Recuperação das nascentes do Rio Potengi será debatida na Semana do Meio Ambiente

FOTO: ASCOM/SEMARH

A recuperação das nascentes do Rio Potengi terá destaque na programação da Semana do Meio Ambiente do RN, que acontecerá de 1º a 5 de junho, com o tema “A biodiversidade do Sertão, do Agreste, do Litoral e da Cidade”. A iniciativa do Governo do Estado conta com a integração do Idema, Igarn, Caern, junto ao Projeto Integrado de Desenvolvimento Sustentável do RN – Governo Cidadão. Devido ao distanciamento social, decretado pelo Governo do Estado, e em respeito às medidas restritivas para evitar o contágio do coronavírus (Covid-19), os encontros acontecerão em ambiente virtual, a partir dos canais de Youtube e Instagram dos parceiros e de ferramentas de videoconferência previamente divulgadas.

Em roda de conversa virtual, o secretário de Projetos e Metas e coordenador do Governo Cidadão, Fernando Mineiro, e o secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do RN, João Maria Cavalcanti, trazem o projeto de recuperação das nascentes do Potengi situadas no município de Cerro-Corá, debatendo as formas de conservação e restauração dos olheiros deste que é o principal curso de água de todo Estado.

“Há pouco mais de um ano começamos a trabalhar essa questão levantando os projetos e ações realizadas na nascente do Potengi, de maneira a mapear tudo que já foi feito por diversas instituições. Nesse tempo, fizemos visitas in loco para conhecer as verdadeiras necessidades não só da nascente, mas de toda a bacia que conta com 176 quilômetros de extensão”, destacou Mineiro, lembrando que a agenda de atividades que desde então começou a ser desenhada vai além do foco preservacionista, prevendo a utilização da nascente para fomentar a economia regional, já que a mesma conta com enorme potencial agrícola e turístico.

O momento acontecerá na quinta-feira (4), às 16h, com a participação do coordenador de Meio Ambiente e Saneamento da Semarh, Robson Henrique Pinto, da subcoordenadora de meio ambiente da Semarh, Marina Antogiovanni, do mestre e doutor em Ecologia, Damião Valdenor de Oliveira e da pesquisadora Virgínia Paixão.

“A Semana do Meio Ambiente vai possibilitar a promoção de debates importantíssimos que vão contribuir para ampliação da consciência ambiental. Um esforço inerente a esse Governo, que busca o desenvolvimento do Estado, mas sem que o mesmo traga danos ao meio ambiente ou comprometimento à segurança hídrica”, Pontuou João Maria Cavalcanti.

Com a participação da Governadora Fátima Bezerra, o evento será aberto na segunda-feira (1), às 10h30, com o tema ‘Gestão ambiental no cenário da biodiversidade potiguar’. Ao longo da semana haverá palestras importantes sobre temas como caatinga, fiscalizações ambientais, além de concursos de fotografias e de desenhos infantis, mini-cursos, oficinas e tutoriais. A programação completa pode ser conferida em https://bit.ly/2X9K6b1

Dia Mundial do Meio Ambiente

O Dia Mundial do Meio Ambiente, 5 de junho, foi instituído pelas Organizações das Nações Unidas (ONU), em dezembro de 1972, durante a conferência de Estocolmo, Suécia. A data tem como objetivo principal conscientizar as populações ao redor do mundo a respeito da importância de proteger os recursos naturais e para que os povos adquiram uma postura consciente sobre a preservação do planeta.