liberação do veículo. O órgão recomenda que o motorista, antes de ir a STTU, consulte a regularidade do veículo junto ao sistema do DETRAN, tendo em vista que o veículo só será liberado se estiver sem débitos vencidos. Após obter o atestado de liberação, o motorista deverá ir ao pátio de apreensões obter os boletos das taxas de remoção e estadia e, após o pagamento, o veículo pode ser retirado do pátio.

O pátio de apreensões fica localizado na Av. Industrial João Francisco da Mota (KM-06), nº 3803, Bom Pastor, e funcionará das 08h às 12h e das 13h às 17h de segunda a sexta-feira. Já o atendimento da STTU para obter o atestado de liberação do veículo fica na Rua Almino Afonso, nº 44, Ribeira, e funciona das 08h às 14h de segunda a sexta-feira.

Em caso de dúvidas os motoristas podem ligar para o Alô STTU – no telefone 156 – ou perguntar pelo Twitter oficial, o @156Natal.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Indianara disse:

    Ótima iniciativa se a própria prefeitura fizesse o seu papel. Existem vários pastoradores de carros guardando vagas e as vendendo. Em frente a catedral vemos isso constantemente. Guardam vagas com cones, bancos, etc. E só deixam estacionar caso vc pague o valor que eles querem. A cara não é pública? Mas nessas horas ninguém aparece. Já liguei diversas vezes para a semurb. Para a STTU E nada de resolverem.

  2. Allan Nostroyevski disse:

    Rua Valter Fernandes, defronte aos berçários/escolas: os pais param em fila dupla e, quiçá, tripla. Rua Gipse Monteiro, defronte à única escola: pais e vans param de qualquer jeito. Av. Xavantes, carros de passeio param na própria via e nas esquinas das lotérias e supermarkets. Av. Buzios: transportes coletivos não param nos pontos adequados e os alternativos… nem se fala.
    Mas como a STTU só dá atenção ao Alecrim e à ZN, os residentes de Zona Sul prejudicam-se em sua integralidade.

  3. Ricardo francis disse:

    Ótima atitude resta saber como foram escolhidos os terrenos e os donos dos guinchos. Tem boi na linha!!!

    • Carlos disse:

      Estacione direito que vc não precisa se preocupar com multa bem com flanelinha. Vc é licitante? Vc lê diário oficial do município?

    • Allan Nostroyevski disse:

      Diário Oficial está aí para isso.

  4. Maria Cícera Lima de Oliveira disse:

    Vcs só pensam em arrecadar fundos as custas dos bestas que já pagamos muito poucos impostos. Sempre que se precisa desta Sttu ninguém nunca atende; agora na hora de multar chegam ligeiro demais. Vcs tem e que tirarem estes flanelinhas que 80% são usuários de drogas e ficam congestionando o trânsito e querendo que se pague para eles mancharem as pinturas dos carros.

    • Allan Nostroyevski disse:

      CTB. Leia e obedeça ao CTB. Assim, não será multado. Mas vocês brasileiros não têm costume de ler nada e choramingam quando recepcionam uma multa.

  5. Maria disse:

    Vcs TB só sabem multar para arrecadar fundos mais na hora que se precisa da STTU ninguém atende e uns funcionários folgados se acham mais não se encontram tirem estes flanelinhas das ruas, isto sim precisa ser feito como a máxima urgência.

  6. pedro disse:

    la nas quintas tem mais de 10 chevettes e tem um ofica que deixa os carros fora atraplhando o trasito

    • Allan Nostroyevski disse:

      Melhor 10 Chevettes que seu Onix branco financiado em 72x.

  7. Wagner Lopes disse:

    Vixi… quem vai guinchar e a STTU? Acho que essa lei não vale pra todos basta dá uma carteirada.. ou não?

    • Allan Nostroyevski disse:

      Se considera-se injustiçado, é simples: compareça à Corregedoria. Espernear de nada adianta.

  8. J. Fernandes disse:

    Alô STTU! Na rua José M. de Vasconcelos (Capim Macio) em frente ao Residencial Olimpo, tem dois carros abandonados há anos e o proprietário dos mesmos, que mora no condomínio, não faz nada pra retirá-los.

  9. Alex disse:

    Seria ótimo o mesmo senso de resolução, para rebocar carros e caminhos quebrados, que travam o trânsito já caótico que temos, em especial os acessos a zona norte da capital. O lindo reboque até já existe, mas para isso não serve! Vale salientar, que carro quebrado também deve ser multado.

  10. Kleiton disse:

    STTU, por favor, atenção urgente à Av. dos Xavantes, nas alturas dos dois mercados que ficam no Pitimbu. Inúmeros veículos estacionados na avenida e também nas esquinas, em desobediência à distância mínima de 5 metros. Muita gente folgada.

  11. Irany Gomes disse:

    Espero que não seja mentira, pois está previsto entrar em vigor no 1° de abril. Já passou da hora de dar um basta nestes motoristas que teimam em estacionar em local proibido achando que é mais esperto que os que cumprem a lei, achando que fazem os outros de trouxa.

  12. Eduardo disse:

    Ótima iniciativa, mas também seria bom retirar os flanelinhas dos locais permitidos para que possamos estacionar o carro em paz.

  13. Pato Amarelo disse:

    É uma excelente medida para disciplinar e conscientizar ( ainda que seja "na marra") os maracatus mal-educados que se acham os donos do trânsito.

  14. Meu nome é Jenny disse:

    BANDIDOS…..AGORA VÃO PARTIR PARA O ROUBO….CADE MP??? A DEFENSORIA PUBLICA????NÃO PODEMOS ACEITAR ESSA PALHAÇADA…

    • Kleiton disse:

      Aprenda a respeitar as leis de trânsito para poder demandar direitos. Inepto.

COMENTE AQUI