Prisioneiro de Alcaçuz sai para dar um "rolê" sem autorização e volta embriagado

Tem coisas que acontecem que a gente não sabe se é para rir, ou para chorar.

Domingo passado um detendo da penitenciária de Alcaçuz conseguiu sair da unidade para dar um “rolê”, e o pior, o rolê do preso identificado como Fábio Júnior foi na companhia de um Policial Militar.

O resultado do “rolê” de Fábio Júnior, é que o mesmo horas depois voltou para o seu “habitat” embriagado.

A direção do presídio já abriu sindicância.

Pense numa esculhambação…

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Paulo Roberto disse:

    Voltou com medo de ser assaltado e perder parte do "bolsa bandido"que o
    governo PTralha distribui para os "cumpanhêros".É lógico!!!

  2. Fernandes disse:

    Esse preso voltou nao é porque ele é bonzinho nao, e sim por que lá é mais seguro que ficar nas ruas pois tem policia 24 horas vigiando, e ao final do mês ele tem um salário de 1.800 reais pra receber sem precisar gastar com nada, ao nao ser com a bebida!!!

  3. Greg disse:

    De fato, se nossas Leis dão abertura a isso a culpa nem é da PM e nem do Preso e sim destes Programas que beneficiam presos e dão bastante abertura….por quê a partir do momento que ele sai da cadeia ninguém disse se ele pode beber ou não…O problema não está nos peixe pequenos, e sim lá em cima….ê Brasil.

  4. Manuel Sabino disse:

    1) O preso saiu levado por um policial. Ele está preso. Não é ele que tem que receber autorização da Diretoria. Quem deve responder é o PM e quem deixou ele sair.
    2) A reportagem afirma que ele voltou sozinho para a prisão, sem qualquer escolta e sem a companhia do PM. Ou seja, teve uma oportunidade de ouro para fugir, mas decidiu voltar e cumprir normalmente sua pena.
    3) A pena do reeducando é privativa de liberdade. Não existe pena de não consumir bebida. O que deve existem é uma norma administrativa do Presídio para que não se consuma bebida nas dependências do mesmo. Ocorre que o reeducando não estava no Presídio.
    Enfim, o que justifica a punição cautelar e a abertura de procedimento contra o preso? Foram tomadas providências (aí sim, cabíveis) contra o comportamento do PM que levou o preso e dos agentes que o deixou fazer isso?

    • Ricardo disse:

      Pois é !! Como é que autorizam o PM a sair com o preso? De quem foi a autorização? Tem lavação aí no meio. O PM tá completamente errado, mas tem mais gente errado nessa história. A não ser se o PM tenha entrado no presídio e foi lá na cela pegar o preso e saido sem nenhum carcereiro notar nada. SERÁ? SERÁ? SERÁ? TA ESTRANHO !!!

COMENTE AQUI