PSL tira Joice “peppa pig” de liderança para ter trégua com bolsonaristas

A escolha do deputado federal Felipe Franchscini (PSL-PR) para substituir Joice Hasselmann (PSL-SP) na liderança do PSL da Câmara teve o objetivo de distencionar a relação entre bivaristas e bolsonaristas.

A trégua acontece sete meses depois que parlamentares apoiadores de Jair Bolsonaro de dentro da sigla romperam com os que ficaram ao lado do presidente do partido, Luciano Bivar (PSL-PE).

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) atuou para aproximar os dois grupos, mas trabalhou para que Joice fosse afastada, chegando a oferecer votos da base presidencial para derrubá-la.

Ontem, após a coluna revelar a troca, Francischini recebeu diversos cumprimentos por mensagens de colegas bolsonaristas comemorando seu nome. Sob seu comando, a ordem é que quem quiser  brigar com o governo Bolsonaro fará isso sozinho.

BELA MEGALE – O GLOBO

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Edna Ramos disse:

    Achei descabido usar esse apelido machista na manchete da matéria. Esse tipo de conduta tira o crédito e o respeito pela notícia. Lamentável.

    • Cigano Lulu disse:

      Isto é um blog, ou seja, o diário de bordo da realidade do autor, no qual ele registra o que bem quiser e entender. Sem as amarras hipócritas da "isenção" e da "imparcialidade". Aliás, blog jornalístico que se preza só tem um compromisso: manter-se muito além da notícia, mas preservando os fatos para não ir além da verdade.

  2. Aline Carneiro disse:

    Pq nao liberaram o questionamento?
    Vou refazê-lo:
    Pq "peppa pig"? Nao compreendi!

COMENTE AQUI