Relato de gravidez após ménage e sexo lésbico viraliza na web

Foto: shutterstock

Esta semana foi agitada no grupo LDRV no Facebook. A usuária Luciana Carminatti publicou um relato anônimo sobre como uma mulher engravidou durante uma ménage à trois no qual ela fez sexo apenas com a outra mulher que estava em cena.

Nas mensagens compartilhadas no grupo, a mulher detalha a ménage . Ela conta que era a terceira pessoa convidada na relação de um casal. Ela apenas trocou beijos com o homem e, depois, seguiu trocando beijos e carícias com a mulher enquanto o casal mantinha uma relação sexual.

Logo na sequência, ela e a mulher engrenaram no sexo, com a posição tesourinha. A mulher da mensagem garante que não teve qualquer contato com o homem ou penetração e que, ainda assim, apenas com o sexo lésbico , ficou grávida do rapaz.

Conversa em que a mulher conta que ficou grávida após ter feito sexo com outra na ménage à trois. Foto: Reprodução/Facebook

Ainda na mensagem, ela conta o espanto ao saber da gravidez . “Lógico que foi um choque, mas estou aceitando de boa”, fala. Em outro trecho ela afirma que sempre quis ser mãe e que está vendo tudo como um presente.

Como é possível engravidar assim?

Como o relato é anônimo, não sabemos o desfecho da história. E por mais estranho que tudo isso soe, é, sim, possível engravidar no sexo entre duas mulheres nas condições descritas nas mensagens.

Segundo a ginecologista, obstetra e mastologista Erika Kawano, a gravidez necessita que o espermatozóide e o óvulo se encontrem. Ela diz que neste caso, “por mais que seja muito difícil acontecer, se o homem ejaculou em uma mulher e esta mulher teve contato com o órgão de outra mulher, ela pode levar o espermatozóide para a outra”.

A ginecologista ainda afirma que durante o ato pode ter havido a manipulação do esperma e ter ido de encontro à vagina da mulher.

A também ginecologista Monique Novacek afirma que não há concepção entre mulheres, mas como houve primeiro uma relação entre homem e mulher e depois uma transa entre as mulheres, “o esperma poderia estar na região íntima e pode, sim, passar para outra mulher em uma segunda relação”.

Independente de fazer sexo com mulheres ou homens, proteção é essencial , tanto para evitar uma gravidez indesejada quanto doenças sexualmente transmissíveis.

IG

https://delas.ig.com.br/amoresexo/2020-04-16/relato-de-gravidez-apos-menage-e-sexo-lesbico-viraliza-na-web-isso-e-possivel.html