Rio comprou respiradores pelo triplo do valor de mercado, segundo TCE

Segundo o Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro, a secretaria de Saúde do estado gastou R$ 123,58 milhões a mais na compra dos respiradores para o combate à pandemia do novo coronavírus.

A auditoria mostra que os equipamentos foram comprados com preços que equivaliam, em média, ao triplo do valor de mercado.

O órgão aponta ainda que o ex-secretário estadual de Saúde Edmar José Alves dos Santos e o ex-secretário Gabriell Carvalho Neves Franco dos Santos como principais responsáveis pelas irregularidades e solicita a apresentação de defesa ou o ressarcimento aos cofres públicos de R$ 36,59 milhões.

Gabriell Neves foi preso no dia 7 de maio, junto com outras três pessoas. O grupo é suspeito de ter obtido vantagens na compra dos respiradores para pacientes com Covid-19.

O ANTAGONISTA

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Clara disse:

    E eu, menino, que acabei de encomendar uma caixa de máscara cirúrgica por 225 (umas 10x o preço normal)??? Tb já cheguei a pagar 15 reais em 90 g de álcool gel, quando quase ninguém tinha pra vender, no começo da pandemia pq precisava e só achava por esse preço. Acho que é capitalismo que chamam…

  2. Tarcísio Eimar disse:

    Como pode, um governador q veio do judiciário, q deveria combater justamente esse tipo de praxe, mas q continua apoiando. Juiz bandido, isso sim. Agora imaginem como esse cidadão tratava com suas sentenças. O principal responsável não são os secretários e sim seu superior. Num é assim q tratam com o PR JB.

  3. Ojuara disse:

    Bandido é bandido em qualquer situação. PF e MP tem que atuar com mais força ainda.

COMENTE AQUI